1.0 Econometria e Dados Econômicos

Raul Omar
Mind Map by Raul Omar, updated more than 1 year ago
Raul Omar
Created by Raul Omar about 5 years ago
8
1

Description

Mind Map on 1.0 Econometria e Dados Econômicos, created by Raul Omar on 02/22/2015.

Resource summary

1.0 Econometria e Dados Econômicos
1 1.1 - O que é Econometria
1.1 A econometria é baseada no desenvolvimento de métodos estatísticos para estimar relações econômicas, testar teorias, avaliar e implementar políticas de governo e negócios
1.2 Enfoca problemas inerentes à coleta e à analise de dados econômicos não experimentais.
1.2.1 DADOS EXPERIMENTAIS X NÃO EXPERIMENTAIS
1.2.1.1 Dados não experimentais não são cumulativos por meio de experimentos controlados de indivíduos, firmas ou segmentos da economia.
1.2.1.2 Dados experimentais são frequentemente coletados em ambientes de laboratório nas ciências naturais.
2 1.2 Passos na Análise Econômica Empírica
2.1 Análise Empírica usa dados para testar uma teoria ou estimar uma relação entre variáveis.
2.2 1.2.1 - 1o Passo
2.2.1 Formulação cuidadosa da questão de interesse.
2.2.2 1.2.2 - 2o Passo
2.2.2.1 Desenvolver o modelo econômico
2.2.2.2 1.2.3 - 3o Passo
2.2.2.2.1 Elaborar o Modelo Econométrico
2.2.2.2.1.1 Ex: salário = B0 + B1educ + B2exper +B3treina + u
2.2.2.2.1.1.1 Quando uma variável não apresenta correlação com o modelo lança-se o coeficiente B igual a zero.
2.2.2.2.2 A maioria dos casos, a análise econométrica começa pela especificação de um modelo econométrico, sem consideração de detalhes da criação do modelo.
2.2.2.2.3 1.2.4 - 4o Passo
2.2.2.2.3.1 Uma análise empírica por definição requer dados. O passo seguinte então é coletar dados sobre as variáveis relevantes
2.2.2.2.3.2 1.2.5 - 5o Passo
2.2.2.2.3.2.1 Aplica-se os métodos econométricos para estimar os parâmetros do modelo econométrico e formalmente testar as hipóteses de interesse.
2.2.2.2.3.2.2 1.3 Estrutura dos Dados Econômicos
2.2.2.2.3.2.2.1 1.3.1 Dados de Corte Transversal (cross-section)
2.2.2.2.3.2.2.1.1 Um conjunto de dados de corte transversal consiste em uma amostra de indivíduos tomada em um determinado período de tempo
2.2.2.2.3.2.2.1.2 Uma importante característica dos D.C.T. é que não podemos frequentemente, considerar que eles foram obtidos por amostragem aleatória da população adjacente.
2.2.2.2.3.2.2.1.3 Algumas vezes, a amostragem aleatória não é apropriada como uma hipótese para analisar D.C.T.
2.2.2.2.3.2.2.1.4 Outra violação da amostragem aleatória ocorre quando construímos uma amostra a partir de unidades grandes relacionadas à população, em especial a unidades geográficas.
2.2.2.2.3.2.2.1.5 Em economia, a análise de dados D.C.T. está intimamente alinhada com campos da microeconomia aplicada.
2.2.2.2.3.2.2.1.6 Na análise de D.C.T a ordenação dos dados não importa para a análise econômica obtida a parti da amostragem aleatória.
2.2.2.2.3.2.2.1.7 1.3.2 Dados de Série Temporais
2.2.2.2.3.2.2.1.7.1 Um conjunto de dados de série temporais consiste em observações sobre uma variável ou muitas variáveis o longo do tempo.
2.2.2.2.3.2.2.1.7.2 Uma característica essencial no D.S.T. é que raramente é possível assumir que as observações econômicas são independentes ao longo do tempo.
