Vestibulinho Etec 4

gabirocha542
Mind Map by , created over 5 years ago

Mind Map on Vestibulinho Etec 4, created by gabirocha542 on 05/31/2014.

418
1
0
Tags No tags specified
gabirocha542
Created by gabirocha542 over 5 years ago
untitled 2
lola_smily
SalesForce ADM 201 Study Quiz
Kristin Bunn
1PR101 2.test - Část 12.
Nikola Truong
Core 1.10 Polymers (Plastics)
T Andrews
(YOUR EVENT)
Shelby Smith
OCR AS Biology - Enzymes
Chris Osmundse
Geography - Population
bohcass
Chemistry (C1)
Phobae-Cat Doobi
Business Studies GCSE
phil.ianson666
AQA Biology B2 Unit 2.1 - Cells Tissues and Organs
BeccaElaine
Vestibulinho Etec 4
1 QUIMICA
1.1 As proximidades dos rios costumam ser excelentes locais para a instalação de indústrias, pois os rios favorecem o escoamento da produção. À beira do Reno, em1865 na Alemanha, instalou-se uma importante empresa que até hoje atua no mercado mundial e produz soda e anilina. A anilina (cuja fórmula molecular é C 6 H 7 N) é matéria-prima utilizada para a obtenção de corantes, como os utilizados na indústria alimentícia.
1.1.1 14 átomos.
1.1.1.1 A molécula de anilina (C6H7N) é formada por 3 elementos químicos (Carbono, Hidrogênio e Nitrogênio). Sendo 6 átomos de carbono, 7 átomos de hidrogênio e 1 átomo de nitrogênio. Sendo assim, há na molécula 6+7+1=14 átomos.
2 MATEMATICA
2.1 Um grupo de amigos, em visita a Aracaju, alugou um carro por dois dias. A locação do carro foi feita nas seguintes condições: R$ 40,00 por dia e R$ 0,45 por quilômetro rodado. No primeiro dia, saíram de Aracaju e rodaram 68 km para chegar à Praia do Saco, no sul de Sergipe. No segundo dia, também partiram de Aracaju e foram até Pirambu, no norte do estado, para conhecer o Projeto Tamar. Por uma questão de controle de gastos, o grupo de amigos restringiu o uso do carro apenas para ir e voltar desses lugares ao hotel onde estavam hospedados em Aracaju, fazendo exatamente o mesmo percurso de ida e volta. Nas condições dadas, sabendo que foram pagos R$ 171,80 pela locação do carro, então o número de quilômetros percorrido para ir do hotel em Aracaju a Pirambu
2.1.1 Podemos iniciar este exercício subtraindo o valor gasto com as diárias, já que parte do gasto foi devido à diária do carro e parte devido à quilometragem rodada. Sendo assim, temos: 40,00+40,00=80,00 Este foi o valor gasto com as diárias e o valor gasto com a quilometragem é dado pelo valor total gasto menos os gastos com diárias: 171,80−80,00=91,80 Sendo assim, os amigos gastaram R$91,80 com quilometragem. Sabendo-se que a empresa cobrou R$0,45 por quilômetro rodado então: 91,80÷0,45=204 Podemos dizer que os amigos percorreram um total de 204Km, sendo 68Km para chegar à praia do Sal e mais 68Km para voltar. Podemos então calcular a quilometragem gasta no segundo dia: 204−(68+68)=204−136=68 Sendo assim, os amigos percorreram 68km no segundo dia. Metade desta distância foi gasta para ir até Pirambu e a outra metade para voltar. Então a distância para ir até Pirambu é: 68÷2=34
2.2 O trekking é uma atividade do turismo de aventura que consiste em uma caminhada por ambientes naturais. Ao realizar um trekking por uma trilha estreita à beira de um abismo, um grupo de cinco amigos decidiu, por segurança, andar em fila indiana. Nessa fila, os amigos se distribuíram da seguinte forma: - Isabela estava à frente de Marcos e de Carol; - Carol estava à frente de Álvaro; - Vera estava à frente de Isabela, e - Álvaro não era o último da fila. Assim sendo, a pessoa que ocupou a posição central na fila foi
2.2.1 Esquematicamente podemos reescrever as frases acima como: i.Isabela⇒Marcos+Carol ii.Carol⇒Álvaro iii.Vera⇒Isabela iv.Álvaro+alguém ou algumas pessoas Unindo a sentença ii com a iv, temos: Carol⇒Álvaro⇒... Como, de acordo com a sentença i, Isabela está na frente de Carol: Isabela⇒Carol⇒Álvaro⇒... E, de acordo com a sentença iii, Vera está na frente de Isabela: Vera⇒Isabela⇒Carol⇒Álvaro⇒... Agora só falta incluir o Marcos na fila. De acordo com a sentença i, ele está depois da Isabela. E, de acordo com a sentença iv, o Álvaro não pode ser o último da fila, sendo assim Marcos ocupará este lugar. Vera⇒Isabela⇒Carol⇒Álvaro⇒Marcos Portanto, Carol é quem ocupa a posição central da fila, tendo duas pessoas à sua frente e duas pessoas atrás dela.
