Genética

vanessamiyato
Mind Map by , created over 5 years ago

Natureza / Cultura Mind Map on Genética, created by vanessamiyato on 06/24/2014.

58
3
0
Tags No tags specified
vanessamiyato
Created by vanessamiyato over 5 years ago
Conceitos da Genética
Fabio Tadeu Guastaferro
HEREDITARIEDADE
Marcelo Freitas
Genética
Kaleane Cunha
Chemistry Quiz General -3
lauren_johncock
IB SL Biology: Cells
mcgowan-w-10
2a Lei de Mendel
Andrea Barreto M
Genética e Síndromes
Gabi4438
Quiz Sobre Genética
Marerodrigues
Genética
Milena Sousa
Biologia Genética
Amanda Souza
Genética
1 Conceitos
1.1 Explicar uma nova espécie a partir da variabilidade genética que se dá através da meiose (um dos principais fatores que a geram);
1.2 Isso ocorre pois o processo de divisão celular permite geração de descendentes com caracteres distintos dos pais uma vez que seus genes passam por uma mistura;
1.3 Essa geração de espécies não é aleatório e tem o nome de especiação - Processo pelo qual as espécies vivas se formam;
1.4 É preciso ficar de olho em 2 mecanismos: especiação alopátrica (acontece a partir do isolamento geográfico, quando voltarem a se encontrar, as variações genéticas sofridas podem levar a impossibilidade de reprodução, caracterizando portanto, 1 nova espécie) - Especiação Simpatria (não envolve isolamento geográfico);
2 Mutação
2.1 Definição
2.1.1 Mudança de material genético que favorece a variabilidade genética;
2.1.1.1 Como acontece
2.1.1.1.1 Importante biologicamente, só gera variabilidade genética se:
2.1.1.1.1.1 * Célula de linhagem germinativa: são passadas aos descendentes;
2.1.1.1.1.2 * Célula somática: Como é o caso de um câncer, não leva a variabilidade genética;
3 Reprodução
3.1 Sexuada
3.1.1 Envolve a fusão de gametas masculino e feminino;
3.1.2 Relacionado aos processos de meiose e fecundação (encontro entre gametas que leva a formação do ovo ou zigoto, no qual os cromossomos dos pais são unidos. Então o zigoto passa a se dividir pela mitose e diferenciação celular, o indivíduo vai tomando sua forma. Exemplo: Humanos;
3.1.3 As combinações são muitas (existem aquelas que são mais prováveis e outros menos);
3.1.4 Essa variabilidade só é possível por causa do tipo de reprodução;
3.2 Assexuada
3.2.1 Ocorre sem a intervenção dos gametas. Os novos seres são clones do progenitor;
3.2.2 Não há diferença entre os descendentes e seus pais. Pode acontecer de várias maneiras:
3.2.3 * Fragmentação: Regeneração das partes. Ex.: Estrela do mar;
3.2.4 * Bipartição: Divisão em 2 partes iguais. Ex.: Amebas;
3.2.5 * Partenogenese: Desenvolvimento a partir do óvulo. Ex.: Abelhas;
3.2.6 * Esporulação: Esporos germinam e originam novos indivíduos. Ex.: Fungos;
4 Herança Genética
4.1 Interação Gênica
4.1.1 Quando 2 ou + pares de genes atuam sobre o mesmo caráter;
4.2 Pleiotropia
4.2.1 Um gene provoca vários efeitos distintos no organismo;
4.3 Epistasia
4.3.1 Um gene inibe a ação do outro;
4.4 Herança Quantitativa (ou aditiva)
4.4.1 Genes atuam em caracteres de forma a variá-los em quantidade (como ocorre, por exemplo: com altura, peso, cor da pele e olhos);
4.4.2 Aneuploidias
4.4.2.1 Um cromossomo aparece 3X (Síndrome de Down, Síndrome de Klinefelter) e a monossomia (Síndrome de Turner);
4.5 Genes Letais
4.5.1 Podem provocar a morte do indivíduo;
4.6 Aberrações cromossômicas
4.6.1 Podem ser numéricas, as euploidias em que podem aparecerem indivíduos 3N, 4N e 5N como em plantas;
5 Charles Darwin
5.1 Foi dele a idéia da relação natural;
5.2 Partiu do experimento envolvendo a seleção artificial;
5.3 Analisou as características de cada pombo e a partir dessas análises selecionava apenas as aves que lhe interessava;
5.4 Como as teorias de Darwin foram criadas em um contexto tecnológico e científico bem diferente de hoje, cientistas se dedicaram a reinterpretá-las, esta nova corrente foi chamada de neodarwinismo (atualização das teorias e inclusão de conceitos como mutação de DNA;
6 Mendel
6.1 Fez experimentos a partir do cruzamento de ervilhas;
6.2 2° Lei
6.2.1 Diz que os genes para 2 ou caracteres passam os gametas de forma totalmente independente um do outro, formando tantas combinações gaméticas quanto possível com igual probabilidade, por isso essa lei também é conhecida como lei da segregação independente;
6.3 1° Lei
6.3.1 Cada característica genética de um organismo é condicionado por 2 genes (pai e mãe);
6.3.2 Quando esse indivíduo viesse a se reproduzir, só enviaria um desses genes a seus descendentes;
6.3.3 Os genes podem ser divididos em dominantes ou recessivos;

Media attachments