Hiperplasia prostática benígna

Peixoto Filho
Mind Map by Peixoto Filho, updated more than 1 year ago
Peixoto Filho
Created by Peixoto Filho about 4 years ago
18
0

Description

Explicação geral sobre Hiperplasia Prostática benígna

Resource summary

Hiperplasia prostática benígna
1 anatomia
1.1 Uretra
1.1.1 Vesical
1.1.2 Prostática
1.1.3 Membranácea
1.1.4 Esponjosa
1.2 Próstata
1.2.1 Zonas
1.2.1.1 Periférica
1.2.1.1.1 Câncer
1.2.1.2 Central
1.2.1.2.1 Lobo mediano
1.2.1.3 Transição
1.2.1.3.1 HPB
2 Epidemiologia
2.1 Associação
2.1.1 Genética/Familiar
2.1.2 S. metabólica
2.1.3 Obesidade
3 Anatomofísiopatologia
3.1 Próstata
3.1.1 androgênios
3.1.1.1 + Proliferação
3.1.1.2 - apoptose
3.2 M. detrusor
3.2.1 Hipertrofia compensatória
3.2.1.1 Sintomas de armazenamento
3.2.1.1.1 Nictúria
3.2.1.1.2 Urgência
3.2.1.1.3 Polaciúria
3.2.1.2 Remodelamento
3.2.1.2.1 Trabeculações de colágeno
3.2.1.2.1.1 Sintomas de esvaziamento
3.2.1.2.1.1.1 Sensação de esvaziamento incompleto
3.2.1.2.1.1.2 Jato Fino
3.2.1.2.1.1.3 Hesitação
3.2.1.2.1.1.4 Jato intermitente
4 Exame Físico
4.1 Palpação abdominal
4.1.1 Descartar bexigoma
4.2 Toque Retal
4.2.1 Descartar C.A. de Próstata
4.2.1.1 Pétrea
4.2.2 Maior que 2 polpas digitais
4.2.2.1 Reforça HPB
5 Exames Complementares
5.1 Sumário de Urina
5.1.1 Descartar infecção
5.2 PSA
5.2.1 Descartar C.A. de Próstata
5.2.1.1 HPB
5.2.1.1.1 0,3 ng/g de próstata
5.2.1.2 Câncer
5.2.1.2.1 3 ng/g de póstata
5.3 Ultrassonografia
5.3.1 Bexiga
5.3.1.1 avaliar resíduo miccional
5.3.1.1.1 Se aumentado reforça
5.3.1.2 Espessura da parede
5.3.1.2.1 Se aumentada Reforça
5.3.1.3 Presença de cálculos
5.3.1.3.1 Complicação
5.3.1.4 Presença de Divertículos
5.3.2 Próstata
5.3.2.1 Tamanaho
5.3.2.2 Lobo mediano
5.3.2.2.1 HPB de zona Central
5.3.2.2.1.1 Refratário ao tratamento Clínico
5.4 Fluxometria
5.4.1 <15 ml/s reforça
5.5 Urodinâmica (padrão ouro)
5.5.1 Avalia
5.5.1.1 Pressão Intravesical
5.5.1.2 Pressão Intrabdominal
5.5.1.3 Pressão do M. Detrusor
5.5.2 Resultador que reforçam
5.5.2.1 fluxo < 15ml/s + Contração detrusora
5.5.2.1.1 Boa resposta ao tratamento
5.5.2.2 Fluxo <15ml/s + ausenia de Pressao detrusora
5.5.2.2.1 esvaziamento dependende de sonda
5.6 Uretrocistografia retrógrada
5.6.1 Descartar estenose de uretra
6 Compkicações
6.1 Hematúria Macro
6.2 ITU de repetição
6.3 Litíase Vesical
6.4 I. Renal pós renal
6.5 Retenção Urinária
7 Tratamento
7.1 Se IPSS 0-7
7.1.1 Reduzir ingestão hídrica a noite
7.1.2 Reduzir consumo de Álcool
7.2 IPSS > 7
7.2.1 1ª Escolha
7.2.1.1 Antagonista alfa1
7.2.1.1.1 Efeitos colaterais

Annotations:

  • Ejaculação retrógrada Hipotensão
7.2.1.1.2 Prazosin
7.2.2 Associaão
7.2.2.1 Inibidor da 5alfa redutase
7.2.2.1.1 finasterida
7.2.2.1.2 Cuidado com

Annotations:

  • Disfunção erétil irreversível
7.2.3 Inibidor da PDE 5
7.2.3.1 Tadalafila
7.2.4 antimuscarínico
7.3 avaliação clínica via tabelta de IPSS
7.4 Indicação cirúrgica
7.4.1 DRC
7.4.2 Hematúria
7.4.3 Retenção urinária refratária
7.4.4 Cálculo intravesical
7.4.5 ITU recorrente
7.4.6 qual técnica?
7.4.6.1 Ressecção endoscópica

Annotations:

  • Risco de hemólise ao utilizar RTU unipolar, pois será usado água destilada pela sonda.
7.4.6.1.1 Próstata <80
7.4.6.2 Prostatectomia aberta
7.4.6.2.1 Cálculo intravesical > 1cm
7.4.6.2.2 próstata > 80g
7.4.6.2.3 Divertículo > 7cm
7.4.6.2.4 Anquilose de quadril
Show full summary Hide full summary

Similar

Sistema Cardiovascular: Artérias, Veias e Capilares
Natália Abitbol
Anatomia: sistema esquelético I
Natália Abitbol
Anatomia Artérias
Filipe Brito
Regras NBRs
Maria Clara Oliveira
Processo de Cicatrização
Letícia Silva
SIMULADO - Casos Clínicos
Rodrigo Gouvea
Anatomia membro inferior - Ossos, acidentes e movimentos
vitorstoco
AVALIAÇÃO TEÓRICA 13 DE MARÇO
Residencia CM HBDF
DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO
Vanessa Palauro
DOENÇA MENTAL E TRATAMENTO -Texto 16
eleuterapara
Escala de Coma de Glasgow
Vanessa Palauro