ANATOMOFISIOLOGIA - SISTEMA NERVOSO CENTRAL

Alef Oleveira do Nascimento
Flashcards by Alef Oleveira do Nascimento, updated 2 months ago More Less
Keyla Lima
Created by Keyla Lima almost 4 years ago
Alef Oleveira do Nascimento
Copied by Alef Oleveira do Nascimento 2 months ago
9
0

Description

Anatomia Flashcards on ANATOMOFISIOLOGIA - SISTEMA NERVOSO CENTRAL , created by Alef Oleveira do Nascimento on 09/20/2020.
Tags

Resource summary

Question Answer
AMÍGDALA Essa parte do cérebro possui cerca de 2cm de diâmetro. O cérebro é composto por 2 amígdalas, onde cada uma se localiza no lobo temporal. É nesta região onde é identificado quando há perigo, medo e ansiedade. As amígdalas também são responsáveis por memórias emocionais.
BULBO É a última porção do encéfalo constituindo a parte dilatada localizada na base do tronco encefálico. Contém importantes centros controladores de funções vitais como os que regulam os batimentos cardíacos e os movimentos respiratórios.
CEREBELO É a parte do encéfalo responsável pela manutenção do equilíbrio, pelo controle do tônus muscular, dos movimentos involuntários e aprendizagem motora.
TELENCÉFALO (cérebro) O telencéfalo compreende os 2 hemisférios cerebrais, direito e esquerdo, e uma pequena linha mediana situada na porção anterior do terceiro ventrículo. Associado ao raciocínio, tomada de decisão.
CÉREBRO É um conjunto de estruturas nervosas derivadas do diencéfalo e telencéfalo como um todo.
CIRCUNVOLUÇÕES Concavidades e saliêncas que o cérebro possui, são elas que permitem o pensamento, raciocínio lógico e estados de subconsciente. Essas estruturas são todas comprimidas ao cérebro para que caiba dentro da caixa craniana, por isso nosso cérebro é cheio de saliências.
CORPO CALOSO Uma estrutura do cérebro de mamíferos localizada na fissura longitudinal que conecta os hemisférios cerebrais direito e esquerdo. É a maior estrutura de substância branca no cérebro. Sua função é permitir a transferência de informações entre um hemisfério e outro fazendo com que eles atuem harmonicamente.
CÓRTEX CEREBRAL Um tecido fino com uma espessura entre 1 e 4 mm, é uma estrutura formada por 6 camadas distintas de diferentes corpos celulares, é constituída por células neurogliais e neurônios.
DIENCÉFALO Formado por vários núcleos, os maiores são os que, em conjunto, formam o talámo, passagem obrigatória para quase toda informação que é encaminhada do córtex cerebral, com exceção das provinientes dos receptores do olfato. O hipotálamo é um dos principais responsáveis pela homeostase corporal.
FISSURA LATERAL Fissura que se localiza na superfície lateral dos hemisférios cerebrais que separa o lobo temporal do lobo frontal.
FISSURA LONGITUDINAL Separa os hemisférios cerebrais direito e esquerdo, possui um meio de união entre eles, o corpo caloso, que é uma larga faixa de fibras localizado no assoalho da fissura longitudinal.
FÓRNIX O fórnix está localizado abaixo do esplênio do corpo caloso, é um feixe de fibras (axônios) constituído por duas metades laterais e simétricas, afastadas na extremidade e unidas entre si no trajeto abaixo do corpo caloso. Leva sinais do hipocampo para o hipotálamo.
GIROS Região cortical " enrolada" sobre si mesma, cada um desses giros apresentam depressões denominadas sulcos que delimitam os giros.
GIRO PRÉ- CENTRAL Localiza-se na área motora principal do cérebro
GIRO FRONTAL SUPERIOR Localiza-se acima do sulco superior.
GIRO FRONTAL MÉDIO Localiza-se entre o sulco frontal superior e inferior.
GIRO FRONTAL INFERIOR Localiza-se abaixo do sulco frontal inferior. O giro frontal inferior do hemisfério esquerdo é o centro cortical da palavra falada.
