REVISÃO PROVA

DEOMAR SANTOS
Mind Map by DEOMAR SANTOS, updated more than 1 year ago
DEOMAR SANTOS
Created by DEOMAR SANTOS almost 4 years ago
5623
0

Description

Atividade de fixação

Resource summary

REVISÃO PROVA
1 UNIDADE III
1.1 Sustentabilidade
1.1.1 O tema da sustentabilidade nasce como um contraconceito, na medida em que funciona como antítese do conceito de insustentabilidade, elaborado a partir da constatação da falência dos modelos econômicos vigentes na preservação dos recursos naturais essenciais para a manutenção da vida humana. • A definição clássica de desenvolvimento sustentável foi proposta pela Comissão Mundial sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, da Organização das Nações Unidas, representando aquele desenvolvimento que “[...] atende às necessidades do presente sem comprometer a possibilidade de as gerações futuras atenderem a suas próprias necessidades.” (ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS, 1991, p. 46).
1.1.1.1 A economia solidária consiste em um novo modelo econômico. Nele, o trabalho assume caráter distintivo, em detrimento do antigo paradigma da obtenção irrestrita do lucro. • Na economia solidária, as empresas são autogestionárias, ou seja, sua gestão é compartilhada entre os sócios. Os ganhos de todos são decididos em assembleia, podendo haver repartição igual ou desigual, sempre pautadas em critérios discutidos entre os sócios.
1.1.1.1.1 A compreensão dos temas da sustentabilidade e da economia solidária ampliará as possibilidades de nossa atuação profissional. Por um lado, nos fará mais conscientes com relação às questões sociais e ambientais e, por outro, abrirá um imenso leque de possibilidades para organizar a economia, sobretudo a partir dos paradigmas da autogestão e da repartição dos ganhos.
2 UNIDADE I
2.1 Relação do homem com o trabalho
2.1.1 O trabalho é a forma como o homem transforma a natureza, a fim de adaptá-la às suas necessidades. Por um lado, a natureza oferece ao homem “produtos naturais”. Por outro, com aqueles, e por meio do trabalho, o homem produz os “produtos humanos”. • O trabalho é a apropriação consciente e direcionada a uma finalidade, por meio de um projeto, da natureza. A consciência, no homem, determina a extrapolação da reação meramente instintiva. Por meio da consciência, o homem age sobre a natureza com intencionalidade.
2.1.1.1 Ao organizar o trabalho, o homem reinventa os modos de ser/estar com os demais homens, fundando a cultura, a sociedade e as suas instituições. Cada período histórico confeccionou seus próprios modos de produção do trabalho, alterando, a cada momento, e radicalmente, as relações entre os homens. • Os séculos XIX e XX representaram momentos determinantes para a mudança dos rumos das sociedades. O modo de produção em série e o modo de produção em massa, taylorista e fordista, respectivamente, alteraram substancialmente a forma de vida das pessoas.
3 UNIDADE II
3.1 Cidadania e Responsabilidade Social
3.1.1 Para compreender a evolução histórica do conceito de cidadania, é preciso retornar aos tempos da Grécia arcaica e analisá-la sob a ótica dos movimentos contemporâneos. Para entender a noção de cidadania vigente nos séculos V e IV a.C., é preciso avaliar como Atenas e Esparta, as mais relevantes cidades gregas, traçaram os paradigmas da participação cidadã.
3.1.1.1 A modernidade representou, para a história universal, um período de profundas transformações em todos os âmbitos da vida humana: nas ciências, na economia, na política, etc. Os séculos XVII e XVIII figuram entre os mais importantes da história do homem. Nesse período, o filósofo inglês John Locke lançou as bases do pensamento do liberalismo, reconfigurando o con
3.1.1.1.1 A noção contemporânea de cidadania, de acordo com a Sociologia, está assentada na ideia de direitos civis, políticos e sociais. A análise da cidadania demanda a compreensão de suas relações com os modernos mecanismos comunicacionais, na medida em que estes estreitaram as distâncias entre as entidades políticas e o cidadão comum e impactam diretamente no exercício da profissão.
4 UNIDADE IV
4.1 Tecnologia x Humanidade
4.1.1 A diversidade é um dos elementos constituintes das sociedades contemporâneas e pressupõe a possibilidade da existência de inúmeros modos de ser e estar no mundo. Por essa razão, possui fundamento na diferença. • Os movimentos minoritários de luta pela diversidade não ignoram as recentes lutas dos movimentos pela igualdade. Ao contrário, buscam legitimar o direito à diferença no interior do direito à igualdade.
4.1.1.1 A pós-modernidade pode ser conceituada a partir de duas abordagens distintas: a primeira está relacionada ao período cronológico iniciado na segunda metade do século XX; a segunda diz respeito às características que marcam a distinção entre os principais elementos do período moderno e da pós-modernidade. • Uma das principais características da pós-modernidade é sua rejeição aos discursos totalizantes e universalizantes, denominados “metanarrativas”. • A rejeição aos discursos universalizantes pressupõe a aceitação da condição efêmera e transitória da atualidade, pautada na lógica do fast e do imediatismo.
4.1.1.1.1 A composição do homem contemporâneo está estritamente relacionada aos avanços dos dispositivos tecnológicos, constituinte quase “orgânico” da essência humana. Por decorrência, a subjetividade contemporânea se constrói a partir dos pressupostos dos valores da sociedade tecnocrática. • Os avanços tecnológicos reconfiguraram substancialmente os modos de produção do trabalho. Alguns dos impactos do desenvolvimento tecnológico no mundo do trabalho são: surgimento de novos modelos produtivos, aumento da flexibilização organizacional, crescimento das taxas de desemprego, entre outros.
4.1.1.1.1.1 A compreensão dos impactos das tecnologias na composição das subjetividades e na composição de novos modos de produção do trabalho contribui substancialmente para a compreensão dos dias atuais, permitindo a ação consciente e ética com relação a situações-problemas oriundas do cotidiano profissional e pessoal.
Show full summary Hide full summary

Similar

Quiz sobre Tecnologia no Ensino
camilafragoso
Tecnologia e Administração
Erika Lots
Tecnologia na Educação
Alessandra S.
13 motivos para usar Tecnologia na Educação
Alessandra S.
10 DICAS SOBRE TECNOLOGIA EDUCATIVA
Cristinamba
Mapa Mental de Revisão de Algoritmos e Programação I
José Toniazzo
Games e jogos educativos.
Míria Santanna
Inteligencia Artificial
Alceu Bernardino
Interação, Interatividade, tecnologias interativas e redução de distâncias em cursos on-line
Ítalo Rangel
Novas Tecnologias aplicadas a Engenharia Civil
brunna-cm