Sangramento 1 1/2 da gestação.

jadson lardy
Flashcards by jadson lardy, updated more than 1 year ago
jadson lardy
Created by jadson lardy over 4 years ago
119
0

Description

Flash cards de sangramento 1 1/2 da gestação
Tags

Resource summary

Question Answer
Na primeira metade da gravidez os problemas mais importantes e que mais frequentemente determinam sangramento genital são? Abortamento, Gravidez ectópica e doença trofoblástica Gestacional. Causas menos comuns são pólipos, cervicites e câncer do colo uterino, traumatismos genitais e na perfuração ou rotura uterina.
Conceito de Aborto? Interrupção da gravidez com menos de 20 semanas ou peso inferior a 500 gramas.
Quanto mais avançada a idade da grávida... Maior a probabilidade de ocorrer aborto.
causa mais comum de aborto? Anomalias cromossômicas.
quais as características da ameaça de abortamento? probabilidade de 20 à30% de interromper gestação. Sangramento de pequeno volume com duração de dias a semanas. cólica de intensidade moderada.
quais as características do abortamento iminente? Probabilidade de interromper a gestação de 70 à 80 %. Sangramento volumoso, duração longa com eliminação de coágulos. Cólicas constantes e de alta intensidade.
Nos casos de ameaça de aborto e abortamento iminente. Qual a Terapêutica? Repouso Relativo. Analgesia. Recomendável a utilização de imunoglobulina em pacientes RH negativo.
O Abortamento inevitável é uma forma clínica na qual a gravidez não tem probabilidade de prosseguir. Quais são as características? hemorragia volumosa e cólicas intensas. colo dilatado ao toque. us com redução do líquido amniótico e alterações sugestivas de infecção.
O Abortamento inevitável é uma forma clínica na qual a gravidez não tem probabilidade de prosseguir. Qual o tratamento? Esvaziamento da cavidade uterina, seja por curetagem ou Aspiração manual intra uterina.
Após aborto devemos realizar o esvaziamento da cavidade uterina. De que forma deve ser realizado? 1 trimestre: procedimentos cirurgicos: curetagem e AMIU. A partir das 12 semanas: é necessário aguardar a expulsão do feto. que pode ser induzidas por técnicas de medicamentos e depois realizamos as técnicas cirúrgicas.
Quais o medicamentos mais usados? Ocitocina, Prostaglandinas, Antibioticoprofilaxia ( eficacia não comprovada).
Após qualquer forma clínica de aborto. Mãe rh - combs indireto -, parceiro + ou desconhecido. O que fazer ? Profilaxia de isoimunização, imunoglobulina anti Rh 300mcg, apesar de 50 mcg serem efetivas, porem não tem disponibilidade nessa dose.
A localização mais frequente de gravidez ectópica é nas trompas, 95 à 99% dos casos. Mas pode acontecer em outras localizações como: 8d89861f-0fca-4428-bf23-b53e723e70ce.png (image/png)
Qual a única localização da gravidez ectópica que evolui até a viabilidade fetal? Gravidez Abdominal
Quais os principais fatores de risco para gravidez ectópica Tubários: Doença Inflamatória pélvica (altera motilidade e leva a obstruções). Anormalidades no desenvolvimento das tubas: trompas longas, com calinbre reduzido, divertículos ou óstios acessórios.
Quais os principais fatores de risco para gravidez ectópica Funcionais: Contraceptivos a base de progesterona, DIU que alteram a motilidade da tuba. Outros Fatores: Reprodução assistida e endométrio ectópico. Cirurgia tubária prévia.
Na gravidez ectópica tubária. Quais as localizações mais comuns? Ampular 80% e ístmica 12%
A gravidez tubária pode evoluir para: 1. morte e reabsorção do embrião: (fases precoces com danos mínimos a mãe). 2. Abortamento tubário.( ocorre entre 6 e 12 semana com sangramento de pouco volume. 3. Rotura tubaria: 4. nascimento: Muito raro.
Na Anamnese da paciente com gravidez ectópica podemos observar: dor persistente progressiva no baixo ventre, geralmente unilateral. Sangramento genital de pouca intensidade, sugerindo ameaça de abortamento. ( decorre da descamação do endométrio que não recebeu o embrião).
