A Política Externa independente do apogeu do populismo - PEI

alice carolline costa querino
Mind Map by alice carolline costa querino, updated more than 1 year ago
alice carolline costa querino
Created by alice carolline costa querino over 6 years ago
38
0

Description

Mapa de conceitos que trata do período da política independete do Brasil

Resource summary

A Política Externa independente do apogeu do populismo - PEI
  1. Jânio Quadros (Duração de 6 meses)
    1. Vemos a criação da PEI em um momento externo favorável
      1. Adotou uma política de expanção de mercado externo, agora além da zona Latino-Américana também negociava com o continente Europeu
        1. Abertura para a África e afastamento da ONU
          1. Distanciamento de Portugal e da política totalitarista de Salazar
            1. Durante seu governo Jânio mandou uma missão para a China chefiada por Jõa Goulart, seu vice-presidente, em busca de novos mercados e de prestígio internacional
              1. Aliança para o proguesso, programa do presidente americano J.Kennedy, em março de 1961, uma resposta tardia a OPA de JK
                1. Apesar de ter terminado o seu governo com uma renúncia, tal medida não afetou a PEX brasileira
        2. A Guerra Fria, o plano Marshall, A crise dos mísseis, a descolonização e crise nas relaçoes soviético-norte-americanas e o embate entre entre EUA e CUBA
          1. O Brasil não buscava mais um realinhamento com os Estados Unidos
            1. Mas também não queria uma quebra de ralações com os EUA. Essa política mais liberal do Brasil gerou uma frieza america com o Brasil. Algo preocupante já que o relacionamento com a União Soviética não era tão vantojosa para o Brasil
          2. Artigo para o Foreign Affairs explicando todos os pontos da política de Jânio
            1. 1-respeito aos compromissos e à posição tradicionaldo Brasil no mundo livre
              1. 2-Ampliação dos contatos com todos os países, inclusive os do mundo socialista
                1. 3- Contribuição constante e objetiva a redução das tensões internacionais, quer no plano regional, quer no plano mundial
                  1. 4- expansão do comercio externo brasileiro
                    1. 5- apoio decidido ao anticolonialismo
                      1. 6- luta contra o subdesenvolvimento econômico
                        1. 7- incremento das relações com a Europa, em todos os planos
                          1. 8- reconhecimento e atribuição da devida importância aos interesses e aspirações comuns ao Brasil e as nações da África e da Ásia
                            1. 9- estabelecimento e estreitamento de relações com os Estados africanos
                              1. 10- fidelidade ao sistema interamericano
                                1. 11- continuidade e intensifcação da operação pan-americana
                                  1. 12- apoio constante ao programa de Associação do Livre Comércio Latino-Americano
                                    1. 13- a mais intima cooperação com as repúblicas irmãs da Ámerica Latina, em todos os planos
                                      1. 14- relações de sincera colaboração com os Estados Unidos, em defesa do progresso democrático e social das Américas
                                        1. 15- apoio decidido e ativo a ONU para que ela se constitua na garantia efetiva e incontestável da paz internacional e da justiça econômica
                                          1. Esse apoio futuramente séria um dos maiores arrependimentos de Jânio, segundo ele, foi uma "equivocada posição" que gerou "um descrédito justicável da política externa brasileira", já que o Brasil deveria ser o elo de ligação entre a África e o ocidente
        3. João Goulart ( 7 de setembro de 1961/31 de março de 1964)
          1. Deu continuação a PEI
            1. Tinha 5 diretrizes
              1. 1- contribuição à presevarção da paz, por meio da prática da coexistência e do apoio ao desarmamento geral e progressivo
                1. 2- reafirmação e fortalecimento dos príncipios de não intervenção e autoderterminação dos povos
                  1. 3- ampliação do mercado externo brasileiro mediante o desarmamento tarifário da América Latina e a intensificação das relações comerciais com todos os países, inclusive os socialistas
                    1. 4- apoia à emancipação dos territórios não autônomos, seja qual for a forma jurídica utilizada para sua sujeição à metrópole
                      1. 5- Política de autoformulação dos planos de desenvolvimento econômicoe de prestação e aceitação de ajuda internacional
            2. Vemos uma PEX voltada para o desenvolvimento econômico e reforma social
              1. Continuação da política de ampliação dos mercados
                1. Visão do pan-americanismo como ferramenta na luta para a emancipação econômica e social das nações deste hemisfério
                  1. Igualdade entre as nações,sem atenção especial para blocos.
                    1. A relação do Brasil com os países de ideal socialista não causou simpatia, ou mesmo tolerância, em relação a regimes que se inspiram em princípios diversos dos que informam o sistema democrático representativo, que praticamos.
                      1. Aliança para o poder no período de Jango
                        1. "Aceitava a ajuda externa, mas desde que tal ajuda não implicasse influência na maneira de promover o desenvolvimento. Não abriria mão, pois , o país da sua autonomia de planejá-lo e receber apoio técnico e econômico externo que se conformasse com planejamento nacional."
                          1. A aliança para o progresso não trouxe o resultado esperado, um dos motivos como aponta o ex-presidente J.K foi a necessidade de: "Reformulação dos Estados Unidos dos aspectos conceituais, legai, administrativos e financeiros do programa[...] [e] imediato exame, com todo relevo e toda prioridade, do problema de perda de substância do comércio exterior da América Latina, causa primeira de todos os males que aflinge o continente"
