MAX WEBER "A ética protestante e o 'espírito' do capitalismo" - Cap. 1 e 2 - (2ª ed., 1920)

sbneto
Mind Map by sbneto, updated more than 1 year ago
sbneto
Created by sbneto about 6 years ago
43
1

Description

universitário GEDiSC Mind Map on MAX WEBER "A ética protestante e o 'espírito' do capitalismo" - Cap. 1 e 2 - (2ª ed., 1920), created by sbneto on 01/08/2015.

Resource summary

MAX WEBER "A ética protestante e o 'espírito' do capitalismo" - Cap. 1 e 2 - (2ª ed., 1920)
  1. Referências Teóricas (há controvésias)
    1. Neokantismo (Kant)
      1. O neokantismo ou neocriticismo é uma corrente filosófica desenvolvida principalmente na Alemanha, a partir de meados do século XIX até os anos 1920. Preconizou o retorno aos princípios de Immanuel Kant, opondo-se ao idealismo objetivo de Georg Wilhelm Friedrich Hegel, então predominante, e a todo tipo de metafísica, mas também se colocava contra o cientificismo positivista e sua visão absoluta da ciência. O século XIX foi marcado pela hegemonia do hegelianismo. Após a morte de Hegel, a filosofia caiu em descrédito. A partir dos anos 1850 alguns pretendiam mesmo o seu desaparecimento, alegando que não oferecia respostas aos problemas sociais, históricos e políticos . O retorno a Kant parecia então o único modo possível de pensar a ciência e o lugar da razão. Assim, a maioria dos pensadores do fim do século XIX e do início do século XX é, em alguma medida, neokantiana. (WIKIPÉDIA)
      2. Positivismo (Comte)
        1. Escola Histórica do Direito (Savigny)
        2. Conteúdo da ética capitalista
          1. "todas as advertências morais de [Benjamin] Franklin são de cunho utilitário: a honestidade é útilo porque trás crédito, e o mesmo se diga da pontualidade, da presteza, da frugalidade também, é por isso que são virtudes, donde se conclui, por exemplo, entre outras coisas, que se a aparência de honestidade faz o mesmo serviço, é o quanto basta, e um excesso desnecessário de virtude haveria de parecer, aos olhos de Frankllin, um desperdício improdutívo condenável"
            1. "O ser humano em função do ganho como finalidade de vida, não mais o ganho em função do ser humano como meio destinado a satisfazer suas necessidades materiais"
            2. Ética protestante como instrumento de educação para o capitalismo (tanto do capitalista quanto do trabalhador)
              1. "A Reforma significou não tanto a eliminação da dominação eclesiástica sobre a vida de modo geral,. quanto a substituição de sua forma vigente por uma outra"
                1. " a relação de causalidade repousa sem dúvida no fato de que a peculiaridade espiritual inculcada pela educação e aqui vale dizer, a direção conferida à educação pela atmosfera religiosa da região de origem e da casa paterna, determinou a escolha da profissão e o subsequente destino profissional"
                  1. "Os protestantes (....), seja como camada dominante ou dominada, mostraram uma inclinação específica para o racionalismo econômico que não pôde e não pode ser igualmente observada entre os católicos"
                    1. "[o "Espírito do Capitalismo" só pode ser uma 'individualidade histórica', isto é, um complexo de conexões que se dão na realidade histórica e que nós encadeamos conceitualmente em um todo, do ponto de vista de sua significação cultural"
                      1. ""não se prega simplesmente uma técnica de vida, mas uma 'ética' peculiar cuja violação não é tratada apenas como desatino, mas como uma espécie de falta com o dever: isso, antes de tudo, é a essência da coisa"
                      2. O ser humano não é capitalista por natureza
                        1. "Atualmente a ordem econômica capitalista é um imenso cosmos em que o indivíduo já nasce dentro e que para ele, ao menos enquanto indivíduo, se dá como um fato, uma crosta que ele não pode alterar e dentro da qual tem que viver"
                          1. "o ser humano não quer 'por natureza' ganhar dinheiro e sempre mais dinheiiro, mas simplesmente viver, viver do modo como está habituado a viver e ganhar o necessário para tanto"
                            1. "[a disposição de executar o trabalho como se fosse um fim absoluto em si mesmo] não está dada na natureza. E tampouco pode ser susciitada diretamente, seja por ssalários altos seja por salários baixos, só podendo ser o produto de um longo processo educativo"
                            2. Capitalismo moderno superiou o capitalismo tradicional, com ajuda da religião e, agora, não mais precisa dessa
                              1. "se é que a influência das normas eclesiásticas na vida econômica ainda se faz sentir, ela é sentida como obstáculo análogo à regulçamentação da economia pelo Estado. A situação do interesses político-comerciais e político-sociais costuma então determinar a visão de mundo. Mas esses são fenômenos de uma época na qual o capitalismo moderno agora vitorioso, já se emancipou dos antigos suportes. Assim como um dia, em aliança apenas com o poder do Estado moderno em formação, ele rompeu as antigas formas de regulamentação econômica medieval, esse também poderia ter sido o casp - digamos provisoriamente - em suas relações com os poderes religiosos"
                              Show full summary Hide full summary

                              Similar

                              OCR Chemistry - Atoms, Bonds and Groups (Definitions)
                              GwynsM
                              GCSE French Edexcel High Frequency Verbs: First Set
                              alecmorley2013
                              The Periodic Table
                              Catherine Kidd
                              GCSE French - The Environment
                              Abby B
                              AQA GCSE Biology B1- Quiz
                              Ethan Beadling
                              Science Unit 1 flashcards
                              bamoscato
                              PHR Sample Questions
                              Elizabeth Rogers8284
                              Siege bank callouts
                              niklas weckerle
                              Spanish Verbs
                              Estrella Cedeno Aviles
                              SISTEMA REPRODUCTOR HUMANO_2
                              Edith Figueroa
                              A level Henry VIII: Foreign policy
                              Tim Mercer