Lista Trovadorismo

Question 1 of 10

Medal-premium 1

01.(Vunesp-SP) Leia e observe com atenção a composição seguinte:
"Ay flores, ay flores do verde pinho,
se sabedes novas do meu amigo!
ay Deus, e hu é1?
Ay flores, ay flores do verde ramo,
se sabedes novas do meu amado!
ay Deus, e hu é?
Se sabedes novas do meu amigo,
aquel que mentiu no que pôs comigo!
ay Deus, e hu é?
Se sabedes novas do meu amado,
aquel que mentiu no que me há jurado!
ay Deus, e hu é?

A composição anterior, parcialmente transcrita, pertence à lírica medieval da Península Ibérica. Ela tem autor desconhecido, arte poética própria e características definidas do lirismo trovadoresco, podendo-se ainda descobrir o nome pelo qual composições idênticas são conhecidas.
Em uma das alternativas indicadas acham-se todos os elementos que correspondem a essas afirmações.

Select one of the following:

  • O autor é Paio Soares de Taveirós. Destacam-se o paralelismo das estrofes, a alternância vocálica e o refrão. O poeta pergunta pelo seu amigo.

  • O autor é Nuno Fernandes Torneol. Destaca-se o refrão como interpelação à natureza. Trata-se de uma cantiga de amigo.

  • O autor é el-rei D.Dinis. Destacam-se o paralelismo das estrofes, a alternância vocálica e o refrão. O poeta canta na voz de uma mulher e pergunta pelo amado, porque é uma cantiga de amigo.

  • O autor é Fernando Pessoa. Destaca-se a alternância vocálica. Trata-se da teoria do fingimento, que já existia no lirismo medieval.

  • O autor é Martim Codax. Destaca-se o ambiente campestre. O poeta espera que os pinheiros respondam à sua pergunta.

Question 2 of 10

Medal-premium 1

(Mackenzie-SP) Assinale a alternativa incorreta a respeito do Trovadorismo em Portugal.

Select one of the following:

  • Durante o Trovadorismo, ocorreu a separação entre poesia e a música.

  • Muitas cantigas trovadorescas foram reunidas em livros ou coletâneas que receberam o nome de cancioneiros.

  • Nas cantigas de amor, há o reflexo do relacionamento entre o senhor e vassalo na sociedade feudal: distância e extrema submissão.

  • Nas cantigas de amigo, o trovador escreve o poema do ponto de vista feminino.

  • A influência dos trovadores provençais é nítida nas cantigas de amor galego-portuguesas.

Question 3 of 10

Medal-premium 1

(Fuvest) O Trovadorismo, quanto ao tempo em que se instala:

Select one of the following:

  • tem concepções clássicas do fazer poético.

  • é rígido quanto ao uso da linguagem que, geralmente, é erudita.

  • estabeleceu-se num longo período que dura 10 séculos.

  • tinha como concepção poética e epopéia, a louvação dos heróis.

  • reflete as relações de vassalagem nas cantigas de amor.

Question 4 of 10

Medal-premium 1

Assinale a alternativa INCORRETA a respeito das cantigas de amor.

Select one of the following:

  • O ambiente é rural ou familiar.

  • O trovador assume o eu-lírico masculino: é o homem quem fala.

  • Têm origem provençal.

  • Expressam a "coita" amorosa do trovador, por amar uma dama inacessível.

Question 5 of 10

Medal-premium 1

Assinale a afirmativa correta sobre o texto:
"Ondas do mar de Vigo,
se vistes meu amigo!
E ai Deus, se verrá cedo!
Ondas do mar levado,
se vistes meu amado!
E ai Deus, se verrá cedo!"
Martim Codax
Obs.: verrá = virá; levado = agitado

Select one of the following:

  • Nessa cantiga de amigo, o eu lírico feminino dirige-se às ondas do mar para expressar sua ansiedade em relação à volta do amado.

  • Nessa cantiga de amor, o eu lírico feminino dirige-se a Deus para lamentar a morte do ser amado.

  • Nessa cantiga de amigo, o eu lírico masculino manifesta às ondas do mar sua angústia pela perda do amigo em trágico naufrágio.

