Fluxo de trabalho de Design

Luiz Avanzi
Mind Map by Luiz Avanzi, updated more than 1 year ago
Luiz Avanzi
Created by Luiz Avanzi over 4 years ago
157
6

Description

Um fluxograma do trabalho em design, desde a solicitação do cliente até a produção final.

Resource summary

Fluxo de trabalho de Design
1 Problema (demanda do cliente)

Annotations:

  • Essa é a primeira fase do trabalho. O cliente expõe seu problema em busca de uma solução eficiente. Devemos nos reunir com o cliente até que tenhamos todas as informações para propor uma solução criativa. Além de identificar exatamente o problema, devemos saber do cliente quais seus objetivos com o trabalho, seu prazo e sua verba. Nas soluções impressas, verba e prazo tem uma relação muito interdependente e o conhecimento disso é fundamental para se propor soluções.
1.1 Objetivos e Criterios de solução

Annotations:

  • Depois de analisado o problema, iniciamos um estudo  e talvez pesquisas para atingir os objetivos traçados. Identificação do público e meios mais eficientes de atingi-lo são o ponto de partida. A escolha do meio utilizado (impresso ou web) não é determinado pelo gosto do criativo e sim pelo perfil do público, pela verba e pelo prazo. Trabalhos com maior prazo normalmente proporcionam soluções mas sofisticadas.
1.1.1 Impresso
1.1.1.1 Layout 1

Annotations:

  • Ao se chegar nessa fase o direcionamento do trabalho já foi traçado, aqui o designer vai colocar seus conhecimentos e experiência em prática, tanto na concepção como nas escolhas de materiais e processos. Os fatores que devem ser levados em conta na elaboração do layout (imagens, tipografia, suporte, formato, processo de impressão e acabamentos) estão estreitamente ligados e nessa fase, na seleção desses elementos, são criados muitos problemas causados por escolhas inadequadas, que não combinam tecnicamente entre si.  É preciso muita atenção nesse estágio, erros podem custar muito caro, porque só serão percebidos no produto final. Atenção a detalhes e conhecimentos de arte finalização e produção gráfica são fundamentais na elaboração do layout porque erros nas escolhas podem fazer com que alguns detalhes precisem ser modificados quando a peça for para a impressão e isso pode acarretar em diferença entre o layout e o impresso.
1.1.1.1.1 Formato

Annotations:

  • Formatos econômicos de papel, normalmente baixam significativamente o custo de produção de impressos. Formatos especiais estão bastante ligados ao acabamento e ao processo de impressão
1.1.1.1.2 imagens

Annotations:

  • O sistema de impressão determina o tamanho, a resolução e o modo de cor das imagens que serão usadas. imagens para utilização na web tem parâmetros diferentes dos de impressão.
1.1.1.1.3 Suporte

Annotations:

  • O tipo de suporte utilizado, também tem bastante peso no resultado impresso, suportes com ou sem textura, foscos ou brilhantes, coloridos ou brancos, absorventes ou repelentes. Papéis de baixa gramatura (muito finos) são levemente transparentes e não devem ter impressão dos dois lados. Um bom conhecimento de suportes, uso de catálogos e consulta aos fornecedores é fundamental.
1.1.1.1.4 Acabamentos

Annotations:

  • Conhecer diversos tipos, métodos e materiais de acabamento gráfico, proporciona ao criativo aumentar o seu arsenal de soluções e obter resultados muito diferenciados e exclusivos. Visitar periodicamente gráficas e se manter informado sobre novas soluções de acabamento, vernizes, aplicações, cortes, dobras e qualquer diferencial que possa ser utilizado, são uma arma importante nas soluções mais criativas. A indústria do acabamento gráfico é a que mais propõe soluções inéditas ou ainda pouco usadas. Alguns tipos de acabamentos exigem papéis mais ou menos encorpados e muito importante: processos de acabamento tem uma interferência muito grande no prazo e no custo do material.
1.1.1.1.5 Aprovação (cliente) 1

Annotations:

  • Um layout só deve ser apresentado ao cliente depois de totalmente revisado e bem analisado. Encontrar erros apontados pelo cliente quebra sua confiança no trabalho e no profissional. Uma boa defesa, bem argumentada, confere consistência e deixa claro que o trabalho foi realizado de maneira séria e profissional. Nessa fase, normalmente o cliente faz ponderações, sugestões e modificações que devem ser ouvidas com a máxima atenção e critério, para serem levadas em conta ou para que se possa argumentar contra. O cliente nem sempre tem razão. É trabalho do profissional criativo convencer o cliente sobre o que é melhor para os objetivos do trabalho e não para os objetivos pessoais. A reunião de aprovação deve ser documentada formalmente e as alterações devem ser preferencialmente rabiscadas no layout impresso apresentado. Apresentações em tela para produtos impressos devem ser evitadas ao máximo.
1.1.1.1.5.1 Retrabalho

Annotations:

  • Aqui são retrabalhados os layouts de acordo com tudo que foi conversado com o cliente.
1.1.1.1.5.1.1 Layout 2

Annotations:

  • Numa segunda apresentação as novas soluções são novamente submetidas a aprovação do cliente.
1.1.1.1.5.1.1.1 Aprovação (cliente) 2

