Psicologia das Emergências e dos desastres - Horácio Toro Ocampo - I

Rita Cássia
Mind Map by Rita Cássia, updated more than 1 year ago
Rita Cássia
Created by Rita Cássia almost 4 years ago
5
1

Description

Mind Map on Psicologia das Emergências e dos desastres - Horácio Toro Ocampo - I, created by Rita Cássia on 10/06/2016.

Resource summary

Psicologia das Emergências e dos desastres - Horácio Toro Ocampo - I
1 Importância de trabalhar na prevenção, especialmente preparar as comunidades
2 CONCEITO DE DESASTRES: são eventos extraordinários, que originam destruição de bens materiais e pdoem ter como resultados mortes, lesões físicas e sofrimento humano.
3 DESASTRES PODEM SER: lentos ou repentinos, naturais ou produzidos pelo homem.
4 FASES DOS DESASTRES: PRÉ-IMPACTO: precede ao desastre. Ameaça, advertência ou alerta. IMPACTO: momento em que são atingidos pelo fenômeno. PÓS-IMPACTO: começa depois de ocorrido o desastre.
5 TIPOS DE ATINGIDOS:
5.1 PESSOAS QUE POSSUEM VIVENCIAS PRÉVIAS: consideram os episódios habituais, não têm medo.
5.1.1 PESSOAS COM ANTECEDENTES DE ENFERMIDADES MENTAIS: precisam estar preparados para as suas reações.
5.1.1.1 PESSOAS QUE SOFREM ALGUMA ENFERMIDADE: problemas de coração ou pneumológicos, etc.
5.1.1.1.1 PESSOAS QUE PRECISAM DE HABILIDADE PARA SOLUCIONAR PROBLEMAS: população incapacitada física, mental e sensorialmente.
5.1.1.1.1.1 IDOSOS E CRIANÇAS: atuam de diferentes maneiras. Crianças, algumas vezes, reagem melhor que adultos.
5.1.1.1.2 PESSOAS QUE CONTAM COM APOIO SOCIAL E PSICOLÓGICO: aqueles que já possuem apoio reagem de forma diferente daqueles que não os tem.
6 PESSOAS QUE TRABALHAM COM DESASTRES precisam de duplo treinamento, primeiro, porque precisam de equilíbrio, depois porque precisam de interação com as pessoas.
7 FATORES DE RISCO: número de mortos, dimensão da destruição, intensidade do desastre, centralidade da comunidade, duração, rapidez, grau de previsibilidade, periodicidade, falta de costume.
8 RESPOSTAS PSICOLÓGICAS DOS ATINGIDOS: 1ª fase: ESTADO DE CHOQUE - 2ª fase: ESTADO DE DUALIDADE - DOÇURA X ANGÚSTIA - 3ª fase: ESTADO DE EUFORIA
9 MANIFESTAÇÕES PSICOLÓGICAS NOS DESASTRES: Vivenciar uma enchente não é vivenciar um terremoto. DIFERENÇAS DE PERSONALIDADE: há geralmente a negação do perigo. EXPERIÊNCIA DURANTE O IMPACTO: depende se o fenômeno é duradouro ou transitório. CONSEQUÊNCIAS: trabalhar com pessoas que sofreram luto, morte, precisa de preparação. Pessoas expostas a um grande números de cadáveres precisa de um trabalho psicológico diferente.
Show full summary Hide full summary

Similar

FCE Practice Quiz - B2
miminoma
English Language Techniques
lewis001
PSBD TEST # 3_1_1
yog thapa
1PR101 2.test - Část 19.
Nikola Truong
Educación y El Mercado de Trabajo
tania suchite
Mapa Conceptual Comportamientos
kariina jaime
Gestión de capital humano por Michelle Diaz Zacarias
Michelle Diaz
3. REDIFINICIÓN DEL QUIEBRE
Stefany De la cruz
Clasificación de las Tesis
Stephanie cobeña
SISTEMA DIGESTIVO
nicole dominguez
TEST SOBRE LOS CONOCIMIENTOS BÁSICOS EN TICS
Juan Villegas