A PRÁTICA DA CARIDADE COMO AÇÃO DESOBSESSIVA

Antonio  GNeto
Mind Map by Antonio GNeto, updated more than 1 year ago
Antonio  GNeto
Created by Antonio GNeto over 4 years ago
316
1

Description

Seminário

Resource summary

A PRÁTICA DA CARIDADE COMO AÇÃO DESOBSESSIVA
  1. PRÁTICAS CONTRÁRIAS
    1. Egoísmo
      1. Orgulho
        1. Consequências
          1. Sintonia Entre Perseguido/r
            1. Demonstra o atraso moral em que a maioria da humanidade ainda se encontra
          2. Cerram-se os olhos às necessidades alheias
          3. CRESCIMENTO ESPIRITUAL
            1. CARIDADE
              1. Material
                1. Socorrer a fome, agasalhar o desabrigado
                2. Moral
                  1. Esclarecimento espiritual, aconselhamento para bem
                3. HUMILDADE
                  1. “Amarás o Senhor teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu espírito. Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Toda a lei e os profetas se acham contidos nesses dois mandamentos.” ( S. MATEUS, cap XXII, vv. 34 a 40)
                  2. Prática do bem pela vivência da caridade e humildade
                  3. PARA JESUS CARIDADE É:

                    Annotations:

                    • L.E.   Q. 886
                    1. BENEVOLÊNCIA
                      1. INDULGÊNCIA
                        1. PERDÃO
                          1. Esquecer as ofensas de forma incondicional. No livro " Pensamento e Vida " Emmanuel afirma : " Enfrentar a crueldade com armas semelhantes seria perpetuar o ódio e a desregrada ambição no mundo. [ ... ] O bem é o único dissolvente do mal, em todos os setores, revelando forças diferentes.
                          2. Quando toleramos as ações ou imperfeições dos outros. Por que ser indulgente? Porque também somos imperfeitos, negligenciamos vez ou outra a boa conduta. Disse Jesus: " Atire a primeira pedra quem não tem pecado." Ser indulgente não é ser conivente com os erro alheios, mas é prestar o auxílio necessário ao irmão para que ele não permaneça no erro, pois o mal é transitório.
                          3. Disposição favorável para c/ o próximo, tais como a cordialidade, benignidade. Benévolo é quem distribui afeto, amizade, fraternidade e respeito. Para Emmanuel:" Benévolo é quem distribui alegria, bom ânimo e esperança em benefício do próximo."
                        Show full summary Hide full summary

                        Similar

                        Sem medo de Ser Feliz - 27-10-2015
                        André Marchioro
                        A Verdadeira Propriedade
                        Carlos Patricio
                        Aula 01 - Avaliação
                        Ulisses Pereira de Araújo
                        Fenômenos Psíquicos (da alma, do espírito) são estudados pela...
                        Leonardo Rocha
                        O cerebro triuno
                        Sanderly Silva
                        Inácio Ferreira
                        Ernesto Jr
                        Dos Elementos Gerais do Universos
                        juliooc
                        AULA- FAMÍLIA
                        nathalia souza
                        MECAP -aula1 2020
                        Eglen Dias
                        AULA 21-FAMÍLIA
                        nathalia souza