Annotations:

  • Nova reunião de aprovação. É importante fazer o cliente entender sobre os atropelos de prazo que constantes retrabalhos podem causar.
1.1.1.1.5.1.1.1.1 Finalização

Annotations:

  • Com todo o trabalho aprovado e documentado, iniciamos o trabalho de finalização, onde são preparados os arquivos para serem enviados aos seus fornecedores de serviço. Cada tipo de impressão exige critérios técnicos diferenciados. Um bom arte finalista normalmente conhece bem a todos eles. No caso de não termos conhecimentos detalhados sobre algum processo, o mais indicado é entrar em contato com o fornecedor e solicitar as informações técnicas ou um manual de finalização ou fechamento de arquivos. Também devemos ter bastante atenção nesse estágio do trabalho, é aqui onde geralmente os maiores erros passam despercebidos por falta de conhecimento e causam estragos muitas vezes catastróficos no material impresso. Modo de cor inadequado, erros de formato, detalhes técnicos das imagens incompatíveis com o processo de impressão, tratamento das imagens não direcionado para o suporte escolhido, problemas com fontes tipográficas no arquivo. É uma fase crucial, e tem estreita ligação com a fase de criação do layout, pois é lá que se define os recursos e processos que serão utilizados na produção.
1.1.1.1.5.1.1.1.1.1 Pré impressão

Annotations:

  • A pré impressão já foge ao controle do designer, é realizada na gráfica e é a fase onde a arte final é preparada para o dispositivo final de impressão. Dos arquivos da pré impressão é que são feitas as provas de impressão.
1.1.1.1.5.1.1.1.1.1.1 Provas digitais

Annotations:

  • Muitos clientes abrem mão da checagem da prova de gráfica, se já tem uma relação sólida e de confiança com seu profissional de criação. Essa prova deve ser checada com a máxima atenção e documentada. É a sua garantia (e da gráfica) que o trabalho será produzido conforme o aprovado. Normalmente nessa fase não se fazem alterações de layout, mas sim correção de erros. É preferível um atraso na entrega do que uma publicação com erros.
1.1.1.1.5.1.1.1.1.1.1.1 Autorização de Produção (Designer)

Annotations:

  • Tendo a prova sido totalmente aprovada e assinada o designer autoriza a produção. A autorização de produção normalmente é assinada pelo cliente.
1.1.1.1.5.1.1.1.1.1.1.1.1 Impressão

Annotations:

  • As chapas de impressão são confeccionados, para o caso de impressão offset e o impresso é rodado. No caso da impressão digital o arquivo vai direto para a impressora.
1.1.1.1.5.1.1.1.1.1.1.1.1.1 Acabamento

Annotations:

  • Finalizada a impressão inicia-se o processo de acabamento gráfico, como cortes, dobras, colagens e etc. Alguns tipos de acabamento são feitos no processo de impressão, como vernizes localizados. Outros casos exigem uma preparação de material secundário, como displays para acomodar impressos em pontos de venda ou facas de corte. O acabamento muitas vezes tem ciclos de produção muito artesanal, tendo um peso muito grande no prazo de entrega da gráfica e no custo do material.
1.1.1.1.6 Tipografia

Annotations:

  • O conhecimento técnico e teórico sobre as famílias tipográficas abrevia sua escolha, evita problemas de impressão decorrentes de incompatibilidade de plataformas e agrega valor e consistência ao trabalho. Escolher uma família de fontes com pouca variação de estilo para projetos que exigem muito da tipografia, como livros e revistas pode acarretar sérios problemas na hierarquia dos conteúdos.
1.1.1.1.7 Processo de impressão

Annotations:

  • Normalmente o processo de impressão está ligado a utilização que será feita do material impresso e terá diferentes exigências na criação dos arquivos, na escolha dos suportes e nas possibilidades de acabamento. Um conhecimento básico nos mais utilizados processos e suas principais características é extremamente necessário.
1.1.2 Web
1.1.2.1 Layout
1.1.2.1.1 Imagens
1.1.2.1.2 Formato
1.1.2.1.3 Veículos
1.1.2.1.4 Aprovação (cliente)
1.1.2.1.4.1 Retrabalho
1.1.2.1.4.1.1 Layout
1.1.2.1.4.1.1.1 Aprovação (cliente)
1.1.2.1.4.1.1.1.1 Veiculação
Show full summary Hide full summary

Similar

Design Thinking
Vinicius Eloi
Organizações, Sistemas e Métodos
tauanapiresc
Como a Modelagem e Prototipagem podem ajudar na sustentação de uma iniciativa?
Zina Costa
Fluxo do trabalho gráfico
Luiz Avanzi
Design Thinking
Sebastião BRAZ Gomes
Design Instrucional - Metodologia Trahentem
Ingryd Viana
Perfis extremos de pacientes crônicos
Alberto Lameu Marques da Rocha
Plano de Educação Corporativa SEBRAE 2017-2022
Jacqueline Cerqueira
Ideação - Design Thinking
Níkolas Meneghin
Design Thinking - IMERSÃO
maciel lopes
Design Thinking
Alan Rafael