Contabilidade - Contas

Natanael Lima
Mind Map by , created over 3 years ago

Apresentação do conceito de conta e algumas de suas ramificações.

64
7
0
Natanael Lima
Created by Natanael Lima over 3 years ago
TGA - Escola de Relações Humanas
Natanael Lima
Direito - Direito de Família
Natanael Lima
TGA - Teoria Geral dos Sistemas
Natanael Lima
CLASS DIFFERENCES IN ACHIEVEMENT
ashiana121
Contabilidade - Patrimônio
Natanael Lima
Contabilidade - Fatos que Alteram Compras e Vendas
Natanael Lima
Direito - Direito Constitucional e Estado
Natanael Lima
TGA - Teoria Clássica
Natanael Lima
Contabilidade - Técnica Contábeis de Registos de Contas
Natanael Lima
Contabilidade - Contas

Annotations:

  • É o nome que identifica cada componente do patrimônio (bens, direitos, obrigações exigíveis e PL) e do resultado (despesas, custos e receitas). A sua função é representar a variação que um fato causa ao patrimônio da empresa.
1 Teoria das Contas
1.1 1. Teoria Personalista

Annotations:

  • Nessa teoria, as contas (elementos patrimoniais) podem ser representadas por PESSOAS com as quais são mantidas relações jurídicas (débito e crédito).
1.1.1 a) Proprietários

Annotations:

  • Responsáveis pelas contas do Patrimônio Líquido e sua variações como receitas e despesas. Exemplos: Capital Social, Reserva Legal, receita de vendas...
1.1.1.1 b) Agentes correspondentes

Annotations:

  • Consiste nas pessoas que representam as contas de direitos (ativos) ou obrigações (passivo). São terceiros que estão na posição de devedor ou credor da entidade. Exemplos: clientes e fornecedores.
1.1.1.1.1 c) Agentes consignatários

Annotations:

  • São as pessoas (contas) a quem a entidade confia os seus bens (ativo), ou seja, que representam os bens. Exemplos: caixa, banco, móveis...
1.2 2. Teoria Materialista

Annotations:

  • Defende que as contas representam entradas e saídas de valores. Há uma relação MATERIAL e não pessoal entre contas e entidades, pois a conta só deve existir enquanto houver o elemento material.
1.2.1 a) Integrais (ou Elementares)

Annotations:

  • Representam os bens, direitos e obrigações, ou seja, ativo e passivo exigível.
1.2.1.1 b) Diferenciais (ou Derivadas)

Annotations:

  • São as que representam o Patrimônio Líquido, as receitas e as despesas.
1.3 3. Teoria Patrimonialista (usual)

Annotations:

  • É a teoria usualmente adotada no Brasil, seu objeto de estudo é o PATRIMÔNIO da entidade.
1.3.1 a) Patrimoniais

Annotations:

  • Representam o Ativo (bens e direitos) e o Passivo (obrigações e Patrimônio Líquido, formado pelo Capital Social, as reservas e os prejuízos acumulados). Formam o patrimônio da empresa, através do Balanço Patrimonial.
1.3.2 b) Resultado

Annotations:

  • São as Receitas, os Custos e as Despesas do período, que devem ser encerradas no final do exercício para a apuração do resultado, que será acrescentado ao patrimônio através da conta Prejuízos acumulados (resultado negativo) ou Reserva de lucros (resultado positivo). São acontecimentos que modificam a situação líquida da empresa.
2 Métodos de Escrituração
2.1 Método das Partidas Simples

Annotations:

  • Encontra-se em desuso, pois nele se registra apenas as operações realizadas com pessoas, omitindo-se o registro de elementos do patrimônio e do resultado. Os itens do patrimônio são controlados extracontabilmente. Há apenas uma das operações débito ou crédito contabilizadas.
2.2 Método das Partidas Dobradas

Annotations:

  • Em cada lançamento, o valor total lançado nas contas a débito deve ser sempre igual ao total do valor lançado nas contas de crédito.
  • Maneiras que podem ser lançadas: 1 conta débito + várias contas crédito. 1 conta débito + 1 conta crédito. Várias  contas débito + várias contas crédito. Várias contas débito + 1 conta crédito.
2.2.1 Ativo = Passivo + PL
2.2.2 Salvo devedor = Saldo credor
2.2.3 Não há débito sem crédito e vice-versa
3 Débito e Crétido

Annotations:

  • Débito é a aplicação/destino do recurso, enquanto Crédito é a origem do recurso aplicado.
  • Exemplo: quando um contador faz um lançamento a débito em uma conta, significa que o dinheiro, o bem ou serviço destina-se àquela conta. Agora, quando ele faz um lançamento a crédito em uma conta, significa que o dinheiro, o bem ou serviço tem origem naquela conta.
3.1 Debitar

Annotations:

  • Significa anotar na coluna de débito de uma conta, para aumentar o seu valor (bem ou direito), ou para diminuir o seu valor (obrigação).
3.2 Creditar

Annotations:

  • Significa registrar uma importância na coluna de crédito de uma conta, para aumentar seu valor (obrigação), ou para diminuir seu valor (bem ou direito).
3.3 Exemplo prático

Annotations:

  • Uma empresa comprou um terreno no valor de R$ 80.0000,00. Para pagar à vista, foi usado o dinheiro disponível no caixa da empresa. Lançaram o registro da seguinte forma: D - Imóveis (o terreno teve destino na conta em questão, já que faz parte dos imóveis da empresa). C - Caixa (o lançamento teve origem na conta caixa, já que foi pago à vista com o dinheiro da empresa).
4 Livro Razão

Annotations:

  • Por meio dele é possível controlar separadamente o movimento de todas as contas. Esse controle é importante para se conhecer os seus saldos, possibilitando a apuração de resultados e elaborações de demonstrações contábeis. Esse livro contém as contas patrimoniais, compostas por ativo, passivo e PL, e por receitas, despesas e custos.
5 Balancete de Verificação

Annotations:

  • É um demonstrativo contábil que reúne todas as contas em movimento na empresa e seus respectivos saldos (saldos de débito/saldo devedores e saldos de crédito/saldos credores). Através do balancete é possível elaborar outros demonstrativos contábeis importantes, como por exemplo, Demonstrativo do Resultado do Exercício (DRE) e Balanço Patrimonial (BP).
  • Obs.: a soma dos saldos devedores deve ser igual `soma dos saldos credores. Se houver desigualdade, é sinal de que há erros na contabilidade da empresa.

Media attachments