RM 2 - HISTORIA NAVAL 4

Nadielle Siqueira
Quiz by Nadielle Siqueira , updated more than 1 year ago
233
16
0

Description

RM 2 HISTÓRIA NAVAL Quiz on RM 2 - HISTORIA NAVAL 4, created by Nadielle Siqueira on 01/31/2018.
Tags No tags specified

Resource summary

Question 1

Question
Na operação de ocupação da Banda Oriental, foi de grande importância o papel que desempenhou a Marinha portuguesa, não só no transporte das tropas, desde Portugal (já liberado do domínio francês), como também em todo o desenrolar da ocupação. É correto afirmar sobre a ocupação da Banda Oriental que
Answer
  • em 1816, deu-se o desembarque em Maldonado pelas forças navais de Rodrigo José Ferreira Lobo.
  • D. João determinou a conquista de Caiena em 1808, incorporando a Banda Oriental do Uruguai.
  • Montevidéu foi conquistada ao se declarar guerra à França napoleônica em 1808.
  • resultou na independência do Uruguai, com o nome de Banda Oriental.
  • imediatamente após a conquista portuguesa, a Banda Oriental passou a integrar a Argentina.

Question 2

Question
Na Revolta Nativista de 1817, conhecida também como Revolução Pernambucana de 1817, os revoltosos abandonaram a cidade a 20 de maio, dando fim ao movimento separatista após que ação naval?
Answer
  • O cerco da cidade de Recife por terra e o bombardeio da capital Salvador.
  • O emprego de navios ingleses que fizeram o ataque a capital Belém.
  • O bloqueio de Recife, efetuado por mar.
  • cerco da cidade de Recife por terra após o desembarque de tropas no Rio de Janeiro.
  • O cerco da cidade de Salvador e ataque ao Rio de Janeiro.

Question 3

Question
A 1º de abril de 1823, a Esquadra brasileira comandada por Cochrane, deixava a Baía de Guanabara com destino à Bahia, para bloquear Salvador e dar combate às forças navais portuguesas que lá se concentravam sob o comando do Chefe-de-Divisão Félix dos Campos. Por que a primeira tentativa de dar combate aos navios portugueses foi desfavorável à Cochrane?
Answer
  • Por que teve que enfrentar os navios portugueses.
  • Por que Cochrane não colocou Salvador sob bloqueio naval.
  • Por que Cochrane não conseguiu reorganizar suas forças e expurgar os elementos portugueses desleais.
  • Por que os navios que provinham o abastecimento da cidade de Salvador não foram capturados.
  • Por causa da indisposição para luta dos marinheiros portugueses nos navios da nossa Esquadra.

Question 4

Question
Pressionadas, as tropas portuguesas abandonaram a cidade de Salvador em 2 de julho, em um comboio de mais de 70 navios, escoltados por 17 navios de guerra. Este foi acompanhado e fustigado pela Esquadra brasileira, destacando-se a atuação do(a)
Answer
  • Almirante Tamandaré, no comando da nau Pedro I.
  • Fragata Niterói, comandada pelo Capitão-de-Fragata (inglês) John Taylor.
  • Comandante Pedro I, a frente das forças navais dos Dragões da Independência.
  • Almirante Pedro Barroso, que utilizou seu navio como um aríete.
  • Imperador Pedro I, que comandava a escuna Tamandaré

Question 5

Question
Para expulsão dos portugueses do Norte-Nordeste brasileiro, do Maranhão, Cochrane, utilizando-se de um hábil ardil, disse que seu navio era a ponta de lança de uma grande força naval que viria próxima, transportando um vultoso Exército nacional que tomaria São Luís. Qual era o navio de Cochrane?
Answer
  • Brigue Maranhão.
  • Fragata Rio Tejo
  • Fragata Confidence
  • Nau Pedro I, seu navio capitânia.
  • Corveta Imperatriz.

Question 6

Question
Seguiu-se a utilização do mesmo ardil de Cochrane no Grão-Pará, quando no comando do Brigue Maranhão a região foi conquistada pelo
Answer
  • Almirante Tamandaré.
  • Capitão-Tenente John Pascoe Grenfell.
  • Comandante Pedro Bottas.
  • Capitão William Pascoal.
  • Capitão-de-Mar-e-Guerra Pedro

Question 7

Question
As operações navais na Cisplatina assemelharam-se às realizadas na Bahia, sendo empreendido contra Montevidéu, isolando as tropas portuguesas comandadas por D. Álvaro Macedo. A batalha que se seguiu, embora violenta, terminou sem a vitória de nenhum dos oponentes, mas
Answer
  • determinou a derrota das forças navais brasileiras.
  • configurou-se como uma vitória estratégica brasileira, com a manutenção do bloqueio a Montevidéu.
  • com a manutenção de Montevidéu sob domínio espanhol
  • determinou a derrota das forças navais inglesas.
  • com a manutenção de Montevidéu sob domínio português.

