Questões de 21 a 40 da avaliação de Macroeconomia

Patrik Brill
Quiz by Patrik Brill, updated more than 1 year ago
Patrik Brill
Created by Patrik Brill almost 5 years ago
245
2

Description

questoes de macroeconomia

Resource summary

Question 1

Question
21. Assinale a alternativa que descreve corretamente uma característica da função alocativa do governo.
Answer
  • (A) O Estado impõe alíquotas tributárias elevadas para os bens de luxo.
  • (B) O Estado determina um sistema de seguridade social que melhore a distribuição de renda.
  • (C) O Estado usa a política fiscal visando à melhora do emprego e do crescimento econômico.
  • (D) O Estado usa a política monetária para realizar ajustes na taxa de inflação.
  • (E) O Estado determina a quantidade de bens públicos que devem ser oferecidos à população.

Question 2

Question
22. Em relação à privatização ocorrida na década de 1990, assinale V para a afirmativa verdadeira e F para a falsa. ( ) O Programa Nacional de Desestatização, criado no início da década, foi responsável pela privatização de diversas empresas siderúrgicas e petroquímicas. ( ) Empresas do setor de serviços públicos foram privatizadas, além de bancos estaduais. ( ) Houve um processo de reprivatização, quando empresas estatizadas em situação de falência foram vendidas. As afirmativas são, respectivamente,
Answer
  • (A) V, V e V.
  • (B) V, V e F.
  • (C) V, F e F.
  • (D) F, V e F.
  • (E) F, F e F.

Question 3

Question
23. Segundo o princípio da Curva de Laffer, uma elevação da alíquota tributária
Answer
  • (A) eleva a receita tributária, para qualquer nível inicial e final da alíquota.
  • (B) reduz a receita tributária, na hipótese de inexistência de sonegação.
  • (C) mantém a receita tributária constante, na hipótese de inexistência de sonegação.
  • (D) pode elevar a receita tributária mesmo que a alíquota após o aumento esteja à direita da alíquota ótima.
  • (E) incentiva toda população a deixar de trabalhar, para qualquer nível inicial e final da alíquota.

Question 4

Question
24. Supondo inflação nula e considerando o conceito de necessidade de financiamento do governo, assinale V para a afirmativa verdadeira e F para a falsa. ( ) Se o governo apresenta déficit, logo sua poupança é negativa. ( ) Um aumento do gasto do governo gera necessariamente uma ampliação do déficit, mantido os demais componentes constantes. ( ) Quando o resultado da soma do consumo do governo com os juros da dívida é nulo, o déficit do governo é dado pela diferença entre investimento do governo e a receita tributária. As afirmativas são, respectivamente,
Answer
  • (A) V, V e V.
  • (B) V, F e V.
  • (C) F, F e V.
  • (D) F, V e V.
  • (E) F, F e F.

Question 5

Question
25. A Constituição de 1988 alterou a participação das esferas do governo em termos de arrecadação tributária. Em relação a essas alterações e suas consequências, assinale V para a afirmativa verdadeira e F para a falsa. ( ) A União perdeu percentual de participação na arrecadação do imposto de renda e do imposto sobre produtos industrializados, duas das suas principais fontes de receita. ( ) O processo de descentralização dos recursos tributários fez com que a União tivesse que criar tributos não sujeitos à partilha com as demais esferas, como por exemplo o imposto sobre operações financeiras. ( ) A criação e elevação de impostos piores do ponto de vista da eficiência tributária não levou a uma melhora do desequilíbrio financeiro e fiscal entre as esferas governamentais. As afirmativas são, respectivamente,
Answer
  • (A) V, V e V.
  • (B) V, F e V.
  • (C) V, V e F.
  • (D) V, F e F.
  • (E) F, F e V.