HEMISFÉRIOS CEREBRAIS Através da fissura longitudinal o cérebro é dividido em duas metades chamadas hemisférios. Na base dessa fissura encontra-se um espesso feixe de fibras nervosas chamada corpo caloso, o qual fornece o elo de comunicações entre 2 hemisférios. O hemisfério esquerdo controla a metade direita do corpo e vice-versa.
HIPOCAMPO Região do córtex que está dobrada sobre si e possui apenas 3 camadas celulares; localiza-se medialmente ao ventrículo lateral. Considerada a principal sede da memória, converte memórias de curto prazo para memórias de longo prazo. Atua em interação com a amígdala
HIPOTÁLAMO Estrutura que se localiza abaixo do tálamo, na região do diencéfalo, juntamente com o epitálamo . Possui ligações com todos os níveis do sistema límbico, liga-se ao sistema nervoso e ao endócrino, controla a maioria das funções vegetativas, endócrinas, comportamentais e emocionais do corpo.
LOBOS CORTICAIS Áreas cerebrais com funções diferenciadas e especializadas. Região da testa ( lobo frontal), na área da nuca ( lobo occiptal), parte superior central da cabeça ( lobo parietal), região lateral sob a orelha ( lobo temporal).
LOBOS PARIETAL, TEMPORAL E OCCIPITAL Envolvidos na produção das percepções resultantes das informações obtidas por nossos orgãos sensoriais do que diz à respeito à relação do meio ambiente e nosso corpo.
LOBO FRONTAL Inclui o córtex motor, pré- motor e pré-frontal, está envolvido no planejamento de ações e movimento, assim como no pensamento abstrato.
MEDULA ESPINHAL Medula espinhal: temos a medula espinhal dentro dos ossos, mais precisamente dentro do canal vertebral. É onde reside todos os neurônios que enervam os músculos, recebe toda sensibilidade do corpo e alguma da cabeça, também atua no processamento inicial de todos inputs ( neurônios sensitivos).
MEDULA OBLONGA (bulbo) Porção inferior do tronco encefálico, tem formato de cone. Juntamente com outros orgãos como o mesencéfalo é a ponte que estabelece a comunicação entre o cérebro e a medula espinhal.
MENINGES Membranas conjuntivas que envolvem o sistema nervoso.
DURA -MÁTER (meninge) Dura - máter é a meninge mais superficial espessa e resistente, rica em fibras colagenosas contendo nervos e vasos .
ARACNÓIDE (meninge) Membrana muito delgada, justa posta a dura-máter, da qual se separa por um espaço virtual, o espaço subdural, contendo uma pequena quantidade de líquido necessário a lubrificação de superfícies de contato das membranas.
PIA- MÁTER ( meninge) É a mais interna das meninges aderindo intimamente à superfície do encéfalo e da medula, cujos relevos e depressões acompanham até o fundo dos sulcos cerebrais.
MESENCÉFALO É uma estrutura do tronco cerebral, entrepõe-se entre a ponte e o cerebelo, é por essa área que passam todos os estímulos que saem e vão para o cérebro, contém várias estruturas que controlam a postura e a ativação do córtex cerebral, equilíbrio do corpo, tônus muscular, movimento dos olhos, pescoço e do corpo em geral.
NERVOS MEDULARES São aqueles que fazem conexão com a medula espinhal e são responsáveis pela inervação do tronco, dos membros superiores e partes da cabeça.
PONTE A função da ponte é transmitir as informações da medula e do bulbo até o córtex cerebral, associada com reflexos ligados a emoções como riso e lágrimas.
RAMIFICAÇÕES DOS NERVOS CRANIANOS Conjunto de nervos que são ligados ao córtex cerebral.
SUBSTÂNCIA BRANCA Conjunto de fibras (as extensões dos neurônios, os axônios e os dendritos) que sobem, descem, fazem curvas, conectam neurônios a outros, e são suportados, mantidos pelas células glia. Encontra-se na parte interna do cérebro.
