ISO's e a Ética do Mercado Global

Igor Leandro Rodrigues
Mind Map by Igor Leandro Rodrigues, updated more than 1 year ago
Igor Leandro Rodrigues
Created by Igor Leandro Rodrigues over 3 years ago
11
1

Description

1. Compreender o assunto conservação e a preservação ambiental. 2. Entender os mecanismos de atendimento às exigências legais normativas ou comunitárias. 3. Observar os princípios relacionados à gestão ambiental e à sustentabilidade.

Resource summary

ISO's e a Ética do Mercado Global
1 1- RELATIVIDADE ENTRE ECONOMIA E QUESTÕES AMBIENTAIS **MERCADO GLOBAL**
1.1 A conservação ambiental, ocupa significativa parcela de investimentos e esforços administrativos em vários segmentos da economia.
1.2 Percepção do mercado, quanto ao aumento da competitividade, ocasionada por conta do atendimento às exigências legais normativas
1.3 QUAL O PAPEL DAS EMPRESAS
1.4 Principal dilema quanto a buscar essa nova competitividade: Devo me adaptar, buscando um novo crescimento, e perder o espaço que já conquistei de forma tão árdua ?
1.5 Desenvolvimento Sustentável, se tornou sinônimo de visão, estratégia e sobrevivência nos negócios.
1.6 As atividades de produção dessas empresas, afetam diretamente o futuro da humanidade, como também o futuro da instituição.
1.7 Gerar novos dividendos, melhoria da imagem institucional, aumento da reputação e contribuição da perenidade nos negócios.
1.8 Indispensável na garantia da preservação e conservação do meio ambiente, proporcionando, assim, benefícios relacionados a uma melhoria da qualidade de vida da sociedade
1.9 Atendendo simultaneamente os critérios de relevância social, prudência ecológica, e eficiência econômica.
2 2 - ÉTICA
2.1 Com o movimento ambiental, no início do século 20, surgiram duas facções de pensamentos: CONSERVACIONISTAS E PRESERVACIONISTAS
2.1.1 CONSERVACIONISTAS
2.1.1.1 Procuravam regulamentar o uso humano, focando no uso racional de matéria-prima e bens naturais, concorrendo com o auxílio e manejo criterioso como parte integrante desta mesma natureza e do processo gestor destes recursos.
2.1.2 PRESERVACIONISTAS
2.1.2.1 Procuram eliminar completamente o impacto humano. Defensores de um pensamento onde a natureza deve ser mantida sem nenhuma interferência do homem.
2.1.3 QUAL A DIFERENÇA ENTRE CONSERVAÇÃO E PRESERVAÇÃO ?
2.1.3.1 CONSERVAÇÃO - Geralmente associada com a proteção dos recursos naturais
2.1.3.2 PRESERVAÇÃO - associada à proteção de edifícios, objetos e paisagens
2.1.3.3 Em conjunto, conservação visa a utilização adequada da natureza, enquanto preservação busca proteção da natureza do uso.
3 3- ISO
3.1 Organização de Entidades não governamentais e maior desenvolvedora de normas internacionais
3.2 Fundada em 23 de fevereiro de 1947
3.3 Conta com mais de 160 países e representa 98% de toda produção industrial do planeta
3.4 Objetivo principal, criar normas internacionais que representam o consenso entre diferentes países, sobre procedimentos operacionais e utilização de matéria prima
3.5 Portfólio com mais de 19500 normas que fornecem ferramentas para as 3 dimensões do D.S.; Essas normas servem de base técnica para normas ambientais.
3.6 Recursos vitais como: Qualidade, ecologia, segurança, compatibilidade, economia, confiabilidade, interoperabilidade, conformidade, eficiência e eficácia
3.7 Desenvolvimento dos padrões: Especialistas provenientes das industrias, setores técnicos, negócios, representantes de agências governamentais, laboratórios de ensaio, associações de consumidores e partes não governa. interessadas.
3.8 4 - FAMÍLIA ISO 14000
3.8.1 Normas de gestão ambiental, que podem ser implantadas em diversas organizações, privadas e públicas.
3.8.2 Podem ser utilizadas separadamente, para alcançar metas organizacionais
3.8.2.1 Redução de consumo de matéria prima/recursos naturais
3.8.2.2 Redução do consumo energético;
3.8.2.3 Melhoria da eficiência do processo;
3.8.2.4 Redução da geração de resíduos e eliminação custos;
3.8.2.5 Utilização de recursos provenientes de reciclagem.
3.8.3 5 - ISO 14001
3.8.3.1 Publicada como um padrão em 1996 e atualizada em 2004, especifica os requisitos reais de um sistema de gestão ambiental.
3.8.3.2 Implementar, manter e melhorar um SGA
3.8.3.3 Assegurar-se de sua conformidade com uma política ambiental préestabelecida
3.8.3.4 Demonstrar compliance, garantindo a conformidade com as leis e regulamentos ambientais.
3.8.3.5 Buscar a certificação do seu SGA por um organismo de certificação externo autorizado.
3.8.3.6 ISO 14004 fornece orientações sobre o desenvolvimento e implementação de um SGA
3.8.3.7 ISO 14010 fornece princípios gerais de auditoria ambiental (agora suplantado pelo ISO 19011);
3.8.3.8 ISO 14011 fornece orientações específicas sobre a auditoria de um sistema de gestão ambiental (também substituído);
3.8.3.9 ISO 14012 fornece orientações sobre critérios de qualificação para auditores e auditores líderes (também substituído);
3.8.3.10 ISO 14013/5 fornece uma auditoria revisão do programa e material de avaliação;
3.8.3.11 ISO 14020+ abrange questões de rotulagem;
3.8.3.12 ISO 14030+ fornece orientação sobre metas e acompanhamento de desempenho dentro de um SGA;
3.8.3.13 ISO 14040+ abrange questões do ciclo de vida;
3.9 Monitoram aspectos como: Qualidade da água, ar, solo, ruído, radiação e controle de transporte de mercadorias perigosas.
Show full summary Hide full summary

Similar

Política Nacional do Meio Ambiente _ CONAMA
Ana Carolina
KEE1
harrym
ART NOUVEAU
Britknee52
GRE Word of the Day
SAT Prep Group
AS-Level Chemistry: Unit 1:The Atom
Daena Targaryen
IB SL Biology: Cell Division
mcgowan-w-10
Human Reproduction (IGCSE Biology)
Emily Woods
OCR AS Biology
joshbrown3397
Compensation and Benefits PHR Study Guide
Cari Hawthorne
PSBD TEST 1
Mwebaze Green