Question 6

Question
26. Em relação à Lei de Responsabilidade Fiscal, assinale V para a afirmativa verdadeira e F para a falsa. ( ) A lei fixou diversos parâmetros visando à melhor gestão das finanças públicas nas três esferas do governo. ( ) A lei limitou o endividamento público, apesar de permitir o estouro temporário de tal limite. ( ) A lei limitou o gasto com funcionalismo, sendo que na esfera municipal o teto foi fixado em 60% da receita corrente líquida. As afirmativas são, respectivamente,
Answer
  • (A) V, V e V.
  • (B) V, F e V.
  • (C) V, V e F.
  • (D) V, F e F.
  • (E) F, V e F.

Question 7

Question
27. Considere-se a seguinte hipótese: em um sistema de câmbio flutuante, a instabilidade depreciativa da taxa de câmbio real, ocorrida sem qualquer interferência do governo, provoca redução do produto e do nível de emprego. De acordo com o pressuposto keynesiano, a solução para o problema estaria na:
Answer
  • (A) elevação da taxa básica de juros, o que ajudaria a expandir o fluxo de capital, gerando efeitos positivos sobre o emprego e a renda.
  • (B) expansão do gasto governamental, seja de consumo e/ou de investimento, com a finalidade de estimular a demanda agregada.
  • (C) intervenção cambial, comprando o excesso de moeda estrangeira, o que atenuaria a instabilidade da taxa de câmbio.
  • (D) expansão da oferta de títulos da dívida pública, o que ajudaria acomodar a volatilidade cambial.

Question 8

Question
28. Sobre os determinantes da taxa de juros, é correto afirmar que:
Answer
  • (A) o mercado de ativos financeiros é o responsável pela determinação da taxa de juros, que afeta a demanda agregada e o produto por intermédio do investimento.
  • (B) a taxa de juros é determinada exogenamente pelo Banco Central, o qual avalia as condições da demanda por encaixes monetários.
  • (C) a taxa de juros resulta da interação entre a demanda por encaixes monetários e a demanda por bens de consumo.
  • (D) a taxa de juros varia diretamente com a oferta monetária, que é perfeitamente elástica às mudanças do produto.

Question 9

Question
29. Entre os princípios listados abaixo, o que NÃO condiz com o princípio da tributação é:
Answer
  • (A) o sistema tributário deve ser neutro no sentido de que não provoque distorções quanto à alocação de recursos e sobre a eficiência econômica.
  • (B) pelo princípio da equidade, cada contribuinte deve contribuir com uma parcela justa para cobrir os custos do governo.
  • (C) pelo princípio da regressividade, contribuintes com maior capacidade de pagamento devem arcar com maior parcela do ônus tributário.
  • (D) o princípio da simplicidade relaciona-se com a facilidade da operacionalização da cobrança do tributo.

Question 10

Question
30. Analise as seguintes afirmativas a respeito de uma economia aberta com livre mobilidade de capital: I - No regime de taxa de câmbio flutuante, a ocorrência de um aumento nas despesas do governo desloca a curva IS para a direita e provoca um aumento na taxa de câmbio, elevando a renda. II - No regime de taxas de câmbio fixa, uma política fiscal expansionista terá seu efeito ampliado devido a entrada de capita externo no país. III - No regime de taxa de câmbio flutuante, uma política monetária expansionista induzirá a desvalorização da moeda nacional. Apenas está(ão) correta(s) a(s) seguinte(s) afirmativa(s):
Answer
  • A) I e II.
  • B) I e III.
  • C) II e III.
  • D) I.
  • E) II.

Question 11

Question
31. Considere o caso clássico e a armadilha de liquidez do modelo IS-LM. Assinale a afirmativa verdadeira.
Answer
  • A) No caso clássico, a política fiscal expansionista é totalmente ineficaz, ocorrendo o chamado efeito crowding‐out.
  • B) No caso da armadilha de liquidez, quanto maior for a elasticidade da demanda por moeda em relação à taxa de juros, maior será o efeito da política fiscal.
  • C) No caso clássico, a política fiscal apresenta um grau de eficácia maior quanto mais elástica for a curva IS.
  • D) No caso clássico, a política monetária é totalmente ineficaz, pois qualquer ampliação da oferta monetária será retida pelo público.
  • E) No caso da armadilha de liquidez, a demanda por moeda independe da taxa de juros.