Qual o exame completar mais importante para o diagnóstico precoce de gravidez tubária? US Transvaginal Sensibilidade 89,9% e especificidade 99.8%
Diante do diagnóstico de gravidez tubária. Quais condutas são possíveis? Terapia cirúrgica.( videolaparoscopia) Terapia Clínica.(metrotrexato inibidor da síntese de DNA). Conduta expectante. (pacientes selecionadas, sem dor ou sangramento).
Mulheres com Rh - e Gravidez ectópica o que fazer? imunoglobulina humana anti Rh, 300mcg.
Defina Doença Trofoblástica Gestacional. (DTG) Um Grupo heterogêneo de lesões que possuem como característica a proliferação anormal dos trofoblastos.
Como classificar a DTG ? Mola Hidatiforme (completa e parcial). Mola Hidatiforme Invasora. Coriocarcinoma. tumor trofoblástico do sítio placentário. Lesões trofoblásticas ( miscelânias).
O que é a Mola Hidatiforme Completa? é caracterizada pela degeneração hidrópica das vilosidades coriônicas. Tem cariótipo diploide.
O que é degeneração hidrópica? – Degeneração hidrópica (edema celular ou degeneração vacuolar) é a primeira manifestação de quase todas as formas de dano celular. (Robbins & Cotran, 2015) – É uma alteração reversível não-letal. – O acúmulo intracelular de água ocorre pela incapacidade da célula de manter o equilíbrio iônico e a homeostasia de fluidos, em função de falha nas bombas dependentes de energia das membranas celulares.
Caracterize a mola hidatiforme parcial Possui vilosidades normais e vilosidades com degeneração hidrópica. Tem cariótipo triploide.
Quais são os sinais e sintomas mais frequentes da Mola Hidatiforme? Sangramento uterino (ocorre em até 97% dos casos).indolor e de quantidade variável. Aumento uterino( considerado aumentado se tiver tamanho que corresponde a 4 ou mais semanas do que o esperado pelo tempo de amenorreia. Hiperemese gravídica, hipertensão e proteinúria.
Quais as principais complicações da mola hidatiforme? Anemia ( perda excessiva e crônica de sangue). Tireotoxicose. CIVD. Embolização trofoblástica. Insuficiência Respiratória.
O diagnóstico de mola hidatiforme é feito essencialmente por? Dados clínicos e a ultrassonografia. Exames laboratoriais também podem ser realizados.
O que podemos encontrar no Ultrassom da paciente com mola hidatiforme? Alterações no formato do saco gestacional. Imagens císticas na placenta.
Qual a importância da dosagem do HCG? é importante para complementar as informações do US. O nível está muito aumentado.
Qual a conduta na mola Hidatiforme? Esvaziamento Molar ( esvaziar cavidade uterina) não usar medicamentos que estimulam contração pelo risco de embolização trofoblástica. O método de escolha é a vácuo-espiração. A histerectomia é uma alternativa em mulheres acima de 40 anos pois possuem maior risco para doença invasora.
Outros cuidados são? pacientes RH- imunoglobulina anti RH( anti d). antes e depois do esvaziamento pois o fator RH está expresso no trofoblasto, existindo risco de sensibilização materna pós esvaziamento.
omo é feito o controle após tratamento inicial? Dosagem semanal de BHCG até que três consecutivas sejam negativas. Exame ginecológico na primeira consulta pós esvaziamento. Deve ser oferecido método contraceptivo eficaz e de fácil adesão.
Por que , diante uma queixa de sangramento, é obrigatório realizar um exame especular? Porque pode ser um câncer de colo, que se houver pode ser retirado logo após a realização da cesariana.
ea1ee32e-8b1d-42d3-8e12-e899543d5f97.jpg (image/jpg) Referências livro : Noções prática de Obstetricia. 14 edição. Aula do Gabriel
Show full summary Hide full summary

Similar

ARQUITETURA DE COMPUTADORES
wesley.silva.ads
modelos de gestão
Cristina Brasão
Gestão por Competências
alexrocksilva
Gestão por Competências
Natu Farmácia
O Gestor do Século XXI
André Arguelhes
Definições NODAM
willian reis
Atualidades Vestibular Enem 2
GoConqr suporte .
Atualidades Enem e Vestibular - 1
GoConqr suporte .
DOCUMENTOS ADMINSTARTIVOS
willian reis
Teste 2015
atecjosedasilva
Ciências sociais
Beatriz Barbosa7123