Tipologia Textual

margabds
Mind Map by , created over 5 years ago

Concurso CEF (Português) Mind Map on Tipologia Textual, created by margabds on 03/24/2014.

45
2
0
Tags
margabds
Created by margabds over 5 years ago
Resumo para o exame nacional - Fernando Pessoa Ortónimo, Alberto Caeiro , Ricardo Reis e Álvaro Campos
marisacampos.ave
ACENTUAÇÃO GRÁFICA
Viviana Veloso
Figuras de linguagem
Roberta Souza
Using GoConqr to learn German
Sarah Egan
Cloud Data Integration Specialist Certification
James McLean
Tipologia Textual
Camila Ribeiro1016
Estudo do verbo
Ludmyla Nakamura
FONOLOGIA estudo dos sons
Viviana Veloso
GRAMÁTICA da LÍNGUA PORTUGUESA
Viviana Veloso
SUBSTANTIVOS
Viviana Veloso
Tipologia Textual
1 Texto literário
1.1 O que expressa?
1.1.1 Opinião pessoal do autor
1.2 Meios utilizados para transmitir?
1.2.1 Figuras
1.2.2 Impregnado de subjetivismo
1.3 Predomina a Conotação
1.4 Exemplos
1.4.1 Romance
1.4.2 Conto
1.4.3 Poesia
2 Texto NÃO literário
2.1 O que expressa?
2.1.1 Transmite uma mensagem de forma clara, objetiva
2.1.1.1 Informativa
2.1.1.2 com sentido REAL
2.2 Predomina a Denotação
3 Tipos de composição
4 Descrição
4.1 O que é?
4.1.1 Descrever é representar verbalmente
4.1.1.1 O que?
4.1.1.1.1 Uma pessoa
4.1.1.1.2 Um objeto
4.1.1.1.3 Um lugar
4.2 Como?
4.2.1 Mediante
4.2.1.1 a indicação de aspectos característicos
4.2.1.2 de pormenores individualizantes
4.3 O que requer?
4.3.1 Observação cuidadosa
4.3.1.1 para tornar aquilo que vai ser descrito como um modelo inconfundível
4.3.2 Captação de traços capazes de de transmitir uma impressão autêntica
4.3.2.1 Não se trata de enumerar uma série de elementos
4.4 Tipo de palavras?
4.4.1 Específicas
4.4.2 Exatas
5 Narração
5.1 O que é?
5.1.1 É um relato organizado de acontecimentos
5.2 Acontecimentos de que tipo?
5.2.1 Reais
5.2.2 Imaginários
5.3 Quais seus elementos constitutivos?
5.3.1 Personagens
5.3.2 Circunstâncias
5.3.3 Ação
5.4 Quem é seu núcleo?
5.4.1 O incidente
5.4.2 o Episódio
5.5 O que o distingue da Descrição?
5.5.1 a presença de personagens atuantes
5.5.1.1 Quase sempre em conflito
5.6 Elementos envolvidos
5.6.1 Quem?
5.6.1.1 Personagem
5.6.2 Quê?
5.6.2.1 Fatos
5.6.2.2 Enredo
5.6.3 Quando?
5.6.3.1 A época em que ocorreram os acontecimentos
5.6.4 Onde?
5.6.4.1 O lugar da ocorrência
5.6.5 Como?
5.6.5.1 O modo como se desenvolveram os aontecimentos
5.6.6 Por quê?
5.6.6.1 A causa dos acontecimentos
5.7 Tipos de Narração
5.7.1 Romance
5.7.1.1 O que é?
5.7.1.1.1 É uma narrativa sobre um acontecimento ficcional
5.7.1.2 O que são representados?
5.7.1.2.1 aspectos da vida
5.7.1.2.1.1 pessoal
5.7.1.2.1.2 familiar
5.7.1.2.1.3 ou social
5.7.1.2.1.4 De quem?
5.7.1.2.1.4.1 de uma ou várias personagens
5.7.1.3 Gira em torno de que?
5.7.1.3.1 vários conflitos
5.7.1.3.1.1 sendo
5.7.1.3.1.1.1 um principal
5.7.1.3.1.1.2 e os demais secundários
5.7.1.3.2 formando assim o enredo.
5.7.2 Novela
5.7.2.1 o desenrolar do enredo acontece numa sequência temporal bem marcada.
5.7.2.2 Qual o objetivo?
5.7.2.2.1 Atualmente, a novela televisiva tem o objetivo de nos entreter
5.7.2.2.2 bem como de nos seduzir com o desenrolar dos acontecimentos
5.7.2.2.2.1 pois a maioria foca assuntos relacionados à vida cotidiana.
5.7.2.3 comporta vários personagens
5.7.3 Conto
5.7.3.1 O que é?
5.7.3.1.1 É uma narrativa mais curta, densa, com poucos personagens
5.7.3.2 O que apresenta?
5.7.3.2.1 apresenta um só conflito
5.7.3.2.1.1 sendo que o espaço e o tempo são reduzidos.
5.7.4 Crônica
5.7.4.1 O que é?
5.7.4.1.1 Também fazendo parte do gênero literário, a crônica é um texto mais informal
5.7.4.2 Trabalha aspectos da vida cotidiana
5.7.4.3 muitas vezes num tom muito “sutil” o cronista faz uma espécie de denúncia contra os problemas sociais
5.7.4.3.1 através do poder da linguagem
5.7.5 Fábula
5.7.5.1 O que é?
5.7.5.1.1 Geralmente composta por personagens
5.7.5.1.1.1 representados na figura de animais
5.7.5.2 é de caráter pedagógico
5.7.5.2.1 pois transmite noções de cunho moral e ético.
5.7.5.3 Apólogo
5.7.5.3.1 Quando são representadas por personagens inanimados, recebe o nome de
5.7.5.3.1.1 mas a intenção é a mesma da fábula.
5.7.6 Depoimentos
5.7.7 Piadas
5.7.8 Relatos