Question 12

Question
32, É um instrumento da contabilidade social referente à descrição das relações comerciais de um país com o resto do mundo. Ele registra o total de dinheiro que entra e sai de um país, na forma de importações e exportações de produtos, serviços, capital financeiro, bem como transferências comerciais:
Answer
  • a) Inflação.
  • b) Taxa de Câmbio.
  • c) Balanço de Pagamento.
  • d) Moeda.
  • e) Bens Públicos.

Question 13

Question
33. É um Regime misto da Macroeconomia. Este modelo substituiu os modelos clássicos, e está calcado na rigidez de preços e salários no curto prazo e flexibilidade no longo prazo. A Oferta Agregada é o que determina a Produção. A Oferta Agregada é função determinada pelo capital, trabalho e tecnologia, permaneceria então fixa no curto prazo.
Answer
  • a) Modelo Keynesiano Simples.
  • b) Modelo IS-LM.
  • c) Modelo Mundell Fleming.
  • d) Risco moral.
  • e) Método de Avaliação.

Question 14

Question
34. Referente ao Sistema Econômico Marque a alternativa INCORRETA:
Answer
  • a) Sistemas econômicos é o ramo da economia que estuda os métodos e instituições pelas quais sociedades determinam a propriedade, direção e alocação dos recursos econômicos e as suas respectivas trajetórias de desenvolvimento econômico.
  • b) Um sistema econômico pode ser definido como sendo a forma política, social e econômica pelo qual estar organizada uma sociedade. Engloba o tipo de propriedade, a gestão da economia, os processos de circulação das mercadorias, o consumo e os níveis de desenvolvimento tecnológico e da divisão do trabalho.
  • c) Um sistema econômico de uma sociedade é a unidade de análise. Entre sistemas contemporâneos em diferentes partes do espectro organizacional são os sistemas socialistas e os sistemas capitalistas, nos quais ocorre a maior parte da produção, respectivamente em empresas estatais e privadas. Entre esses extremos estão as economias mistas.
  • d) Um elemento comum é a interação de influências políticas e econômicas, amplamente descritas como economia política.
  • e) O sistema capitalista ou economia de mercado são resolvidos por um órgão central de planejamento, predominando a propriedade pública dos fatores de produção, chamadas nessas economias de meios de produção, englobando os bens de capital, terra, prédios, bancos, matéria-prima etc. o sistema Capitalista tem suas doutrinas e movimentos políticos voltados para os interesses dos trabalhadores, priorizando eliminar as diferenças entre as classes sociais e planificar a economia, para obter uma distribuição racional e justa da riqueza social.

Question 15

Question
35. Nas últimas décadas, um grande número de países em desenvolvimento promoveu medidas de liberalização da conta de capitais de seus balanços de pagamentos em contraste com o quadro vivido do final da segunda grande guerra até meados dos anos 1980, quando prevaleceram controles e restrições sobre operações financeiras internacionais. A transmissão da política monetária é profundamente afetada pela liberalização dos fluxos de capitais. Quando o movimento de capitais é liberalizado e o regime de câmbio é flutuante, um dos efeitos mais importantes da fixação da taxa de juros pelo Banco Central se dá precisamente sobre a entrada e a saída de capitais. Isso ocorre porque os detentores de capitais, tanto domésticos como estrangeiros, podem escolher o objeto de suas aplicações sem se preocupar com barreiras nacionais. DE CARVALHO, F. J. C. et al. Economia monetária e financeira: teoria e política. Rio de Janeiro: Campus, 2 ed., 2007 (adaptado). Considerando o contexto acima, avalie as seguintes asserções e a relação proposta entre elas. I. Com a liberalização da conta de capitais e a adoção do regime de câmbio flutuante nos países em desenvolvimento, em contraste com as medidas adotadas no período que vai da segunda grande guerra até meados dos anos 1980, passou a prevalecer o câmbio como canal de transmissão da política monetária. PORQUE II. As variações das taxas de juros de curtíssimo prazo promovidas pelos Bancos Centrais dos países em desenvolvimento, a partir de meados dos anos 1980, alteraram a rentabilidade dos ativos domésticos em relação a ativos externos nessas economias, induzindo a movimentos de entrada e saída de capitais e às consequentes variações no poder de compra externo da moeda doméstica e nos preços locais de bens importados. Com relação a essas asserções, assinale a opção correta.
Answer
  • A) As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa da I.
  • B) As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa da I.
  • C) A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa.
  • D) A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira.
  • E) As asserções I e II são proposições falsas.

