TA 01 - Introdução ao Visagismo

catherine.relder
Note by catherine.relder, updated more than 1 year ago More Less
catherine.relder
Created by catherine.relder over 3 years ago
18
0
0

Description

Resumo da Teleaula 01 - Visagismo / Formatos de rosto e sobrancelhas / Design de sobrancelhas

Resource summary

Page 1

O que é Visagismo: É a técnica de criar uma imagem pessoal que revela as qualidades interiores de uma pessoa, de acordo com suas características físicas e os princípios da linguagem visual (harmonia e estética), utilizando a maquiagem, o corte, a coloração e o penteado do cabelo. Qualquer profissional pode aplicar o visagismo?Só pode ser aplicado a partir de conhecimentos profundos da linguagem visual, sabendo analisar tanto as características físicas (do rosto) quanto a personalidade de cada individuo. Objetivo do Visagismo: Criar uma imagem personalizada, exclusiva e única.Como surgiu o Visagismo: "Visagisme" foi um termo criado na década de 30 por Fernand Aubry , derivado do francês visage e que significa “para o rosto”.Fernand Aubry: Cabelereiro e maquiador(1936). Reconheceu que pessoas com pensamentos e ideais diferentes não deveriam ter as mesmas características físicas. A partir da 2 guerra mundial Aubry disseminou a idéia de que as pessoas não deveriam ter o mesmo padrão estético. Começa então a personalização do indivíduo. Visagismo no Brasil: Difundido no Brasil pelo artista plástico Philip Hallawel / Análise dos componentes do Rosto. Criar uma imagem adequada à personalidade e necessidades do individuo, respeitando culturas, valores e meio social de convívio. Necessidade de se trabalhar melhor a imagem de uma pessoa; Harmonizar o interior com o exterior; O rosto (onde o visagista analisa) é a principal expressão da nossa identidade; Despadronizar os estilos estabelecidos por classes e grupos sociais. Vidal Sasssoon: influente cabeleireiro. (1960) entendeu a verdadeira importância do individuo expressar através da sua aparência sua personalidadePsicanálise x Visagismo: De acordo com a psicanálise, a imagem que temos do nosso corpo estabelece nossa identidade sexual, mas o que tem maior peso na elaboração da nossa identidade é a imagem do nosso rosto. É por isso que o rosto é ao mesmo tempo uma identidade e uma máscara. Essa mascara será saudável se funcionar como uma proteção ou escudo. Não se escancarando ao mundo, a pessoa se defende da vulnerabilidade. Mas esconder a essência do seu ser pode provocar varias crises de identidade (HALLAWELL, 2009, p. 30)Cores de pele, segundo HALLAWEL: Dourado (quente), café (frio), acobreado(quente) ou neutro(frio).Divisão de Personalidade de Hipócrates: (pai da medicina) divide a personalidade do individuo em 4 tipos: Coléricos; Sanguíneos; Melancólicos; FleumáticoRosto Quadrado:

Show full summary Hide full summary

Similar

Dos Direitos da Personalidade (Arts. 11º ao 21º)
Luiz Concursos
Personalidade Psicodinâmica - Freud, Jung, Adler
luanaborb
PROTAGONISMO DO ALUNO
Alessandra S.
CEJA VIRTUAL - FASCÍCULO 1 - UNIDADE 1 - CULTURA E IDENTIDADE
Hilário Jr
PROTAGONISMO DO ALUNO
angelasoaresdeme
PROTAGONISMO DO ALUNO
GoConqr suporte .
Fundamentos do pensamento psicanalítico de Freud
Caroll Trindade Negreiros
PESSOA NATURAL
Ana Carolina Mendonça
CURRÍCULO
Elaine Carapia
territorialidade e identidade nas organizações: o caso do mercado central de BH
tatiane alves
Como o movimento Juventude Franciscana do Brasil (JUFRA) propõe a identidade franciscana pós Concílio Vaticano II em meio à disputas/tensões por modelos de Igreja propostos por outros movimentos jovens?
Danila Barbosa d