Guia de Projeto Elétrico segundo a NBR 5410 - Parte 2.2

Leonardo Rocha
Mind Map by Leonardo Rocha, updated more than 1 year ago
Leonardo Rocha
Created by Leonardo Rocha almost 5 years ago
9
2

Description

Mind Map on Guia de Projeto Elétrico segundo a NBR 5410 - Parte 2.2, created by Leonardo Rocha on 09/20/2015.

Resource summary

Guia de Projeto Elétrico segundo a NBR 5410 - Parte 2.2
1 ...
1.1 Seleção e instalação dos componentes
1.1.1 Seleção e instalação das linhas elétricas
1.1.1.1 Generalidades
1.1.1.1.1 A seleção e a instalação de linhas elétricas devem levar em conta os princípios fundamentais que sejam aplicáveis aos condutores, suas terminações e emendas, aos suportes e suspensões a eles associados e aos seus invólucros ou métodos de proteção contra influências externas.
1.1.1.2 Tipos de Linhas Elétricas *(9)
1.1.1.3 Seleção e instalação em função das influências externas *(10)
1.1.1.4 Capacidades de condução de corrente
1.1.1.4.1 Temperaturas características dos condutores *(11)
1.1.1.4.2 Tabelas de Capacidades de condução de corrente, em ampères *(12)
1.1.1.5 Fatores de correção para temperaturas ambientes diferentes de 30ºC para linhas não-subterrâneas e de 20ºC (temperatura do solo) para linhas subterrâneas *(13)
1.1.1.6 Fatores de correção para linhas subterrâneas em solo com resistividade térmica diferente de 2,5 K.m/W *(14)
1.1.1.7 Agrupamento de circuitos
1.1.1.7.1 Fatores de correção aplicáveis a condutores agrupados em feixe (em linhas abertas ou fechadas) e a condutores agrupados num mesmo plano, em camada única *(15)
1.1.1.7.2 Fatores de correção aplicáveis a agrupamentos consistindo em mais de uma camada de condutores *(16)
1.1.1.7.3 Fatores de agrupamento para linhas com cabos diretamente enterrados *(17)
1.1.1.7.4 Fatores de agrupamento para linhas em eletrodutos enterrados *(18)
1.1.1.7.5 caso não seja viável um cálculo mais específico, adoção do fator F da expressão:
1.1.1.8 Número de condutores carregados *(19)
1.1.1.9 Variações das condições de instalação num percurso
1.1.1.9.1 Quando forem identificadas, ao longo do percurso previsto de uma linha elétrica, diferentes condições de resfriamento (dissipação de calor), as capacidades de condução de corrente dos seus condutores devem ser determinadas com base nas condições mais desfavoráveis encontradas.
1.1.1.10 Condutores de fase e condutor neutro
1.1.1.10.1 Seção dos condutores de fase
1.1.1.10.1.1 Seção mínima dos condutores *(20)
1.1.1.10.2 Condutor neutro
1.1.1.10.2.1 O condutor neutro não pode ser comum a mais de um circuito.
1.1.1.10.2.2 O condutor neutro de um circuito monofásico deve ter a mesma seção do condutor de fase.
1.1.1.10.2.3 Seção reduzida do condutor neutro *(21)
1.1.1.11 Quedas de tensão
1.1.1.11.1 Em qualquer ponto de utilização da instalação, a queda de tensão verificada não deve ser superior aos seguintes valores, dados em relação ao valor da tensão nominal da instalação:
1.1.1.11.1.1 7%, calculados a partir dos terminais secundários do transformador MT/BT, no caso de transformador de propriedade da(s) unidade(s) consumidora(s)
1.1.1.11.1.2 7%, calculados a partir dos terminais secundários do transformador MT/BT da empresa distribuidora de eletricidade, quando o ponto de entrega for aí localizado
1.1.1.11.1.3 5%, calculados a partir do ponto de entrega, nos demais casos de ponto de entrega com fornecimento em tensão secundária de distribuição
1.1.1.11.1.4 7%, calculados a partir dos terminais de saída do gerador, no caso de grupo gerador próprio
1.1.1.11.2 Em nenhum caso a queda de tensão nos circuitos terminais pode ser superior a 4%.
1.1.1.11.3 Para o cálculo da queda de tensão num circuito deve ser utilizada a corrente de projeto do circuito.
1.1.1.12 Conexões
1.1.1.12.1 As conexões de condutores entre si e com outros componentes da instalação devem garantir continuidade elétrica durável, adequada suportabilidade mecânica e adequada proteção mecânica
1.1.1.12.2 Na seleção dos meios de conexão devem ser considerados
1.1.1.12.2.1 o material dos condutores, incluindo sua isolação
1.1.1.12.2.2 a quantidade de fios e formato dos condutores
1.1.1.12.2.3 a seção dos condutores
1.1.1.12.2.4 o número de condutores a serem conectados conjuntamente
1.1.1.13 Condições gerais de instalação
1.1.1.13.1 Proteção contra influências externas
1.1.1.13.1.1 A proteção contra influências externas conferida pela maneira de instalar deve ser assegurada de maneira contínua.
1.1.1.14 Disposição dos condutores
1.1.1.14.1 Os cabos multipolares só devem conter os condutores de um mesmo e único circuito.
1.1.1.14.2 Admite-se que os condutos fechados contenham condutores de mais de um circuito nos seguintes casos:
1.1.1.14.2.1 os circuitos pertencerem à mesma instalação, isto é, se originarem do mesmo dispositivo geral de manobra e proteção
1.1.1.14.2.2 as seções nominais dos condutores de fase estiverem contidas dentro de um intervalo de três valores normalizados sucessivos;
1.1.1.14.2.3 todos os condutores tiverem à mesma temperatura máxima para serviço contínuo
1.1.1.14.2.4 todos os condutores forem isolados para a mais alta tensão nominal presente
1.1.1.15 ...
Show full summary Hide full summary

Similar

General Knowledge Quiz
PatrickNoonan
An Inspector Calls: Eric Birling
Rattan Bhorjee
GCSE AQA Chemistry - Unit 3
James Jolliffe
Top learning tips for students
Micheal Heffernan
Teaching Using GoConqr's Tools
Micheal Heffernan
DISPOSICIÓN ESPACIAL
Ariana Chavez
REGLAMENTO DE USO LEGAL, ADECUADO Y PROPORCIONAL DE LA FUERZA PARA LA POLICÍA NACIONAL DEL ECUADOR
edwin patrico
mi mapa conceptual
Magda Hernandez
CUADRO SINOPTICO
JUAN ANTONIO HERNANDEZ GOMEZ
Sistema de procesamiento en Bases de datos
Juan Manuel Ocampo Rodriguez
ESTRATEGIAS DE LECTURA CRÍTICA
Alba Garcia