Question 8

Question
A primeira sublevação ocorrida no período regencial foi a Cabanagem, no Grão-Pará, que se generalizou em 1835 com a ocupação da capital da província, Belém. A Marinha bloqueou o porto de Belém, dificultando o seu abastecimento, bombardeou posições rebeldes, desembarcou tropas do Exército e embrenhou-se nos rios amazônicos para dar combate aos mais isolados focos de revolta. Quem comandou a vitória final sobre os revoltosos da Cabanagem?
Answer
  • O Almirante Penna Barros
  • Capitão-de-Fragata Frederico Mariath, que substituiu o Chefe-de-Divisão John Taylor.
  • O Comandante inglês John Nast.
  • O Capitão-de-Mar-e-Guerra João Aquino.
  • O General José Pedro, substituindo o Capitão-de-Fragata Manoel Dantas.

Question 9

Question
Guerra dos Farrapos, foi uma rebelião no sul do Império que durou dez anos, de 1835 a 1845. A pequena Força Naval que os farroupilhas mantinham na Lagoa dos Patos foi completamente vencida em agosto de 1839 por qual oficial general?
Answer
  • Capitão-de-Mar-e-Guera Tamandaré.
  • Capitão-de-Fragata Manoel Farinha.
  • Capitão-Tenente Rufino Batista.
  • Chefe-de-Divisão John Pascoe Grenfell.
  • Comandante John William Grant.

Question 10

Question
A Sabinada, revolta que eclodiu contra a autoridade da Regência na Bahia, em novembro de 1837, foi combatida de qual forma pela Marinha Imperial?
Answer
  • Com um bloqueio da província e o combate a uma diminuta Força Naval.
  • Destruindo as forças navais rebeldes em combates em mar aberto.
  • Com o bombardeio da capital da província e a destruição dos fortes litorâneos.
  • Com lanchões apresados remanescentes das operações na Lagoa dos Patos.
  • Com emprego de baterias flutuantes nos rios de Salvador.

Question 11

Question
Foi em qual conflito regional que pela primeira vez a Marinha brasileira empregou um navio movido a vapor em operações de guerra?
Answer
  • Guerra dos Farrapos.
  • Balaiada.
  • Sabinada.
  • Cabanagem.
  • Revolução Praieira.

Question 12

Question
A Balaiada, agitação que tomou conta das Províncias do Maranhão e do Piauí, entre 1838 e 1841, reuniu a população pobre e os escravos contra as autoridades constituídas da própria província. Em agosto de 1839, seguiu para o Maranhão o Capitão-Tenente Joaquim Marques Lisboa, futuro Marquês de Tamandaré, nomeado
Answer
  • Prefeito de São Luís
  • Interventor das províncias do Norte
  • Comandante da Força Naval em operação contra os insurretos.
  • Contratador, cargo semelhante a governador de estado nos dias atuais.
  • Sargento-Mor das forças militares rebeldes.

Question 13

Question
A Revolta Praieira estourou em Pernambuco em novembro de 1848 e foi a última do Segundo Império do Brasil. Durante a Revolta Praieira, quem comandou a Força Naval do Império brasileiro que combateu os rebeldes praieiros em Recife – PE?
Answer
  • Capitão-de-Mar-e-Guera Joaquim Marques Lisboa, o Tamandaré.
  • Capitão-de-Fragata Joaquim José Ignácio, que recebeu mais tarde o título de Visconde de Inhaúma.
  • O Capitão-de-Fragata Manoel Farinha, primeiro Ministro da Marinha do Brasil.
  • O Almirante Antonio Seabra Marques, primeiro almirante brasileiro.
  • O Capitão-de-Mar-e-Guera Carlos de Carvalho.

Question 14

Question
O Brasil recém-independente envolveu-se numa guerra com as Províncias Unidas do Rio da Prata, atual Argentina, pela posse da então Província brasileira da Cisplatina, atual República Oriental do Uruguai, anexada ainda por D. João VI, em 1821. Nesta guerra ocorreu
Answer
  • a independência do Uruguai
  • a derrota do Brasil para a Argentina.
  • a independência do Rio da Prata.
  • a derrota da Argentina para o Brasil.
  • o surgimento do Paraguai como país independente.

