Tipos de Estruturas Organizacionais

gabrielpmartins1
Mind Map by gabrielpmartins1, updated more than 1 year ago
gabrielpmartins1
Created by gabrielpmartins1 about 6 years ago
437
1

Description

Mind Map on Tipos de Estruturas Organizacionais, created by gabrielpmartins1 on 01/11/2014.

Resource summary

Tipos de Estruturas Organizacionais
1 Estrutura simples
1.1 Trata-se de uma estrutura comum nos pequenos negócios, possuindo baixo grau de departamentalização, grande amplitude de controle, autoridade centralizada e pouca formalização
1.2 Os principais pontos fortes desse tipo de estrutura são a sua simplicidade, agilidade, flexibilidade, manutenção barata e clareza das responsabilidades.
1.3 Esse tipo de estrutura se torna inadequado à medida que a organização cresce, dada a necessidade de maior descentralização.
2 Burocracia
2.1 A burocracia é calcada na padronização de normas e procedimentos para o funcionário, se caracterizando por tarefas operacionais rotineiras, grande especialização, alta formalização de regras e regulamentos, departamentalização funcional, centralização de autoridade, baixa amplitude de controle, e processo decisório que acompanha a cadeia de comando.
3 Estrutura matricial
3.1 A estrutura matricial geralmente combina a departamentalização funcional com a departamentalização por projetos. Além dessa possibilidade, toda estrutura que combinar dois tipos de departamentalização em um só poderá ser chamada de matricial.
3.2 É uma excelente alternativa de estruturação para as organizações que desenvolvem projetos, pois as equipes passam a se compor por especialistas de cada função em cada um dos projetos.
3.3 Assim, é uma estrutura que permite uma melhor coesão do grupo de trabalho, permitindo que haja uma boa comunicação da comunicação do líder do projeto/produto com sua equipe, uma vez que a equipe está também estruturada por projeto/produto.
3.4 As principais desvantagens desse tipo de estrutura incluem a dificuldade que surge devido à dupla subordinação dos membros da equipe de trabalho e do baixo nível de autoridade sentido pelo líder do projeto/produto.
4 Organização sem fronteiras
4.1 A ideia básica por trás desse conceito é a eliminação da cadeia de comando, a existência de amplitude de controle ilimitada e a substituição dos departamentos por equipes autônomas.
5 Organizações virtuais
5.1 A organização virtual, também chamada de organização em rede ou organização modular, têm foco em seu negócio principal (core business) e terceiriza a maior parte de suas atividades não essenciais. O que se busca é a flexibilidade máxima da estrutura organizacional, que passa a se concentrar naquilo que sabe fazer melhor.
5.2 Elas funcionam com base em equipes que atuam comunicando-se de forma intensiva.
5.3 A principal vantagem desse tipo de estrutura é sua flexibilidade, enquanto sua principal desvantagem é que, devido ao estado fluido e de reorganização permanente de suas estruturas, os papeis, objetivos e responsabilidades não são claros, o que favorece o surgimento do comportamento político
6 Organização enxuta
6.1 A organização mais enxuta é uma meta dos processos de downsizing, que se baseiam em práticas de venda de unidades de negócios, fechamento filiais e redução do número de funcionários. O grande objetivo aqui é reduzir a estrutura organizacional para se beneficiar de aumento da agilidade e flexibilidade, redução dos custos e melhoria do foco organizacional.
7 Organização Holográfica
7.1 Trata-se de um modelo utilizado na visão da organização como um cérebro.
8 Organização Atomizada
8.1 Geralmente mencionada em conjunto com a organizaçãoholográfica. Na verdade, é mais uma característica do que uma estrutura por si só.
8.2 A atomização implica na criação de equipes descentralizadas que possuem objetivos diferentes entre si, e que possuem poder para tomada de decisão relativa aos meios para atingir os objetivos, o que aumenta a flexibilidade da organização
8.3 Apesar disso, a atomização faz com que existam vários “átomos” pela organização, por isso é necessário que a organização atomizada seja intensiva em comunicação entre as várias equipes para que os objetivos da organização sejam alcançados
9 Modelo Mecanicista
9.1 Trata-se de um modelo extremo, ligado a processos de trabalho altamente padronizados, grande formalização e hierarquização gerencial. É um modelo associado à burocracia (que já vimos aqui), sendo mais apropriado às organizações em ambientes estáveis.
10 Modelo Orgânico
10.1 Trata-se de um modelo extremo oposto ao mecanicista. Este modelo está mais próximo à organização sem fronteiras, sendo mais achatado em termos de níveis hierárquicos, havendo ainda menor padronização e formalização dos procedimentos.
Show full summary Hide full summary

Similar

The Cold War
dottydiva96
A-Level History: Nazi Germany
cian.buckley+1
Mechanics
james_hobson
B5 - Growth and Deveolopment
blairzy123
IB Chem Flashcards
j. stu
All Edexcel GCSE PE key terms
Millie Berrett
Variation and evolution Quiz
James Edwards22201
Biology B1.1 - Genes
raffia.khalid99
AQA Biology B2 Unit 2.1 - Cells Tissues and Organs
BeccaElaine
PSYA1 - attachment, AQA psychology
Tess W
GCSE AQA Chemistry 2 Salts & Electrolysis
Lilac Potato