Direito Tributário - Competência Tributária

Elaine Mendes
Flashcards by Elaine Mendes, updated more than 1 year ago
Elaine Mendes
Created by Elaine Mendes over 7 years ago
139
4

Description

Aula 01

Resource summary

Question Answer
V ou F = A competência, privativa ou concorrente, para legislar sobre determinada matéria, não implica automaticamente a competência para a instituição de tributos. CORRETO
V ou F = Os entes federativos somente podem instituir os impostos e as contribuições que lhes foram expressamente outorgados pela Constituição. VERDADEIRO
V ou F = Os Estados-membros podem instituir apenas contribuição que tenha por finalidade o custeio do regime de previdência de seus servidores. VERDADEIRO
V ou F = Norma que pretendesse fixar alíquota mínima igual à da contribuição dos servidores titulares de cargos efetivos na União, para a contribuição a ser cobrada pelos Estados, pelo Distrito Federal e pelos Municípios de seus servidores, para o custeio, em benefício destes, do regime previdenciário, seria inconstitucional por contrariar o pacto federativo. FALSO
V ou f = A expressão "regime previdenciário" de seus servidores, a ensejar a instituição de contribuição pelos Estados-membros, não abrange a prestação de serviços médicos, hospitalares, odontológicos e farmacêuticos. VERDADEIRO
V ou F = compete à Lei Complementar instituir as limitações constitucionais ao poder de tributar. FALSO
V ou F = compete à Lei Complementar dispor sobre obrigação, lançamento, crédito, prescrição e decadência tributários. VERDADEIRO
V ou F = compete à Lei Complementar estabelecer critérios especiais de tributação, com o objetivo de prevenir desequilíbrios da concorrência. VERDADEIRA
V ou F = compete à Lei Complementar dispor sobre o adequado tratamento tributário ao ato cooperativo praticado pelas sociedades cooperativas. VERDADEIRO
V ou F = compete à Lei Complementar estabelecer tratamento diferenciado e favorecido para as microempresas e para as empresas de pequeno porte, inclusive regimes especiais ou simplificados. VERDADEIRO
V ou F = Se a Constituição atribuir à União a competência para instituir certa taxa e determinar que 100% de sua arrecadação pertencerá aos Estados ou ao Distrito Federal, caberá, segundo as regras de competência previstas no Código Tributário Nacional, a essas unidades federativas a competência para regular a arrecadação do tributo. FALSA.
V ou F = É permitido, sem que tal seja considerado delegação de competência, cometer a uma sociedade anônima privada o encargo de arrecadar impostos. VERDADEIRO.
V ou F = A Constituição Federal, além de conter normas instituidoras de tributos, igualmente contempla, em seus dispositivos, regras voltadas à discriminação das competências tributárias, a fi m de que os entes políticos possam criar seus tributos, dentro das suas respectivas esferas de atribuições. FALSA.
V ou F = A Constituição Federal prevê a possibilidade da criação, exclusivamente por lei, de contribuição de intervenção no domínio econômico relativa às atividades de importação ou comercialização de petróleo e seus derivados, gás natural e seus derivados e álcool combustível. VERDADEIRO
V ou F = De acordo com o Código Tributário Nacional, a pessoa que alienar sua empresa, o fundo de comércio ou apenas um estabelecimento da empresa, e o adquirente continuar a respectiva exploração, sob a mesma ou diversa razão social ou sob firma ou nome individual, a este último recai a responsabilidade pelos tributos do primeiro devidos até a data da alienação e que incidam sobre quaisquer daquelas universalidades de coisas. VERDADEIRO.
V ou F = Consoante entendimento do STF, o imposto de transmissão causa mortis é devido pela alíquota vigente ao tempo da abertura da sucessão e não ao tempo do início do processo de inventário e partilha. VERDADEIRO
V ou F = Ainda sobre o imposto de transmissão causa mortis, o cálculo do referido imposto deve operar-se sobre o valor dos bens na data da avaliação. VERDADEIRO.
V ou F = O não-exercício da competência tributária por determinada pessoa política autoriza a União a exercitar tal competência, com base no princípio da isonomia. FALSA.
V ou F = O serviço de iluminação pública pode ser remunerado mediante taxa. FALSA.
V ou F = Cabe aos Estados e ao Distrito Federal instituir e cobrar adicional de até cinco por cento do que for pago à União por pessoas físicas ou jurídicas domiciliadas nos respectivos territórios, a título de imposto sobre a renda e proventos de qualquer natureza, incidente sobre lucros, ganhos e rendimentos de capital. FALSO.
V ou F = Não é permitido instituir e cobrar taxa de conservação de estradas de rodagem cuja base de cálculo seja idêntica à do imposto sobre propriedade territorial rural. VERDADEIRO.
V ou F = O imposto sobre vendas a varejo de combustíveis líquidos e gasosos é instituído e cobrado pelos Municípios. FALSO.
V ou F = É permitido à União continuar a exigir o imposto sobre movimentação ou transmissão de valores e de créditos e direitos de natureza financeira, que instituiu com base na Emenda Constitucional nº 3, de 17 de março de 1993. FALSO.
V ou F = Somente a União poderá estabelecer critérios especiais de tributação, além de outras normas com os mesmos objetivos. VERDADEIRO.
Show full summary Hide full summary

Similar

DIREITO TRIBUTÁRIO - AULA 01 - CONCEITO DE TRIBUTOS
GoConqr suporte .
temas de raciocínio lógico da ESAF
Jeffrey hunter sobreira oliveira
COMPOSIÇÃO PROVAS AFRFB
felipe.parayba83
DIREITO TRIBUTÁRIO - AULA 01 - CONCEITO DE TRIBUTOS
tariana schuanz
DIREITO TRIBUTÁRIO - AULA 01 - CONCEITO DE TRIBUTOS
Anny Silva
COMPOSIÇÃO PROVAS AFRFB
MILENA CARLA MOREIRA
DIREITO TRIBUTÁRIO - AULA 01 - CONCEITO DE TRIBUTOS
Ludmila Timóteo
DIREITO TRIBUTÁRIO - AULA 01 - CONCEITO DE TRIBUTOS
Karlos Anderson
DIREITO TRIBUTÁRIO - AULA 01 - CONCEITO DE TRIBUTOS
paulo.abk
DIREITO TRIBUTÁRIO - AULA 01 - CONCEITO DE TRIBUTOS
Anny Silva
DIREITO TRIBUTÁRIO - AULA 01 - CONCEITO DE TRIBUTOS
Alan JHONES