SUBSTÂNCIA CINZA Formada pelos corpos dos neurônios, onde há os núcleos neuronais com seu DNA, e as mesmas células de suporte, células glia. Encontra-se em sua maioria na parte externa do cérebro.
SULCO CENTRAL Separa o lobo parietal do frontal e os giros pré-central e pós-central .
SULCO PARIETO OCCIPITAL Separa o lobo occipital do lobo parietal.
TÁLAMO Localizado no diencéfalo, consiste em numerosos núcleos os quais tem ligações entre o sistema nervoso e periférico do tronco cerebral e dos hemisférios cerebrais. Alguns núcleos recebem informações de estruturas corticais no cérebro e transmitem para o corpo, outros recebem informações a partir do corpo e transmitem para o cérebro.
TRONCO ENCEFÁLICO Porção do sistema nervoso central situada entre a medula e o diencéfalo. Possui várias estruturas responsáveis pelas funções de respiração, ritmo dos batimentos cardíacos e pressão arterial. (funções motoras e sensitivas, regulação das atividades viscerais, endocrinológicas, comportamentais ).
VENTRÍCULOS CEREBRAIS Cavidade do cérebro onde é produzido o líquor ou líquido - céfalo- raquidiano. Dos ventrículos o líquido flui em pulsos e banha todo o encéfalo ( cerebelo e tronco cerebral) e a medula, é absorvido na base do cérebro por pequenas estruturas chamadas de granulações aracnóideas.
VÉRTEBRAS CERVICAIS, TORÁCICAS, LOMBARES E SACRO. Ossos que compõem a coluna vertebral dos vertebrados.
VÉRTEBRAS CERVICAIS Há 7 vértebras cervicais que fazem articulação com o crânio.
VÉRTEBRAS TORÁCICAS Há 12 vértebras torácicas, possuem corpo reforçado e fazem articulação com as costelas.
VÉRTEBRAS LOMBARES Há 5 vértebras lombares, são maiores poque sustentam maior pressão e peso do corpo, possui um corpo mais volumoso, processo espinhoso reto e curto.
VÉRTEBRAS SACRAIS Há 5 vértebras sacrais com tamanho decrescente. Na infância independentes mas na vida adulta apresentam-se fundidas formando o osso sacro.
PEDÚNCULO CEREBRAL Estrutura localizada na porção mediana do cérebro, é constituída por um feixe de fibras nervosas que passam sobre a superfície do mesencéfalo, é usado para drenar o líquido cerebrospnial de partes do mesencéfalo, também trabalha para levar tegmentum para toda esta área do cérebro.
CORPO MAMILAR Núcleos arredondados de tecido nervoso na extremidade do arco frontal do córtex cerebral. Localizados na parte inferior do cérebro, considerado parte do sistema límbico e diencéfalo. Age como um interruptor transmitindo impulsos provenientes da amígdala cerebelosa e do hipocampo.
PIRÂMIDES Ficam localizadas antes do bulbo por onde passam as fibras corticoespinhais e corticonucleares ( que vão do córtex aos núcleos dos nervos cranianos).
OLIVA Localizadas na vista lateral do tronco encefálico, entre os sulcos laterais superior e posterior, formada por grande massa de substância cinzenta. Recebe fibras nervosas do córtex cerebral, da medula espinhal e do núcleo rubro situado no mesencéfalo (envolvidas com o aprendizado motor).
BAINHA DE MIELINA Faz com que as conduções sinápticas fiquem mais rápidas, constituídas por camadas de membrana plasmática e células glia (recobre axônios).
Show full summary Hide full summary

Similar

Anatomia: sistema esquelético I
Natália Abitbol
Anatomia Artérias
Filipe Brito
ANATOMIA
flavio.paulo
Anatomia membro inferior - Ossos, acidentes e movimentos
vitorstoco
51-100 - Anatomia 2015
fergvz
Anatomia e Fisiologia do Aparelho Urinário Humano
Ana Inês Kruecck Quintas
Anatomia e Fisiologia do Sistema Reprodutor Feminino
Ana Inês Kruecck Quintas
Sistema Reprodutor Masculino
Ana Inês Kruecck Quintas
Patologias dos rins
Celi cs
O Reflexo Inato
Brenda Oliveira Gama
sistema nervoso
luisa hugendobler