  • Nessa cantiga de amigo, o eu lírico masculino manifesta a Deus seu sofrimento amoroso.

Question 6 of 10

Medal-premium 1

"Senhor feudal
Se Pedro Segundo
Vier aqui
Com história
Eu boto ele na cadeia."
Oswald de Andrade

O título do poema de Oswald remete o leitor à Idade Média. Nele, assim como nas cantigas de amor, a ideia de poder retoma o conceito de:

Select one of the following:

  • Fé religiosa

  • Relação de vassalagem

  • Idealização do amor

  • Saudade de um ente distante

Question 7 of 10

Medal-premium 1

Assinale a afirmação falsa sobre as cantigas de escárnio e maldizer:

Select one of the following:

  • O elemento das cantigas de escárnio não é temático, nem está na condição de se omitir a identidade do ofendido. A distinção está no retórico do "equívoco", da ambiguidade e da ironia, ausentes na cantiga de maldizer.

  • As cantigas satíricas perfazem cerca de uma quarta parte da poesia contida nos cancioneiros galego-portugueses. Isso revela que a liberdade da linguagem e a ausência de preconceito ou censura (institucional, estética ou pessoal) eram componentes da vida literária no período trovadoresco, antes de a repressão inquisitorial atirá-las à clandestinidade.

  • Os alvos prediletos das cantigas satíricas eram os comportamentos sexuais (homossexualidade, adultério, padres e freiras libidinosos), as mulheres (soldadeiras, prostitutas, alcoviteiras e dissimuladas), os próprios poetas (trovadores e jograis eram frequentemente ridicularizados), a avareza, a corrupção e a própria arte de trovar.

  • A principal diferença entre as duas modalidades satíricas está na identificação ou não da pessoa atingida.

Question 8 of 10

Medal-premium 1

Leia a seguinte estrofe:
"Fez-se de amigo próximo o distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente".

Tomemos a palavra AMIGO. Todos conhecem o sentido com que esta forma linguística é usualmente empregada no falar atual. Contudo, na Idade Média, como se observa nas cantigas medievais, a palavra AMIGO significou:

Select one of the following:

  • Colega

  • Companheiro

  • Namorado

  • Acolhedor

Question 9 of 10

Medal-premium 1

Interpretando historicamente a relação de vassalagem entre homem amante/mulher amada, ou mulher amante/homem amado, pode-se afirmar que:

Select one of the following:

  • o Trovadorismo corresponde ao Renascimento.

  • o Trovadorismo corresponde ao movimento humanista.

  • o Trovadorismo corresponde ao Feudalismo.

  • o Trovadorismo e o Medievalismo só poderiam ser provençais.

Question 10 of 10

Medal-premium 1

Leia a cantiga seguinte, de Joan Garcia de Guilhade.
"Un cavalo non comeu
á seis meses nen s’ergueu
mais prougu’a Deus que choveu,
creceu a erva,
e per cabo si paceu,
e já se leva!
Seu dono non lhi buscou
cevada neno ferrou:
mai-lo bon tempo tornou,
creceu a erva,
e paceu, e arriçou,
e já se leva!
Seu dono non lhi quis dar
cevada, neno ferrar;
mais, cabo dum lamaçal
creceu a erva,
e paceu, e arriç’ar,
e já se leva!"
(CD Cantigas from the Court of Dom Dinis)
A leitura permite afirmar que se trata de uma cantiga de:

Select one of the following:

  • Escárnio, em que se critica a atitude do dono do cavalo, que dele não cuidara, mas graças ao bom tempo e à chuva, o mato cresceu e o animal pôde recuperar-se sozinho.

  • Amigo, em que se mostra que o dono do cavalo não lhe buscou cevada nem o ferrou por causa do mau tempo e da chuva que Deus mandou, mas mesmo assim o cavalo pôde recuperar-se.

Icon_fullscreen

Lista Trovadorismo

Denise Teófilo
Quiz by , created over 2 years ago

Literatura Quiz on Lista Trovadorismo, created by Denise Teófilo on 30/03/2014.

Eye 411
Pin 7
Balloon-left 2
Tags
Denise Teófilo
Created by Denise Teófilo over 2 years ago
Close