                            1. O resultado da visita de Goulart aos EUA foram restritos, uma vez que o empréstimo de 131 milhões de dólares para o nordeste, por meio da Sudene de Celso Furtado, acabou não vindo em razão d apretenção norte-americana em controlar sua aplicação, e tanto o FMI quanto os bancos particulares permaneceram em atitude de espectitativa, aguardando medidas de combate à inflação por parte do governo braileiro
                              1. O quadro interno brasileiro era difícil, agravado pelo aumento da inflação, dos déficits públicos e do balanço de pagamentos
                          2. A relação do Brasil e Cuba no período Jango foi de manter uma atitude de defesa intransigente do princípio de não intervenção, e por considerar indevida a ingerência de qualquer outro Estado, seja sob que pretexto for, nos negócios internos
                            1. O exame da expulsão do governo cubano do sistema interamericano foi objeto da VIII reunião da consulta dos ministros das relações exteriores em 1962, e convocada por resolução do Conselho da Organização dos Estados Americanos (OEA)
                              1. Outra grande polêmica no período da PEI foi a restauração das relações diplomáticas com a URSS com a finalidade de ampliar seus mercados e buscar a paz, esse novo laço entre as nações não se dava por meio de identificação de ideologias, era algo de natureza econômia e política. Entre 1959-1961 as relações Brasil-URSS foram deficitárias para o Brasil, de qualquer modo de 1962-1963 o saldo ficou positivo para o Brasil, justificando assim as relações com a URSS
                                1. Por fim devido ao medo da população de um golpe comunista, os militares derem um contra-golpe (ainda muito debatido se foi um golpe ou um contra-golpe) e deu início ao regime militar no Brasil
                      2. Essa emancipação era vista como uma saída para a ameaça de comunismo nos países democráticos, era a forma de estruturar e fortalecer a política desses países
                      3. Uma maior interação com a Argentina praticando uma política de paz e cooperação
                  2. Não houve uma quebra na política externa apesar das mudanças de gestão
                    1. Uma política processual que foi aplicada do perío de de 1961-1964
                      1. Continuação da política de JK
                      2. Ideias principais da PEI
                        1. Auto determinação dos povos
                          1. Embasados no direito de Auto determinaçaõ dos povos o Brasil pode reivindicar o seu direito de liberdade de movimento no cenário mundial
                            1. Visava os interesses econômicos nacionais
                              1. O panamericanismo não poderia mais colocar limites na auto determinação dos povos
                          2. Independêcia e ideal nacional
                          3. PEI
                            1. Nacional-Desenvolvimentista-Populista
                              1. Enfatizou a relação Norte-Sul
                                1. A PEI calcada no nacional-desenvolvimentisto foi um dos carros-chefe da campanha eleitoral de 1960
                                  1. Garantia o direito de cada Estado de fazer a sua política interna a sua maneira (auto determinação dos povos)
                                    1. Mundialização das Relações Internacionais do Brasil
                                      1. Em especial com a Argentina, houve um estreitamento dos laços entre as 2 nações
                                        1. Vemos um discurso com apoio a cooperação para o desenvolvimento, a busca da paz, não apoio ao projeto de experiências nucleares
                                          1. A PEX do Brasil era feita em descompasso com a politica interna (dicotomia)
                                            1. Gerou uma pressão por parte da mídia da epóca, a PEX do Brasil era um assunto popular nesse período
                                              1. Ministério das relações Exteriores em 10 de março de 1961
                                                1. Criação do Serviço de Propaganda e expansão comercial do Brasil (Sepro)
                                                  1. GTR teve influência na criaçãos do MRE e do Sepro
                                  2. Não pertencia a nenhum bloco
                                    1. Não se alinhava as políticas de subsideos de outros países
                                      1. Pórem fez vários emprestimos, a vários bancos e entidades como AID (Agência internacional para o desenvolvimento) e o FMI (Fundo monetário internacional)
                                        1. Essa política de Jânio esta ligada a política de JK de Pan-americanismo
                                Show full summary Hide full summary

                                Similar

                                República Populista (1945-1964)
                                Sara Martins Silva
                                Reformas de Base
                                Pedro Rocco
                                gov. do jango (1961/64)
                                Maria Paula Bastos
                                ESTRUTURAS DA POPULAÇÃO
                                Maryssa Couto Telles Hongenecka
                                IDEG 10 - PEI e Militares
                                Shinji Carvalho
                                Revista Política Externa 2014
                                Prytti Vi
                                República Populista (1945-1964)
                                José Victor
                                IGCSE Chemistry Revision
                                sachakoeppen
                                Elements, Compounds and Mixtures
                                Merel Haring
                                Tectonic Hazards flashcards
                                Perran James
                                Maduración de Frutas
                                Sofi Ramirez