3 ATUALIDADES
3.1 Quem viaja de carro ou de ônibus pode ver, ao longo das estradas, torres de transmissão de energia tais como as da figuraOlhando mais atentamente, é possível notar que os cabos são colocados arqueados ou, como se diz popularmente, “fazendo barriga”. A razão dessa disposição é que
3.1.1 os cabos, em dias mais frios, podem encolher sem derrubar as torres.
3.2 Para os passageiros experimentarem a sensação equivalente à “gravidade zero”, um avião adaptado sobe vertiginosamente (figura 1) para, depois, iniciar uma descida brusca que dura apenas alguns segundos. Durante essa descida brusca, a velocidade horizontal mantém-se constante, variando apenas a velocidade vertical. Na parte central desse avião, há um espaço vazio onde os passageiros, deitados no chão, aguardam o mergulho da aeronave. No momento do mergulho, cada passageiro perde o contato com o piso da aeronave, podendo movimentar-se como um astronauta a bordo de uma nave em órbita (figura 2).
3.2.1 O princípio apresentado neste exercício é chamado Imponderabilidade que é a ausência de compressão de apoio. Duas principais forças atuam sobre uma pessoa ao descer em um elevador. A força peso, que é resultante de sua massa e força da gravidade e a força normal, que seria a força de compreesão que a pessoa aplica no piso do elevador. A combinação destas duas forças resulta no peso aparente da pessoa. Ao igualarmos estas duas forças, peso aparente da pessoa se iguala a zero. Sendo assim, a sensação obtida pela pessoa seria a de gravidade zero. A mesma sensação obtida no mergulho do avião. Sendo assim, a alternativa correta é a E, ao igualarmos a aceleração do avião à aceleração da gravidade, o peso das pessoas é aparentemente zero.
3.2.1.1 à igualdade entre a aceleração do avião e a aceleração da gravidade.
3.3 Analise a charge considerando que o personagem de terno seja o dono da empresa aérea. Nessa charge, identifica-se a figura de linguagem
3.3.1 Antítese: Uso de antônimos, palavras opostas. Exemplos: dia/noite, amor/ódio, bem/mal. Personificação: Quando se atribui uma característica de um ser humano a um objeto ou a um animal irracional. Exemplo: "As paredes tem ouvidos". Hipérbole: É a utilização do exagero para ressaltar uma ideia. Exemplo: "Estou morrendo de sono", "Já te falei um milhão de vezes". Metonímia: Uma troca de nomes em que é possível uma associação. Exemplo: Dizer que leu um livro e no lugar de dizer o título mencionar o autor: "Li Machado de Assis". Falar que possui um carro citando a marca e não o modelo: "Tenho um Fiat". Eufemismo: Comentar algo usando termos ou palavras de menos impacto. Exemplos: "Desviou dinheiro" ao invés de "Roubou dinheiro", "Colaborador" no lugar de "Empregado". O título "Corte de comissários" sugere um programa de demissões de funcionários da empresa. Na ilustração há a sugestão de que os comissários abandonem o avião em pleno vôo, certamente um exagero já que nenhum programa de
3.3.2 hipérbole, pois há um exagero na solução drástica encontrada pelo dono da empresa para demitir os comissários.
4 GEOGRAFIA
4.1 Quem já viajou pelo interior do Brasil, através de estados como Minas Gerais, Goiás, Tocantins, Bahia, Mato Grosso ou Mato Grosso do Sul, certamente atravessou extensos chapadões, cobertos por uma vegetação de pequenas árvores retorcidas, dispersas em meio a um tapete de gramíneas. Durante os meses quentes de verão, quando as chuvas se concentram e os dias são mais longos, tudo ali é muito verde. No inverno, ao contrário, o capim amarelece e seca; quase todas as árvores e arbustos, por sua vez, trocam a folhagem senescente* por outra totalmente nova.
4.1.1 O tipo de vegetação caracterizado por gramíneas, arbustos e árvores retorcidas e dispersas é chamado Cerrado e ocupa o Planalto Central, abrangendo oito estados brasileiros: Minas Gerais, Goiás, Tocantins, Bahia, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Piauí e o Distrito Federal. Sendo assim, a alternativa correta é a D. A Mata Atlântica é um bioma de floresta tropical. O Pantanal é considerada a maior planície alagável do mundo, localizado ao sul do Mato Grosso e a noroeste do Mato Grosso do Sul. A Caatinga é o bioma típico do nordeste. E o Pampa é um bioma caracterizado por vegetação de gramíneas, plantas rasteiras e algumas árvores e arbustos próximos aos cursos d'água. O único estado brasileiro que possui este bioma é o Rio Grande do Sul.
