ESPELHOS PLANOS

Pedro Fagundes
Mind Map by Pedro Fagundes, updated more than 1 year ago
Pedro Fagundes
Created by Pedro Fagundes almost 2 years ago
6
1

Description

Mind Map on ESPELHOS PLANOS, created by Pedro Fagundes on 10/02/2018.

Resource summary

ESPELHOS PLANOS
1 Leis da Reflexão
1.1 O ângulo de incidência (i) que o raio incidente forma com a normal (linha pontilhada) é igual ao ângulo de reflexão (r) que o raio refletido forma com a normal.
1.2 O desvio na reflexão é definido como sendo o ângulo entre o prolongamento do raio incidente e o raio refletido
2 Reflexão Difusa
2.1 Na Reflexão Irregular ou Difusa (numa lousa, numa parede, etc.), onde a superfície refletora não é polida, após a incidência, a luz se espalha, ou seja, ela reflete em todas as direções e sentidos, de maneira que se possibilite ao observador enxergar o objeto, estando em diferentes posições.
3 Reflexão Normal
3.1 Na Reflexão Regular (espelhos), a superfície que reflete é muito polida, os raios de luz são refletidos de forma regular e se consegue observar a imagem do objeto.
4 Construção de Imagem
4.1 Para se determinar a imagem em um espelho plano, basta imaginarmos que o observador vê um objeto que parece estar atrás do espelho. Isto ocorre porque o prolongamento do raio refletido passa por um ponto imagem virtual, atrás do espelho.
4.2 Nos espelhos planos, o objeto e a respectiva imagem têm sempre naturezas opostas, ou seja, quando um é real o outro deve ser virtual. Portanto, para se obter geometricamente a imagem de um objeto pontual, basta traçar por ele, através do espelho, uma reta e marcar simétricamente o ponto imagem.
5 Campo Visual
5.1 Denominamos campo visual de um espelho plano toda a região que um observador consegue ver por reflexão
6 Translação de um espelho plano
6.1 A translação de um espelho plano ocorre quando um espelho se desloca de uma distância d fazendo com que a imagem translada, no mesmo sentido que o espelho, uma distância 2d.
7 Rotação de um espelho plano
7.1 A rotação de um espelho plano acontece quando o espelho gira em um ponto O, fixo nele mesmo, fazendo certo ângulo em relação à posição inicial do espelho plano.
8 Associação de espelhos planos
8.1 Associação em paralelo
8.1.1 O número de imagens do ponto A, formadas nos espelhos, é infinita. Cada imagem de um espelho faz o papel de um novo objeto para o outro espelho, e assim sucessivamente.
8.2 Associação angular
8.2.1 Considere α como sendo o ângulo formado por dois espelhos planos com as superfícies refletoras se defrontando. A quantidade de imagens formadas por um ponto objeto P, colocado entre os dois espelhos, pode ser determinada pela equação:
8.2.1.1
8.2.1.1.1 Onde: N = número de imagens, o ângulo α deve ser expresso em graus. Quando a expressão for um número par, o ponto objeto P poderá assumir qualquer posição entre os dois espelhos. Se a expressão
Show full summary Hide full summary

Similar

Óptica Geométrica
Juscelia Castro
Óptica Geométrica
Sara Soares
Óptica Geométrica
Samuel Lucas
Óptica Geométrica
NATÁLYA FANTONI DA MATA
Óptica Geométrica
Lavinia Pires
Óptica Geométrica
Samuel Lucas
Espelhos planos
Graziele Fernandes
Prova de quarta - Física - UP
Professor Alex Silva
Óptica Geométrica
laraazevedo1701
Óptica Geométrica
Natália Ferreira
Óptica Geométrica
Flavia Viégas