Resumo: Aula 12 – Transporte ativo

Ivan Pessanha
Note by Ivan Pessanha, updated more than 1 year ago
Ivan Pessanha
Created by Ivan Pessanha over 3 years ago
19
0

Description

Biologia Celular 1 Note on Resumo: Aula 12 – Transporte ativo, created by Ivan Pessanha on 04/09/2017.

Resource summary

Page 1

LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS – CEDERJ - UENF SEGUNDO PERÍODO DISCIPLINA: Biologia Celular 1 Resumo: Aula 12 – Transporte ativo · O transporte ativo contrapõe-se ao passivo em seus dois postulados básicos: 1. dá-se sempre contra o gradiente de concentração do soluto que está sendo transportado; 2. requer gasto energético (ATP) por parte da célula. · Apenas proteínas do tipo carreador são capazes de realizar transporte ativo. · A expulsão seletiva de íons por transporte ativo traz duas consequências: 1. equilíbrio da tonicidade do meio intracelular, impedindo a absorção excessiva de água por osmose (controle do volume celular) 2. estabelecimento de uma distribuição diferenciada de íons (gradiente) entre os meios intra e extracelular. · A absorção excessiva de água é evitada por vários mecanismos: (a) a presença de uma parede celular semirrígida nos vegetais, (b) vacúolos contráteis em protozoários e (c) a expulsão ativa de íons nas células eucariontes em geral. · Numa membrana em repouso, o meio externo é positivo em relação ao meio interno, pois há mais cátions no meio extracelular. Com essa configuração é dito que a membrana plasmática é polarizada. Quando os canais são abertos e ocorre a entrada de íons, passa a ocorrer a despolarização da membrana. · A despolarização sinaliza uma alteração no estado funcional da célula. Por exemplo, se for uma célula muscular, a consequência dessa mudança de sinal será a contração muscular. No caso de uma glândula, pode ser esse o sinal para a secreção de um hormônio, e assim por diante. · O papel do transporte ativo será fazer com que a célula retorne ao estado de repouso, e essa repolarização é feita por um sistema de transporte ativo chamado de bomba de sódio/potássio. Uniporte, Semiporte e Antiporte · Tipo de proteínas: 1. Uniporte: transportam apenas um tipo de molécula; 2. Semiporte: transportam simultaneamente molécula e íon. 3. Antiporte: transportam moléculas distintas em sentidos opostos Transporte intracelular e transporte transcelular · Transporte transcelular: ocorre quando da passagem da glicose e todos os nutrientes do epitélio intestinal para a circulação. · Transporte intracelular: quando moléculas são levadas de um compartimento celular para outro. (Ex: do núcleo para o citosol). · Transporte celular: Quando as moléculas são transportadas para dentro ou fora da célula através bicamada ou das proteínas das membranas. Outros tipos de transporte ativo: · Transportador ativo de Ca++ · Bomba de prótons. · Transportadores ABC. · Nem todo antiporte é feito com gasto de energia. · Um sistema antiporte aumenta a eficiência do transporte de Co2 retirado das células pelas hemácias.

Show full summary Hide full summary

Similar

Resumo: Aula 9 – Permeabilidade da membrana
Ivan Pessanha
Resumo: Aula 10 – As proteínas transportadoras
Ivan Pessanha
Aula 15: Introdução às organelas
Ivan Pessanha
Resumo: Aula 5 - Métodos bioquímicos para o estudo da célula
Ivan Pessanha
Resumo: Aula 1 - Microscopia Óptica
Ivan Pessanha
Resumo: Aula 2 – Princípios de funcionamento dos microscópios eletrônicos
Ivan Pessanha
Resumo: Aula 6 - Os anticorpos na pesquisa
Ivan Pessanha
Resumo: Aula 4 - Cultura de células
Ivan Pessanha
Transportes Celulares
Sânia Mayra
Revisão para História Medieval AP1 2017.1 CEDERJ UNIRIO.
Fernando Nunes
Exercícios de verbos pronominais em espanhol
walescabraga