ALIENAÇÃO, ANOMIA, AUSÊNCIA DE SENTIDO

e-pn-2007@hotmail.co
Mind Map by e-pn-2007@hotmail.co, updated more than 1 year ago
e-pn-2007@hotmail.co
Created by e-pn-2007@hotmail.co almost 5 years ago
21
1

Description

Ensino fundamental e Ensino Médio Filosofia Mind Map on ALIENAÇÃO, ANOMIA, AUSÊNCIA DE SENTIDO, created by e-pn-2007@hotmail.co on 02/22/2015.
Tags

Resource summary

ALIENAÇÃO, ANOMIA, AUSÊNCIA DE SENTIDO
1 Três conceitos societário:
2 Marx e Durkheim: "descreviam e condenavam as sociedades ocidentais modernas como alienadas anômicas, em termos de padrões que transcendiam suas instituições".
2.1 Anomia: "estado social de anarquia ou de ausência de normas".
2.2 Alienação: "Alienação é um problema de poder, entendido como dominação, dimensão conspicuamente ausente da perspectiva da anomia".
2.3 DURKHEIM
2.3.1 Solidariedade Mecânica:" solidariedade mecânica é característica das sociedades ditas "primitivas" ou "arcaicas", ou seja, em agrupamentos humanos de tipo tribal formado por clãs. Nestas sociedades, os indivíduos que a integram compartilham das mesmas noções e valores sociais tanto no que se refere às crenças religiosas como em relação aos interesses materiais necessários a subsistência do grupo. São justamente essa correspondência de valores que irão assegurar a coesão social
2.3.2 "Solidariedade orgânica que é a do tipo que predomina nas sociedades ditas "modernas" ou "complexas" do ponto de vista da maior diferenciação individual e social (o conceito deve ser aplicado às sociedades capitalistas). Além de não compartilharem dos mesmos valores e crenças sociais, os interesses individuais são bastante distintos e a consciência de cada indivíduo é mais acentuada."
2.3.3 AUSÊNCIA DE VALIDAÇÃO MORAL NA DIVISÃO DO TRABALHO
2.3.3.1 "Com a divisão do trabalho, aspectos morais da sociedade anterior, que delimitava e normatizava a conduta dos indivíduos, se perdem, provocando a "patologia" da sociedade moderna. Por exemplo a orientação sexual, a orientação religiosa".
3 WEBER
3.1 Consequência dramática na transição face à sociedade moderna
3.1.1 O processo de centralização tanto na política (Estado) quanto na economia (empresa capitalista)
3.2 A tese do desencatamento
3.2.1 A racionalidade, que constituia um meio, se transforma num fim da atividade humana. A explicação mágica do mundo, representada pela tradição e pela região dá lugar à explicação racional, a qual vem acompanhada do processo de desencatmento.O desencatamento do mundo, que é simultaneamente condição prévia do advento do capitalismo racional, e complementado por ele, transforma aquilo que até ai fora um "meio" ( a prossecução racional do lucro numa profissão especializada) no "fim" da atividade humana".
3.2.2 Segundo Weber e Durkheim
3.2.2.1 Durkheim coloca-nos diante das consequências do desenvolvimento da divisão do trabalho, revelando-nos o lado negativo representado pela anomia, enquanto Weber chega a conclusões semelhantes na sua hipótese da maior racionalização e do desencatamento.
4 MARX
4.1 Para Marx, a divisão do trabalho não é senão a forma alienada da atividade humana
4.2 Alienação
4.2.1 Manifesta - se no desconhecimento de que, na realidade, o capital é trabalho acumulado. Essa forma de alienação humana (a religiosa) só foi abolida para se lhe substituir (por) outra forma de alienação, o controle dos homens pelas forças econômicas do mercado. O "domínio dos deuses" foi substituido pelo "domínio do mercado"; os fins e os objetivos surgiram assim dependentes da ação exterior de forcas econômicas".
4.2.2 Estrutura
4.2.2.1 É o conjunto das forças produtivas e das relações sociais de produção de uma sociedade, ou seja, a base econômica da sociedade.
4.2.2.2 Superestrutura
4.2.2.2.1 As ideologias políticas, as concepções religiosas, os códigos morais e estéticos, os sistemas legais, de ensino, de comunicação, o conhecimento filosófico e científico, as representações coletivas de sentimentos, as ilusões, os modos de pensar e as concepções de vida diversos e plasmados de um modo peculiar".
Show full summary Hide full summary

Similar

Simulado ENEM - Ciências humanas
Nathalia - GoConqr
ORIGENS DO PENSAMENTO SOCIAL
Lucas Villar
Ideologia, Alienação, Cultura
e-pn-2007@hotmail.co
Sociologia - Origem
Malu Miralha
Grandes Filósofos
Luiz Fernando
Simulado Filosofia
Marina Faria
Hobbes, Locke e Rousseau
Ricardo l.
EMILE DURKHEIM
Débora C. Nascimento
Dos Mitos à Filosofia...
KauanM
Sócrates, Platão e Aristóteles
André Matias
Revisão de Sociologia 1a. série do Ensino Médio
e-pn-2007@hotmail.co