Auditoria

Alynne Saraiva
Mind Map by Alynne Saraiva, updated more than 1 year ago
Alynne Saraiva
Created by Alynne Saraiva about 6 years ago
143
2

Description

Auditoria Governamental Mind Map on Auditoria, created by Alynne Saraiva on 05/03/2014.
Tags

Resource summary

Auditoria
1 Conceitos
1.1 A auditoria compreende o exame de documentos, livros e registros, inspeções e obtenção de informações e confirmações, internas e externas, relacionadas com o controle do patrimônio, objetivando mensurar a exatidão desses registros e das demonstrações contábeis deles decorrentes
1.2 Auditar é testar a eficiência e a eficácia do controle patrimonial, não se limitando aos aspectos contábeis. Por ser uma atividade crítica, traduz-se na emissão de uma opinião sobre as atividades verificadas.
2 Objeto
2.1 Conjunto de todos os elementos de controle do patrimônio administrado, os quais compreendem registros contábeis, papéis, documentos, fichas, arquivos e anotações que comprovem a veracidade dos registros e a legitimidade dos atos da administração, bem como sua sinceridade na defesa dos interesses patrimoniais
3 Auditoria Governamental
3.1 É o conjunto de técnicas que visa avaliar a gestão pública, pelos processos e resultados gerenciais, e a aplicação de recursos públicos por entidades de direito público e privado, mediante a confrontação entre uma situação encontrada com um determinado critério técnico, operacional ou legal.
3.2 objetivo primordial garantir resultados operacionais na gerência da coisa pública.
3.3 engloba todas as esferas de governo – federal, distrital, estadual e municipal – e níveis de poder - Executivo, Legislativo e Judiciário -, e, claro, alcança as pessoas jurídicas de direito privado, caso se utilizem de recursos públicos.
4 Auditoria externa
4.1 Busca conferir credibilidade às demonstrações contábeis, não basta uma opinião interna.
4.2 Não é atribuição do auditor independente garantir a viabilidade futura da entidade ou fornecer qualquer tipo de atestado de eficácia da administração na gestão dos negócios.
4.3 Objetivos gerais do auditor: 1-Obter seguranca razoavel de que as demonstracoes contabeis estão livres de distorcoes relevantes. 2-Expressar sua opiniao sobre se as demonstracoes foram elaboradas conforme a estrutura de relatorio financeiro aplicavel. 3-Apresentar relatorio sobre as demonstracoes contabeis.
4.4 Tem maior credibilidade pois o profissional que executa os registros contabeis o faz com maior atencao e rigor, pelo simples fato de saber que seu trabalho sera examinado e seus erros apontados; Empregados e administradores temem erros e fraudes, na certeza de que estes poderao ser apontados aos poderes superiores; Os titulares do patrimonio, por sua vez, prestam contas, atraves da auditoria, a seus credores e ao fisco.
4.5 O auditor externo trabalha nos pontos mais relevantes, por amostragem, dessa forma, irregularidades podem passar despercebidas pelo auditor, o que não quer dizer que seu trabalho não tenha sido bem feito.
5 Auditoria Interna
5.1 Atividade de avaliação independente dentro da empresa, para verificar as operações e emitir uma opinião sobre elas, sendo considerada como um serviço prestado à administração.
5.2 É executada por profissional ligado à empresa, ou por uma seção própria para esse fim, sempre em linha de dependência da direção empresarial, dando autonomia à auditoria interna.
5.3 Tem como objetivo auxiliar a administração da entidade no cumprimento de seus objetivos. Não tem função de descobrir fraudes.
5.4 é atribuição da Auditoria Interna assessorar a administração da entidade nesse sentido, informando-a, sempre por escrito e de maneira reservada, quaisquer indícios de irregularidades detectadas no decorrer do trabalho
5.5 o relatório da Auditoria Interna deve ser apresentado a quem tenha solicitado o trabalho ou a quem este autorizar, devendo ser preservada a confidencialidade do seu conteúdo.
5.6 Testes
5.6.1 Os testes de observância visam à obtenção de razoável segurança de que os controles internos estabelecidos pela administração estão em efetivo funcionamento
5.6.1.1 Inspeção – verificação de registros, documentos e ativos tangíveis.
5.6.1.2 Observação – acompanhamento de processo ou procedimento quando de sua execução.
5.6.1.3 Investigação e confirmação – obtenção de informações perante pessoas físicas ou jurídicas conhecedoras das transações e das operações, dentro ou fora da entidade.
5.6.2 Os testes substantivos visam à obtenção de evidência quanto à suficiência, exatidão e validade dos dados produzidos pelos sistemas de informação da entidade.
Show full summary Hide full summary

Similar

Auditoria Independente
fslipe
Normas de AuditoriaGovernamental (NAG) - Série 1000 e 2000
Alynne Saraiva
Questões auditoria Externa (independente)
Rafael de Oliveira
Obrigatoriedade de Auditoria Externa
fslipe
Conteúdo Auditoria Exame de suficiência
joaolucasfg
NBC TA 540 Auditoria de Estimativas Contabeis
manacs
Planejamento de Auditorias
fslipe
Risco de Auditoria
fslipe
Linha do tempo histórica do Controle Interno no Estado do Rio Grande do SUL
vanessa voltaire
Normas de Auditoria Governamental (NAG) - Série 4000 (Parte I)
Alynne Saraiva
AUDITORIA INDEPENDENTE
claudiasc87