Microbiologia II

Augusto Passador
Mind Map by Augusto Passador, updated more than 1 year ago
Augusto Passador
Created by Augusto Passador over 4 years ago
32
2

Description

Pequeno resumo sobre BGN

Resource summary

Microbiologia II
1 Bacilos Gram negativos - BGN (possuem membrana externa)
1.1 Enterobactérias
1.1.1 Habitam o intestino
1.1.2 Fermentadores da glicose
1.1.3 Algumas bactérias podem causar infecção no intestino
1.1.4 Vibrios
1.1.4.1 Pode se desenvolver no sal
1.1.5 Bactérias patógenas no intestino
1.1.5.1 Escherichia
1.1.5.2 Shigella
1.1.5.3 Salmonella
1.1.5.4 Yersínia
1.1.6 Principais gêneros
1.1.6.1 Escherichia
1.1.6.2 Enterobacter
1.1.6.3 Serratia
1.1.6.4 Citrobacter
1.1.6.5 Klebsiella
1.1.6.6 Morganella Proteus
1.1.6.7 Providencia
1.1.7 Tipos sorológicos
1.1.7.1 Antígenos - O, K e H (sorotipos)
1.1.8 Epidemiologia
1.1.8.1 Transmissão via oral-fecal
1.1.8.2 Contato com doente ou portador assintomático
1.1.8.3 Surto epidêmico e/ou esporádico
1.1.8.4 Fontes de infecção
1.1.8.4.1 Alimentos
1.1.8.4.2 Água
1.1.8.4.3 Leite e derivados
1.1.8.4.4 Mariscos
1.1.8.4.5 Ovos
1.1.8.4.6 Carne
1.1.8.4.7 Arroz
1.1.9 Podem causar infecções em diversos sítios anatômicos do corpo humano
1.1.10 Escherichia coli
1.1.10.1 Infecção urinária - invasão do sistema urinário por bactérias
1.1.10.1.1 CIstite - Doença infecciosa caracterizada por proliferação de microrganismos nas vias urinárias baixas
1.1.10.1.1.1 Sinais e sintomas locais
1.1.10.1.2 Pielonefrite - Doença infecciosa caracterizada por proliferação de microrganismos nas vias urinárias altas
1.1.10.1.2.1 Sinais e sintomas sistêmicos
1.1.10.1.3 Mecanismos protetores
1.1.10.1.3.1 Altas concentrações de ureia e hiperosmolaridade da urina
1.1.10.1.3.2 pH urinário ácido
1.1.10.1.3.3 "Lavagem" pelo fluxo de urina
1.1.10.1.3.4 Propriedades anti-bacterianas do epitélio
1.1.10.1.3.5 Afluxo de células inflamatórias
1.1.10.1.3.6 Quebra deste mecanismo
1.1.10.1.3.6.1 Individuo
1.1.10.1.3.6.1.1 Ato sexual
1.1.10.1.3.6.1.2 Obstrução urinária
1.1.10.1.3.6.1.3 Baixa ingestão hidrica
1.1.10.1.3.6.2 E. coli
1.1.10.1.3.6.2.1 Fímbrias - maior aderência ao epitélio
1.1.10.1.3.6.2.2 Tamanho do inóculo
1.1.10.1.3.6.3 UTI - infecção hospitalar/cateterismo hospitalar
1.1.10.1.4 Diagnóstico laboratorial de infecção do trato urinário
1.1.10.1.4.1 Primeira urina da manhã
1.1.10.1.4.2 Colonias por microlitros que no exame virá em mililitros
1.1.10.1.4.3 Igual ou maior de 100000 - infecção
1.1.10.1.4.4 Entre 10000 até 99999 - suspeita de infecção
1.1.10.1.4.5 Até 10000 - contaminação
1.1.10.2 Infecção intestinal
1.1.10.3 Sorotipos
1.1.10.3.1 E. coli enteropatogênica clássica
1.1.10.3.1.1 Adere as células epiteliais como microcolônias localizadas e causam lesões destrutivas, fusão de vilosidades. Em geral ocorre em crianças (lactentes).
1.1.10.3.2 E. coli enterotoxigênica
1.1.10.3.2.1 Produtora de toxinas que causam danos no epitélio mucoso
1.1.10.3.3 E. coli enteroinvasora
1.1.10.3.3.1 Invade células epiteliais
1.1.10.3.3.2 DIarreia como principal sintoma
1.1.10.3.4 E. coli enterohemorrágica
1.1.10.3.4.1 Produz endotoxinas vulgarmente conhecida como vorotoxina
1.1.10.3.5 E. coli enteroagregativa
1.1.10.3.5.1 Aderem às células epiteliais, dispondo-se como uma pilha de ladrilhos - diarreia aquosa
1.1.10.3.6 E. coli que adere difusamente
1.1.11 Shigella
1.1.11.1 disenteria bacteriana - Shigelose
1.1.11.1.1 Diarreia aquosa com dores e câimbras abdominais
1.1.11.1.2 Mialgia generalizada
1.1.12 Salmonella
1.1.12.1 Salmonelose
1.1.12.1.1 Infecção sistêmica
1.1.12.1.2 Febre tifóide
1.1.12.2 Sintomas
1.1.12.2.1 Diarreia
1.1.12.2.2 Febre
1.1.12.2.3 Cólica abdominal
1.1.13 Yersinia enterocolitica
1.1.13.1 Encontrado em lagos e reservas de água
1.1.13.2 Diarreia, lifadenopatia,, pneumonia e aborto espontaneo
1.1.14 Campylobacter
1.1.14.1 processo tóxico e/ou invasivo
1.1.14.2 Diarreia líquida/com muco/sangue e leucócitos fecais, febre, dor abdominal, náusea, dor de cabeça e dores musculares
1.2 BGN não fermentadores da glicose
1.2.1 Muito distribuído no ambiente
1.2.2 Pseudomons aeruginosa
1.2.3 Acinetobacter baumannii
1.2.4 Amplamente distribuído no ambiente
1.2.5 Podem colonizar os seres humanos, invadir e causar infecções em pacientes com defesa anormais
1.3 Vibrio
1.3.1 Associado com água salgada
1.3.2 Flagelo polar
1.3.3 Não forma esporos
1.3.4 Oxidase positivo
1.3.5 Anaeróbios facultativos
1.3.6 Vibrio cholerae
1.3.6.1 Estrutura antigênica
1.3.6.2 Antígeno flagelar H
1.3.6.3 Especificidade sorológica
1.3.7 Manifestação clínica
1.3.7.1 Colonização assintomático
1.3.7.2 Diarreia fatal
1.3.7.3 2-3 dias depois da ingesta
1.3.7.4 Inicio abrupto com diarreia aquosa e vômitos
1.3.7.5 Desidratação, acidose metabólica, choque hipovolêmico – falência renal
Show full summary Hide full summary

Similar

Sistema Cardiovascular: Artérias, Veias e Capilares
Natália Abitbol
Anatomia: sistema esquelético I
Natália Abitbol
Anatomia Artérias
Filipe Brito
Regras NBRs
Maria Clara Oliveira
Processo de Cicatrização
Letícia Silva
SIMULADO - Casos Clínicos
Rodrigo Gouvea
Anatomia membro inferior - Ossos, acidentes e movimentos
vitorstoco
AVALIAÇÃO TEÓRICA 13 DE MARÇO
Residencia CM HBDF
DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO
Vanessa Palauro
DOENÇA MENTAL E TRATAMENTO -Texto 16
eleuterapara
Escala de Coma de Glasgow
Vanessa Palauro