Revisão de Filosofia - 2a. série do Ensino Médio

e-pn-2007@hotmail.co
Flashcards by e-pn-2007@hotmail.co, updated more than 1 year ago
e-pn-2007@hotmail.co
Created by e-pn-2007@hotmail.co almost 5 years ago
265
12

Description

Revisão de prova de Filosofia
Tags

Resource summary

Question Answer
A filosofia de Santo Agostinho é essencialmente uma fusão das concepções cristãs com o pensamento platônico. Subordinando a razão à fé, Agostinho de Hipona afirma existirem verdades superiores e inferiores, sendo as primeiras compreendidas a partir da ação de Deus. A teoria agostiniana que afirma ser a ação de Deus que leva o homem a atingir as verdades superiores se chama de Teoria da Iluminação. 05fc1dca-f970-438a-9b6e-ae4d3ee9802e.jpg (image/jpg)
Agostinho formula sua teoria do conhecimento a partir da máxima “creio tudo o que entendo, mas nem tudo que creio conheço”. A posição do autor não impede que cada um busque a sabedoria com suas próprias forças; o que ainda não é conhecido pode ser revelado mediante a consulta da verdade interior. Com base neste argumento podemos afirmar que A verdade interior só pode ser percebida pelo homem interior, que é iluminado pela luz desta verdade interior, que é contemplada por cada um.
[...] tornava-se premente que o intelectual tivesse, além do espírito cristão, o conhecimento contido nos li¬vros. Era preciso travar o diálogo entre o conhecimento divino e a razão humana. É nesse contexto que vemos aflorar, no Ocidente Medieval, grandes debates acerca da natureza humana, do conhecimento e da capacidade humana de ensinar e de aprender. OLIVEIRA, T. Esse debate filosófico medieval se orientará em torno da relação de conhecimento entre 62636e71-3753-41d5-ad58-7355b0b72a5e.jpg (image/jpg)
Na medida em que o Cristianismo se consolidava, a partir do século II, vários pensadores, convertidos à nova fé e, aproveitando-se de elementos da filosofia greco-romana que eles conheciam bem, começaram a elaborar textos sobre a fé e a revelação cristãs, tentando uma síntese com elementos da filosofia grega ou utilizando-se de técnicas e conceitos da filosofia grega para melhor expor as verdades reveladas do Cristianismo. Esses pensadores ficaram conhecidos como os Padres da Igreja, dos quais o mais importante a escrever na língua latina foi santo Agostinho. COTRIM, Gilberto. Esse primeiro período da filosofia medieval, que durou do século II ao século X, ficou conhecido como 6d947953-2227-4cbc-a6f4-835b7a2946d7.jpg (image/jpg)
Segundo o texto abaixo, de Agostinho de Hipona (354-430 d. C.), Deus cria todas as coisas a partir de modelos imutáveis e eternos, que são as ideias divinas. Essas ideias ou razões seminais, como também são chamadas, não existem em um mundo à parte, independentes de Deus, mas residem na própria mente do Criador, […] a mesma sabedoria divina, por quem foram criadas todas as coisas, conhecia aquelas primeiras, divinas, imutáveis e eternas razões de todas as coisas, antes de serem criadas […]. Sobre o Gênese, V Considerando essas informações, podemos perceber A influência da filosofia platônica sobre Agostinho, mas esta é modificada a fim de concordar com a doutrina cristã.
A filosofia de Agostinho (354 – 430) é estreitamente devedora do platonismo cristão milanês: foi nas traduções de Mário Vitorino que leu os textos de Plotino e de Porfírio, cujo espiritualismo devia aproximá-lo do cristianismo. Ouvindo sermões de Ambrósio, influenciados por Plotino, que Agostinho venceu suas últimas resistências (de tornar-se cristão). PEPIN, Jean. Apesar de ter sido influenciado pela filosofia de Platão, por meio dos escritos de Plotino, o pensamento de Agostinho apresenta muitas diferenças se comparado ao pensamento de Platão. Sendo uma delas Para Platão, o conhecimento é, na verdade, reminiscência, a alma reconhece as Ideias que ela contemplou antes de nascer; Agostinho diz que o conhecimento é resultado da Iluminação divina, a centelha de Deus que existe em cada um.
Agostinho acreditava que a história do homem era a história da luta entre o “Reino de Deus” e o “Reino do Mundo”. Esses dois reinos políticos nitidamente separados um do outro, mas reinos que, dentro de cada homem, aspiram o poder. Não obstante, o Reino de Deus é mais ou menos evidente na Igreja, ao passo que o Reino do mundo está mais ou menos presente nos fundamentos do Estados políticos. Esse dois reinos ele denominou de Cidade de Deus e Cidade dos Homens. 9d028e3d-7a9c-46bd-adfe-95dcbffd7d5d.jpg (image/jpg)
Quem nos mostrará o Bem? Ouçam a nossa resposta: Está gravada dentro de nós a luz do vosso rosto, Senhor. Nós não somos a luz que ilumina a todo homem, mas somos iluminados por Vós. Para que sejamos luz em Vós os que fomos outrora trevas. SANTO AGOSTINHO. Confissões IX. Sobre a doutrina da iluminação de Santo Agostinho podemos inferir A irradiação da luz divina atua imediatamente sobre o intelecto humano, deixando-o ativo para o conhecimento das verdades eternas. Essas verdades, necessárias e imutáveis, estão no interior do homem. d1f4b5d6-03e0-4bd2-b765-c339b52930cc.jpg (image/jpg)
Show full summary Hide full summary

Similar

Revisão de Direito Penal
Alice Sousa
Revisão Para o ENEM em 20 dias
GoConqr suporte .
Direito Tributário - Revisão
Maria José
Revisão de Direito Penal
GoConqr suporte .
Grandes Filósofos
Luiz Fernando
Simulado Filosofia
Marina Faria
Hobbes, Locke e Rousseau
Ricardo l.
REVISÃO DO ENS FUNDAMENTAL
Paulo César R. Silva
Dos Mitos à Filosofia...
KauanM
Sócrates, Platão e Aristóteles
André Matias
Simulado Filosofia
aloirmd