5.8 Tipos de Narrador
5.8.1 O narrador-onisciente
5.8.1.1 conta a história em 3ª pessoa e, às vezes, permite certas intromissões narrando em 1ª pessoa.
5.8.1.2 Ele conhece tudo sobre os personagens e sobre o enredo, sabe o que passa no íntimo das personagens
5.8.1.3 O que o diferencia do narrador-observador?
5.8.1.3.1 Narrador onisciente
5.8.1.3.1.1 é aquele que sabe os sentimentos das personagens(sabe de tudo)
5.8.1.3.2 narrado observador
5.8.1.3.2.1 so fala os fatos!
5.8.2 Narrador-personagem
5.8.2.1 conta na 1ª pessoa a história
5.8.2.1.1 da qual participa também como personagem.
5.8.2.2 Ele tem uma relação íntima com os outros elementos da narrativa.
5.8.2.3 Características
5.8.2.3.1 Sua maneira de contar é fortemente marcada por
5.8.2.3.1.1 características subjetivas
5.8.2.3.1.2 emocionais
5.8.2.4 Proximidade com o mundo narrado
5.8.2.4.1 faz com que a narrativa seja parcial, impregnada pelo ponto de vista do narrador.
5.8.2.4.2 revela fatos e situações que um narrador de fora não poderia conhecer
5.8.3 Narrador-observador
5.8.3.1 apresenta os fatos e os personagens com imparcialidade.
5.8.3.2 conta a história do lado de fora, na 3ª pessoa
5.8.3.2.1 sem participar das ações
5.8.3.3 Ele conhece todos os fatos e, por não participar deles, narra com certa neutralidade
5.8.3.4 Não tem conhecimento íntimo dos personagens nem das ações vivenciadas.
6 Dissertação?
6.1 O que é?
6.1.1 Dissertar é apresentar idéias, analisá-las
6.1.2 É estabelecer um ponto de vista
6.1.2.1 baseado em argumentos lógicos
6.1.3 É estabelecer relações entre causa e efeito
6.2 Como?
6.2.1 É necessário
6.2.1.1 Narrar
6.2.1.2 Explicar
6.2.2 Não basta expor, narrar ou descrever
6.3 O que requer?
6.3.1 O raciocínio que deve imperar nesse tipo de composição
6.3.2 Quanto maior a fundamentação argumentativa
6.3.2.1 mais brilhante será o desempenho
7 Texto argumentativo
7.1 Esse texto tem a função de persuadir o leitor, convencendo-o de aceitar uma ideia imposta pelo texto. É o tipo textual mais presente em manifestos e cartas abertas, e quando também mostra fatos para embasar a argumentação, se torna um texto dissertativo-argumentativo.
7.2 Esta tipologia apresenta: uma Introdução (tese); argumentos (desenvolvimento); conclusão (o que da aprova os argumentos)[necessário esclarecer].
8 Texto injuntivo/instrucional
8.1 Indica como realizar uma ação. Também é utilizado para predizer acontecimentos e comportamentos. Utiliza linguagem objetiva e simples. Os verbos são, na sua maioria, empregados no modo imperativo, porém nota-se também o uso do infinitivo e o uso do futuro do presente do modo indicativo. Ex: Previsões do tempo, receitas culinárias, manuais, leis, bula de remédio, convenções, regras e eventos.
8.2 é o tipo de texto que leva o leitor a mais que uma simples informação. Instrui o leitor! Não é o texto que argumenta, que narra, que debate, mas que leva o leitor a determinada orientação transformadora. O texto injuntivo-instrucional pode ter o poder de transformar o comportamento do leitor. Para facilitar mais sua compreensão, eis alguns exemplos bem simples de textos injuntivos: • Uma receita de bolo que sua avó passa à sua mãe. • Uma bula de remédio. • Um manual de instrução que você recebe quando adquire um eletroeletrônico. • Determinados capítulos de um livro de auto-ajuda Texto Injuntivo: qualquer texto que tenha a finalidade de instruir o leitor (interlocutor). Por esse motivo, sua estrutura se caracteriza por verbos no imperativo: ordenando ou sugerindo. O Texto injuntivos Têm como objetivo controlar o comportamento do destinatário – são textos que incitam á ação, impõem regras ou fornecem instruções e indicações para a realização de um trabalho ou a utilização correta d
9 TEXTO CONVERSACIONAL
9.1 Exemplos
9.1.1 - Diálogo em presença
9.1.2 - Conversa telefónica
9.1.3 - Entrevistas
9.1.4 - Discussões/debates
9.2 Como são produzidos?
9.2.1 por, pelo menos, 2 interlocutores
9.2.1.1 que alternam o uso da palavra
9.2.1.1.1 numa situação de diálogo.
9.2.1.2 Ambos colaboram na comunicação
9.2.1.2.1 tirando conclusões sobre
9.2.1.2.1.1 o nível cultural
9.2.1.2.1.2 e a competência comunicativa de cada um.

Media attachments