Question 16

Question
36. Sobre os gastos e receitas do governo, pode-se afirmar que:
Answer
  • A) O superávit primário é igual à receita corrente do governo me nos as despesas correntes do governo.
  • B) A correção monetária e cambial da dívida é igual ao déficit nominal menos o déficit operacional.
  • C) O governo pode sempre elevar a sua arrecadação elevando a alíquota do imposto.
  • D) A diferença entre o déficit nominal e o déficit operacional é o pagamento dos juros nominais da dívida.
  • E) Pode-se medir o déficit através da variação dos gastos correntes do governo.

Question 17

Question
37. Analise as afirmativas: I. No curto prazo, os deslocamentos na demanda agregada causam flutuações na produção de bens e serviços da economia. II. No curto prazo, os deslocamentos da demanda agregada afetam a produção e o nível geral de preços. III. A curva de oferta agregada de longo prazo é negativamente inclinada. Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s):
Answer
  • A) I
  • B) II
  • C) III
  • D) I, II
  • E) I, III

Question 18

Question
38. Função consumo: C = 20 + 0,75(Y(1 – t)), onde Y é o PIB e t a alíquota do imposto. 2. Gastos do governo iguais a 40 e um imposto t = 20%. 3. Um investimento de 30. Com base nos dados, analise: I. Os gastos do governo é o maior componente da demanda agregada. II. O PIB desta economia é de 225. III. O consumo das famílias é de 155. Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s):
Answer
  • A) I
  • B) II
  • C) III
  • D) II, III
  • E) I, II, III

Question 19

Question
39. Suponha que um país tenha registrado em 2009, os seguintes dados referentes ao produto e renda agregados: • Produto Nacional Bruto = $ 18.000 • Produto Interno Bruto = $ 20.000 • Renda enviada ao exterior = $ 3.000 Pode-se afirmar então, que a renda recebida do exterior e a renda líquida enviada ao exterior são, respectivamente:
Answer
  • A) $ 16.000 e $ 2.000
  • B) $ 1.000 e $ 2.000
  • C) $ 1.000 e $ 1.000
  • D) $ 2.000 e $ 1.000
  • E) $ 2.000 e $ 15.000

Question 20

Question
40. Dados: em US$ O valor referente às transferências unilaterais é:
Answer
  • A) 50,00
  • B) 150,00
  • C) 250,00
  • D) 350,00
  • E) 450,00
Show full summary Hide full summary

Similar

Macroeconomia - 1.2 - Agregados, Criação de moeda e Contas do Sistema
glenerdourado
Questões de 61 a 80 da avaliação de Macroeconomia
Patrik Brill
Macroeconomia
Euler RA
Macroeconomia - 2 - Principais modelos macroeconômicos: Modelo Keynesiano
glenerdourado
Macroeconomia - 1.1 Contas Nacionais e Balanço de Pagamento
glenerdourado
Questões de 81 a 87 da avaliação de Macroeconomia
Patrik Brill
Questões de 01 a 20 da avaliação de Macroeconomia
Patrik Brill
Questões de 41 a 60 da avaliação de Macroeconomia
Patrik Brill
Regime de Metas da Inflação
Euler RA
Macroeconomia - 2 - Principais modelos macroeconômicos: f) modelos de escolha intertemporal:consumo
glenerdourado