Vidas Secas - Graciliano Ramos

Cássia Vieira
Mind Map by , created over 5 years ago

Enem 2014 Análises literárias Mind Map on Vidas Secas - Graciliano Ramos, created by Cássia Vieira on 06/28/2014.

55
0
0
Tags No tags specified
Cássia Vieira
Created by Cássia Vieira over 5 years ago
PHR SPHR Labor Union Terminology
Sandra Reed
Biology Unit 1a - GCSE - AQA
RosettaStoneDecoded
GoConqr Getting Started Guide
Norman McBrien
PSBD TEST # 3_1
yog thapa
Derecho Aéreo
Adriana Forero
Mathematics Overview
PatrickNoonan
KEE1
harrym
Characters in Lord of the Flies
lowri_luxton
Cold War Causes Revision
Tom Mitchell
All Edexcel GCSE PE key terms
Millie Berrett
Vidas Secas - Graciliano Ramos

Annotations:

  • "Vidas Secas", romance publicado em 1938, retrata a vida miserável de uma família de retirantes sertanejos obrigada a se deslocar de tempos em tempos para áreas menos castigadas pela seca. A obra pertence à segunda fase modernista, conhecida como regionalista, e é qualificada como uma das mais bem-sucedidas criações da época.   
  •  O livro consegue desde o título mostrar a desumanização que a seca promove nos personagens, cuja expressão verbal é tão estéril quanto o solo castigado da região. A miséria causada pela seca, como elemento natural, soma-se à miséria imposta pela influência social, representada pela exploração dos ricos proprietários da região.   
  • "Vidas Secas" é um romance cíclico. São 13 capítulos independentes que contam a retirada de uma família. Inicia-se com uma mudança e termina com a fuga.   
1 Lista de personagens

Annotations:

  • Baleia: cadela que é tratada como membro da família. Pensa, sonha e age como se fosse gente.
  • Sinhá Vitória: mulher de Fabiano. Mãe de 2 filhos, é batalhadora e inconformada com a miséria em que vivem. É esperta e sabe fazer contas, sempre prevenindo o marido sobre trapaceiros.
  • Fabiano: vaqueiro rude e sem instrução, não tem a capacidade de se comunicar bem e lamenta viver como um bicho, sem ter frequentado a escola. Ora reconhece-se como um homem e sente orgulho de viver perante às adversidades do nordeste, ora se reconhece como um animal. Sempre a procura de emprego, bebe muito e perde dinheiro no jogo.
  • Filhos: o mais novo admira a figura do pai vaqueiro,integrado à terra em que vivem. Já o mais velho não tem interesse nessa vida sofrida do sertão e quer descobrir o sentido das palavras, recorrendo mais à mãe. 
  • Patrão: fazendeiro desonesto que explorava seus empregados, contrata Fabiano para trabalhar.  
2 Sobre Graciliano Ramos

Annotations:

  •    Artista do segundo movimento modernista, Graciliano Ramos denunciou fortemente as mazelas do povo brasileiro, principalmente a situação de miséria do sertão nordestino.   
3 Narrador

Annotations:

  • A escolha do foco narrativo em terceira pessoaé proposital,pois nenhum personagem parece capacitado para ser narrador do romance.
3.1 Espaço

Annotations:

  • A narrativa é ambientada no sertão, região marcada pelas chuvas escassas e irregulares. Essa faltade chuva – somada a uma política de descaso do governo com os investimentos sociais – transforma a paisagem em ambiente miserável. Inverno, na região, é o nome dado à época de chuvas, em que a esperança sertaneja floresce. No romance, essa esperança aparece no capítulo “Inverno”, em que Fabiano alimenta a expectativa de uma vida melhor, mais digna.
3.1.1 Tempo

Annotations:

  • Cronológico
4 Enem

Annotations:

  • Pode cobrar a hierarquia apresentada no livro: como por exemplo, o que representa o Soldado Amarelo e a linguagem do Tomás da bolandeira, a quem Fabiano tanto admirava. Além disso, pode ser perguntado sobre o grau de miserabilidade dessa família: a cadela chegando ao nível humano e o humano descendo à condição de animal. Esta família vaga pela caatinga tentando chegar em algum lugar, mas podem estar perdidos, andando em círculo.   
5 Crítica

Annotations:

  • Mostra situações críticas e subumanas, como a seca, a fome, a sede e uma moradia digna.
  • A crítica social torna-se evidente através do personagem de Fabiano, que por falta de cultura não consegue se relacionar com outras pessoas, mostrando que o homem sofrido sem a menor das culturas.
  • É inevitável ler a obra Vidas Secas e não fazer uma análise da inversão racional presente entre animal e ser - humano. Enquanto Fabiano é tido como um homem animalizado em decorrência do seu meio natural, a cadela Baleia se humaniza, expressando sentimentos e características humanas.  Mas porque existe essa inversão de racionalidade e irracionalidade?  A resposta é simples, porém nos exige certa reflexão. O homem é um ser evolutivo e a sua evolução depende estritamente do seu meio de sobrevivência. A decisão de Fabiano em matar a cadela baleia que estava doente, faz com que nossa reflexão fique ainda mais clara. Fabiano decide matar Baleia pelo simples motivo de apresentar uma ameaça a sua família por estar doente, no entanto a cadela era parte da família e tinha uma relação afetiva muito grande. Mesmo assim, Fabiano opta por eliminar uma das ameaças mais simples, a da doença da cadela que poderia contagiar seus filhos. Mas e o meio ameaçador em que estavam? Também não era uma ameaça muito maior para sua família? Mas não, ele preferiu eliminar a ameaça mais vulnerável.  A cadela Baleia faz um caminho totalmente inverso ao de Fabiano, transmite sentimentos e atitudes humanas, até mesmo na hora de sua morte. 
6

Media attachments