2.2.2.2.3.2.2.1.7.3 Outra característica do D.S.T que pode requerer atenção especial é a frequência dos dados na qual eles são coletados.
2.2.2.2.3.2.2.1.7.4 1.3.3 Cortes Transversais agrupados
2.2.2.2.3.2.2.1.7.4.1 São conjuntos de dados que apresentam características tanto de cortes transversais quanto séries temporais.
2.2.2.2.3.2.2.1.7.4.2 Cortes transversais de dferentes anos é um modo eficaz de analizar os efeitos de uma política governamental, relacionando dados coletados em período anterior e posterior a determinado momento.
2.2.2.2.3.2.2.1.7.4.3 A análise de um corte transversal agrupado é semelhante a de um corte padrão, exceto pelo fato de que precisamos diferenças periódicas das variáveis ao longo do tempo.
2.2.2.2.3.2.2.1.7.4.4 Alem de aumentar o tamanho da amostra, a característica de uma análise de C.T.A. é ver como uma relação fundamental mudou ao longo do tempo.
2.2.2.2.3.2.2.1.7.4.5 1.3.4 Dados em Painel ou Dados Longitudinais
2.2.2.2.3.2.2.1.7.4.5.1 Um conjunto de da dados em painel (ou longitudinal) consiste em uma série temporal para cada registro do corte transversal do conjunto de dados.
2.2.2.2.3.2.2.1.7.4.5.2 A característica essencial dos dados em painel que os distingue dos dados do C.T.A é que as mesmas unidades de corte transversal são acompanhadas ao longo de um determinado período.
2.2.2.2.3.2.2.1.7.4.5.3 O uso de mais de uma observação pode facilitar a interferência casual em situações em qe infrir a casualidade seria mito difícil se um único corte transversal estivesse disponivel
2.2.2.2.3.2.2.1.7.4.5.4 1.4 A casualidade e a noção de CETERIS PARIBUS na Análise Econométrica.
2.2.2.2.3.2.2.1.7.4.5.4.1 Utilizado para inferir se uma variável tem um efeito causal sobre outra
2.2.2.2.3.2.2.1.7.4.5.4.2 A noção de ceteris pabirus - que significa "outros fatores (relevantes) permanecendo iguais" - desempenha um papel importante na análise causal
2.2.2.2.3.2.2.1.7.4.5.4.3 Manter todos os fatores iguais exceto em casos especiais não será possível.
2.2.2.2.3.2.2.1.7.4.5.4.4 A questão fundamental na maioria dos estudos empíricos é: foram mantidos fixos em número suficiente outros faotres, para que se possa inferir casualidade?
2.2.2.2.3.2.2.1.7.4.5.4.5 Métodos econométricos podem simular um experimento ceteris paribus.
2.3 Em alguns casos se faz necessário construir Modelos Econômicos.
2.3.1 Modelos Econômicos consiste em equações matemáticas que descrevem várias relações.
2.3.2 Os economistas tem usado ferramentas econômicas básicas para explicar comportamentos de natureza não econômica
2.3.2.1 Um exemplo clássico é o modelo econômico de Becker (1968) sobre o comportamento de um criminoso
2.3.2.1.1 y=f(x1,x2,x3,x4,x5,x6,x7)
2.3.2.1.1.1 A teoria econômica - ou a introspecção - para prever o efeito que cada variável teria sobre as atividades econômicas.
Show full summary Hide full summary

Similar

Lord of the Flies
lmg719
Question Words - GCSE German
lucykatewarman1227
A-level French Vocabulary
Andrea Leyden
CHEMISTRY C1 5
x_clairey_x
Italian: Basics
Selam H
Aparatos y sistemas del cuerpo humano
Mai Sin Más
Edexcel Additional Science Biology Topic 1
hchen8nrd
Whole Number Glossary L1
Lee Holness
Basic Korean Verbs
ASHISH AWALGAONKAR
1PR101 1. test - 5. část
Nikola Truong
Système circulatoire sanguin
Martin Fortier