AFOGAMENTOS

Débora Haack Bassani
Mind Map by Débora Haack Bassani, updated more than 1 year ago
Débora Haack Bassani
Created by Débora Haack Bassani about 6 years ago
14
0

Description

TUTORIA - PROBLEMA 2

Resource summary

AFOGAMENTOS
  1. MUNDO: ~500.000 mortes/ano; BRASIL: ~ 7.000 mortes/ano.
    1. FATORES DE RISCO: homens; extremos etários (maioria entre 5 e 14 anos); uso de álcool; fatores socioeconômicos (renda e educação); falta de supervisão; epilepsia.
    2. CONCEITO: insuficiência respiratória por aspiração de líquido em imersão ou submersão.
      1. FISIOPATOLOGIA: PULMÃO--> - Aspiração de água. - Hipoxemia. - Apneia. CORAÇÃO --> - Taquicardia. - Bradicardia. - AESP. - Assistolia
        1. ÁGUA SALGADA E ÁGUA DOCE: sem diferença clínica e terapêutica. Diferença no gradiente osmótico.
          1. Lesão membrana alvéolo-capilar - disfunção no surfactante - edema pulmonar - redução da complacência pulmonar - perfusão diminuída - broncoespasmo.
            1. HIPOTERMIA: mecanismo protetor!
        2. O QUE FAZER? vítima consciente x vítima inconsciente
          1. CLASSIFICAÇÃO DA GRAVIDADE DO AFOGAMENTO E SEU TRATAMENTO AVANÇADO: CADÁVER; GRAU 6; GRAU 5; GRAU 4; GRAU 3; GRAU 2; GRAU 1; RESGATE.
            1. USO DE ADRENALINA: Pacientes grau 6 não responsivos RCP. Início: 1 mg ou 0,01mg/kg. Após, a cada 3 a 5 min de RCP - 0,1mg/kg.
            2. Manobra de Heimlich: SOMENTE em casos de evidência de obstrução da via área por corpo estranho.
            3. CRITÉRIOS INTUBAÇÃO OROTRAQUEAL: SaO2p menor que 92%; PaCO2 maior que 45 mmHg; uma FR alta ou grande esforço respiratório que pode levar a fadiga.
              1. ESTRATÉGIAS VENTILAÇÃO MECÂNICA: VC 5 a 6 ml/kg/peso. FiO2 - início de 100%; após, 45% ou menos. PEEP - início de 5 cm H2O; após, aumento 2 a 3 cm H2O --> até shunt intrapulmonar (QS:QT) de 20% ou menos, ou uma PaO2:FiO2 (P/F) de 250 ou mais.
              2. TRATAMENTO NA UTI: - corticóides para casos de broncoespaso; ATB somente em caso de evidência de pneumonia; Ecocardio pode auxiliar uso de inotrópicos e/ou vasopressores; Manter normoglicemia.
                1. ACIDOSE METABÓLICA: ~ 70% dos pacientes Graus 2 a 6. CORREÇÃO: ph<7,2 ou HCO3-<12mEq/L.
                2. PROGNÓSTICO (Duração da submersão e risco de morte ou lesão neurológica grave após a alta hospitalar): 0–5 min — 10%; 6–10 min — 56%; 11–25 min — 88%; >25 min — quase 100%.
                  Show full summary Hide full summary

                  Similar

                  09 - Teoria Geral do Crime I - Conceito de Crime e Conduta
                  Eu-LA 2001
                  Teoria geral do crime (em construção)
                  Fernando Odnanref
                  BEHAVIORISMO
                  Janny Cristina
                  Conduta Humana
                  João Neto
                  Conduta Geral na CIVD
                  Alline Silva
                  ÉTICA
                  Andreia Nunes
                  FATO TÍPICO Conduta
                  Aline Lopes
                  Responsabilidade Civil
                  Amanda Gusmao
                  Estrutura-Conduta-Desempenho
                  Gabriela Borges
                  ESCOLA DA EXCELÊNCIA X ESCOLA PARA TODOS
                  leila maria vieira
                  FATO TÍPICO Resultado
                  Aline Lopes