"Blended (E)Learning na Sociedade Digital" - introdução e capítulo 1

Eunice Oliveira
Note by Eunice Oliveira, updated more than 1 year ago
Eunice Oliveira
Created by Eunice Oliveira about 3 years ago
45
0

Description

Notas de leitura da introdução e capítulo 1 do livro Blended (E)Learning na Sociedade Digital de Angélica Monteiro, J. António Moreira e José Alberto Lencastre

Resource summary

Page 1

Introdução

"(...) blended learning deve ser entendido como uma estratégia dinâmica que envolve diferentes abordagens e modelos pedagógicos, diferentes tecnologias e espaços de aprendizagem(formais e informais." (Monteiro, Moreira e Lencastre, 2015)."(página 13) Subaproveitamento das potencialidades de Learning Managment System (LMS): falta de preparação de docentes (inicial e ao longo da vida); desencontro entre necessidades de formação dos docentes e as entidades formadoras. As novas tecnologias implicam alteração no papel do professor, novas pedagogias e novas abordagens na formação de professores. De acordo com a UNESCO "as principais competências de futuro incluem a capacidade de desenvolver formas inovadoras de utilizar a tecnologia para melhorar o ambiente de aprendizagem, e para incentivar a alfabetização." (página 15)

Page 2

Capítulo I Blended Learnning: Definição e Tendências Atuais

BLENDED LEARNING: DEFINIÇÃO E TENDÊNCIAS ATUAIS

Educação a Distância "A educação a distância (distance education), refere-se aos cenários de acesso à aprendizagem para aqueles que estão fisicamente distantes, portanto, não implicando a presença física entre o professor e os seus estudantes (Moore&Coutinho, 2015, p. 1360)"  (página 18) Educação a distância (foco de aprendizagem no estudante) DIFERENTE DE  Ensino a distância (foco na formação) 5 gerações de educação a distância 1900 - Correspondência 1920 - Rádio e 1950 - Televisão década de 70 do século XX - Universidades Abertas década de 80 a 90 do século XX - Teleconferência 2000 - Internet/Web

eLearning Diferentes significados consoante o autor: Clark & Kwinn (2007) - colocam a ênfase na componente tecnológica; capacidade de obter informações através da Internet ou de aprender através de recursos multimédia. Moore, Dickson-Deane & Galyen (2011) - colocam o ênfase na dimensão de aprendizagem pedagógica através da comunicação, colaboração e cooperação num espaço virtual. Maise (2006) - combina as dimensões da tecnologia e da pedagogia; para a autora "o eLearning é o uso da tecnologia de rede para planear, entregar, selecionar gerir e expandir a aprendizagem." Para Rosenberg (2001 e 2006) as características do eLearning são: "o aumento da interação professor-aluno; comunicação bilateral; comunicação síncrona e assíncrona; a inclusão de estratégias de colaboração; uso de materiais e estratégias que incentivam os estudantes a processar informações de forma autónoma; a recolha sistemática de dados (através dos LMS) e informações atualizadas e relevantes em tempo real." página 19  

Educação Online "A maioria dos autores descrevem a educação online como experiências de aprendizagem, geralmente em contexto de sala de aula, com acesso aos recursos disponíveis na Internet ( Benson 2002; Conrad, 2002)." página 20

Web-based learning "Web-based learning (parendizagem baseada na Web)né uma forma de aprendizagem que utiliza tecnologias ou ferramentas da Web no processo de ensino, prmovendo a aprendizagem cmo um processo ativo, dinânico e centrado no estudante (Dias, 2000)." página 20

Open Learning "permite ao estudante definir o seu percurso formativo, escolher os módulos que quer estudar, escolher os materiais que melhor s adaptam aos seus conhecimentos e interesses, escolher o ritmo do processo de aprendizagem. (Monteiro, Moreira e Lencastre, 2015)." Exemplo - MOOC página 21

Blended Learning - definção e delimitação concetual A - Graham (2006) - usado como ligação entre a aula presencial e o ensino a distância; B - Blended learning, como o entendemos hoje é o resultado das TIC na escola (Moreira, Monteiro e Lencastre, 2015)." Duas formas distintas de interpretar o online: informação dispersa e acessível através dos meios tecnológicos de comunicação a distancia informação e participantes dispersos espacialmente "a sala de aula presencial  se tem vindo irremediavelmente a transformar no modelo descrito em primeiro lugar, ou seja, um modelo de blended learning alimentado pelas TIC. Note-se que esta hipótese deve assumir que o professor não interfere em todas as tarefas que propõe durante a sessão presencial, permitindo a autonomia do estudante para determinadas atividades e que propõe outras tarefas, utilizando as TIC, para além s tempos letivos dedicados à sessões presenciais em sala de aula (Monteiro, Moreira e Lencastre, 2015)." C - Visão para o blended learning: aprendizagem síncrona e assíncrona página 23   4 tipos de curso (Allen, Seaman e Garret, 2007) Tradicional - sem uso de tecnologia Web facilitated  - curso essenvialmente presencial que usa a Web para facilitar, por exemplo, o programa do mesmo Blended/Híbrido - curso que mistura o online com o presencial Online  - normalmente sem sesões presenciais; a maioria do conteúdo é disponibilizado online. página 24

Tendências atuais "O mobile learning potencia ao estudante ser mais produtivo em diferentes contextos (formais e informais)enquanto consome, partilha ou interage com a informação e com os outros (Moreira, Monteiro e Lencastre, 2015)." A promoção do blended learning através dos dispositivos móveis, ligados à Internet é uma das tendências da atualidade e podem suportar várias abordagens pedagógicas: Flipped classroom, digital portfolios, digital storytelling, gamification, realidade aumentada, problem-based learning e coaching. pagina 26   "A tendência atual é para a abordagem blend onde as oportunidades são fornecidas para os estudantes a cada momento, criando uma cultura de aprendizagem em rede (Moreira, Monteiro e Lencastre, 2015)." página 27

Show full summary Hide full summary

Similar

Criando Cursos On-Line com Qualidade
David Venancio
Criando Cursos On-Line com Qualidade
Isabella Carnevalle
Criando Cursos On-Line com Qualidade
Isabella Carnevalle
CALENDÁRIO VACINAL INFANTIL
Alice H.
Teste2_8ºA_2015/16
Leonardo Alves
experiencia
Ester Saraiva
Desarrollo de la formación en línea - Influyentes para la inversión
Soani Vargas
Ferramentas e Estratégias para Ambientes Virtuais de Aprendizagem
Lucelia Souza
Ferramentas e Estratégias para Ambientes Virtuais de Aprendizagem
Andreia Fidelis Feliciano
Top eLearning trends and why they're good for your Students
Landon Valencia
1_Ferramentas e Estratégias para Ambientes Virtuais de Aprendizagem
Andreia Fidelis Feliciano