Question 15

Question
15) A Marinha Imperial brasileira na Guerra Cisplatina lutou coma Força Naval argentina, mas também atuou contra os corsários que, com Patentes de corso emitidas pelas Províncias Unidas do Rio da Prata e pelo próprio Exército de Lavalleja, atacavam os navios mercantes brasileiros por toda a nossa costa. O embate entre a Esquadra brasileira e a Esquadra argentina teve lugar em que região?
Answer
  • Nos rios da bacia Amazônica.
  • Na vastidão do oceano Atlântico.
  • Em áreas costeiras da região Norte do país.
  • Nas bacias fluviais do interior do Basil.
  • No estuário do rio da Prata

Question 16

Question
Nos primeiros meses da guerra, o bloqueio naval imposto pela Esquadra brasileira provocou o primeiro embate entre as forças navais brasileiras e argentinas. Como ficou conhecido este combate?
Answer
  • Combate de Montevidéu.
  • Combate da Prata
  • Combate de Colares.
  • Combate Brasileiro.
  • Combate das Penas.

Question 17

Question
Quem era o Comandante da Esquadra argentina durante os combates da Guerra Cisplatina?
Answer
  • O irlandês William George Brown.
  • O Vice-Almirante Rodrigo Lobo.
  • O Capitão-de-Fragata Frederico Mariath.
  • O Capitão-de-Fragata Los Pozos.
  • O Capitão-de-Mar-e-Guerra James Norton

Question 18

Question
O projeto de anexação do Uruguai ao território argentino encontrou em Juan Manuel de Rosas liderança máxima da Confederação Argentina desde 1835 e em Manuel Oribe, líder do partido de oposição ao governo uruguaio (o Partido Blanco), seus executores. Opondo-se a essa junção, a Marinha do Brasil enviou qual comandante para as operações navais na chamada Guerra de Oribe e Rosas?
Answer
  • O Capitão-de-Fragata Frederico Mariath.
  • Chefe-de-Esquadra John Pascoe Grenfell
  • O Vice-Almirante Rodrigo Lobo.
  • O Capitão-de-Mar-e-Guerra James Norton.
  • O Almirante Tamandaré.

Question 19

Question
O ponto alto da Guerra de Oribe e Rosas foi a Passagem de
Answer
  • Atoleiro.
  • Paissandú.
  • Toneleiro.
  • Tuiuti.
  • Grajaú.

Question 20

Question
A Guerra da Criméia (l854-56) traria alguns importantes ensinamentos para a guerra no mar, estando entre estes ensinamentos
Answer
  • as proteções com couraças de ferro forjado.
  • o uso de navios em combates navais.
  • o emprego de navios a remos.
  • o aparecimento dos canhões.
  • o uso da pólvora.

Question 21

Question
Em 1861 , teve início a Guerra de Secessão nos Estados Unidos, que se prolongaria até 1865; esta guerra foi rica de ensinamentos relativos à guerra no mar, em especial
Answer
  • o bloqueio do rio Chesapeake
  • os decorrentes da Batalha de Hampton Roads (1862).
  • demonstrar que velocidade dos tiros dos canhões modernos era muito baixa.
  • que o combate demonstrou que as couraças usadas pelos navios eram vulneráveis.
  • que os navios a vela eram mais importantes do que os navios a vapor

Question 22

Question
Nos Estados Unidos, na Guerra de Secessão, os confederados construíram em 1864, o Submarino Hunley, que nada mais era do que uma caldeira cilíndrica de ferro, com tampas cônicas em ambas as extremidades; tinha 40 pés de comprimento, sua propulsão era a mão (a velocidade podia chegar a 2,5 nós); sua guarnição era de oito homens. Apesar te ter afundado no mesmo dia de seu primeiro emprego, após ter afundado o navio de guerra federalista Housatonic, ele é considerado
Answer
  • um desastre para a construção naval.
  • o primeiro navio de ataque moderno.
  • O primeiro submarino a obter um êxito militar
  • o protótipo do submarino moderno.
  • um sucesso absoluto da construção naval.
Show full summary Hide full summary

Suggestions

O Governo-Geral Brasil colônia
jacson luft
História do Brasil - Período Colonial
alessandra
Hebreus, Fenícios e Persas
Júlia Flores
Mercantilismo
Professor Junior
Brasil: Primeiro Reinado e Período Regencial
Professor Junior
Projeto Med 2015: História e Geografia
elisacoltro
A CIVILIZAÇÃO ROMANA
Lucas Villar
República Velha
Vitor Gomes
2º Guerra Mundial
João Gabriel
Brasil Colônia
Andreia Pinheiro
Psicologia Social Contemporânea
Anderson Nunes0061
Períodos da História do Brasil
GoConqr suporte .
SEGUNDO REINADO
Lucas Villar
Feudalismo
Malu Miralha
Projeto Med 2015: História e Geografia
Lud .
REVISÃO DO ENS FUNDAMENTAL
Paulo César R. Silva
Projeto Med 2015: História e Geografia_2
Gleisson Bissoli
Grécia Clássica
jacson luft
A Era Vargas (1930-45)
Alice Sousa
Plano de estudos ENEM - Parte 1 *Humanas
Alice Sousa