4.1.1.1 pampa
4.2 Em 1925, tropas de jovens oficiais rebelados do Exército Brasileiro deram início a uma longa viagem para propagar ideias revolucionárias. Esta expedição ficou conhecida como Coluna Prestes. Segundo o historiador Boris Fausto, em seu livro História do Brasil, esse movimento pretendia reconstruir o Estado para construir a nação. Para esses jovens oficiais, o grande mal das oligarquias consistia na fragmentação do Brasil e na sua transformação em “vinte feudos”, cujos senhores eram escolhidos pela política dominante. Considerando as informações expostas, é correto concluir que a Coluna Prestes foi um movimento
4.2.1 tenentista, por criticar o sistema oligárquico conhecido como República do Café com Leite.
4.3 Quando as pessoas passam a viver em outro lugar, por livre escolha ou imposição, levam na bagagem parte de seus usos e costumes, entre eles a língua materna. Sobre esse tema, leia o texto a seguir. [TIT]África resiste[/TIT] O Quilombo de Cafundó não poderia ter nome mais oportuno. “Cafundó”, afinal, significa “distante” ou “de difícil acesso” em banto, nome dado a uma das diversas famílias de línguas africanas disseminadas no Brasil no tempo dos escravos. Embrenhada no intricado relevo de Salto de Pirapora, a 140 quilômetros da capital paulista, a comunidade rural de afrodescendentes está cada vez mais próxima de ver o seu vocabulário típico, a “cupópia”, simplesmente sumir por falta de falantes. Para Silvio Vieira de Andrade Filho, doutor em linguística pela USP, cupópia significa “conversa” e surgiu da necessidade de os escravos travarem diálogos que permanecessem incompreensíveis a seus senhores. Vindos de diferentes regiões da África e falando línguas diferentes entre si, esses esc
4.3.1 Segundo o texto, os "escravos precisaram desenvolver um tipo de comunicação para se protegerem dos abusos dos senhos e estabelecerem vínculos...", isso quer dizer que a língua foi uma estratégia para unir os escravos e defendê-los dos senhores de escravos. Sendo assim, a alternativa correta é a E. A alternativa A está errada, pois os escravos que vieram ao Brasil vieram de diferentes tribos africanas e falavam diferentes línguas. A alternativa B está errada pois no segundo parágrafo o autor afirma que o vocabulário típico de Cafundó, a "cupópia" está prestes a sumir por falta de falantes. O próprio nome da comunidade "Cafundó", "de difícil acesso", já afirma a dificuldade de interação com outras comunidades rurais da região. Além disso, o vocabulário típico desta comunidade é a "cupópia" e não o português, dificultando ainda mais a comunicação. De acordo com o texto, "Cafundó" significa "de difícil acesso" ou "distante" e não "conversa incompreensível" como afirma a alternativa D.
4.4 Uma das hipóteses, ainda não comprovada, sobre os modos como se orientam os animais migratórios durante suas longas viagens é a de que esses animais se guiam pelo campo magnético terrestre. Segundo essa hipótese, para que ocorra essa orientação, esses animais devem possuir, no corpo, uma espécie de ímã que, como na bússola, indica os polos magnéticos da Terra. De acordo com a Física, se houvesse esse ímã que pudesse se movimentar como a agulha de uma bússola, orientando uma ave que migrasse para o hemisfério sul do planeta, local em que se encontra o polo norte magnético da Terra, esse ímã deveria
4.4.1 Um ímã é um objeto que provoca um campo magnético em sua volta, sendo que nas extremidades do ímã ocorre atração magnética. Ao aproximarmos pedaços de ferro a um imã, percebemos que estes pedaços são atraídos para as extremidades do ímã, e ao suspendermos um ímã pelo centro de gravidade, ele se orienta na direção norte-sul. A chamada extremidade norte do ímã aponta para o norte geográfico da Terra e a extremidade sul do ímã aponta para o sul geográfico da Terra, sendo que estas extremidades do ímã são chamados polos. Uma propriedade importante de um ímã é a chamada inseparabilidade do Polos. Ou seja, por mais que tentemos dividir um ímã, cada um dos seus pedaços sempre serão divididos em dois polos: norte e sul. Sendo assim, não podemos dizer que este ímã teria apenas um dos polos. Portanto as alternativas A e B estão erradas. Como a ave migraria para o hemisfério sul, este ímã precisaria apontar seu polo sul para o destino e o polo norte para o lado contrário. Sendo assim, a alter
4.4.1.1 apontar seu polo sul para o destino

Media attachments