Brasil Pré- Colonial e Produção Açucareira

Alexia Lacerda
Mind Map by Alexia Lacerda, updated more than 1 year ago
Alexia Lacerda
Created by Alexia Lacerda almost 5 years ago
50
2

Description

Esse esquema visa uma visualização maior do conteúdo Brasil Colonial (até a expulsão dos holandeses) e o que o antecede.

Resource summary

Brasil Pré- Colonial e Produção Açucareira
1 COLONIAL (OCUPAÇÃO)
1.1 Pré Colonial
1.1.1 Portugal
1.1.1.1 Tinha política centralizada.
1.1.1.1.1 Permitia o desenvolvimento náutico.
1.1.1.2 Dominava técnicas de navegação
1.1.1.2.1 Escola de Sagres
1.1.1.3 Posição estratégica na Europa
1.1.2 O "achamento" do Brasil
1.1.2.1 Pedro Álvares Cabral
1.1.2.1.1 Denomina Monte Pascoal, Terra de Vera Cruz.
1.1.2.1.2 Segue para as índias
1.1.2.1.2.1 Acreditava que o Brasil não possuia riquezas.
1.1.2.1.2.1.1 Abandono do Brasil por 30 anos.
1.1.2.1.2.2 Lucravam com as especiarias
1.1.3 Indios X Portugueses
1.1.3.1 Escambo: o trabalho indígena em troca de bugigangas.
1.1.3.1.1 Feitorias no litoral
1.1.3.1.1.1 Comércio do Pau Brasil
1.2 Primeira organização territorial
1.2.1 CAPITANIAS HEREDITÁRIAS
1.2.1.1 Só prosperam as de São Vicente e Pernambuco.
1.2.1.2 Necessidade de colonizar o Brasil para evitar invasões estrangeiras.
1.3 Primeira forma governamental
1.3.1 GOVERNO GERAL
1.3.1.1 Centralização de poder.
1.3.1.2 Tomé de Souza
1.3.1.2.1 Funda Salvador (primeira capital)
1.3.1.2.2 Traz com ele os jesuítas.
1.3.1.2.2.1 Catequização indígena.
1.4 Necessidade de lucrar com o Brasil.
1.4.1 CULTIVO DE AÇÚCAR
1.4.1.1 Portugal aprendeu na costa da África.
1.4.1.2 Pelos engenhos
1.4.1.2.1 Havia mão de obra escrava.
1.4.1.2.1.1 Índigena
1.4.1.2.1.1.1 Houve resistência.
1.4.1.2.1.2 Africana
1.4.1.2.1.2.1 Tráfico
1.4.1.2.1.2.1.1 Navios Negreiros.
1.4.1.2.1.2.1.2 Dava tanto lucro à metrópole quanto o cultivo do açúcar.
1.4.1.3 Holandeses
1.4.1.3.1 No açúcar...
1.4.1.3.1.1 Refinavam e comercializavam para a Europa.
1.4.1.3.1.1.1 Onde o produto era valorizado.
1.4.1.3.2 No domínio territorial...
1.4.1.3.2.1 COMO: A partir da Companhia Holandesa das índias Ocidentais...
1.4.1.3.2.1.1 Invadem Salvador e Pernambuco.
1.4.1.3.2.1.1.1 Controlam Nordeste por 24 anos
1.4.1.3.2.1.1.1.1 Proporcionam o desenvolvimento das cidades.
1.4.1.3.2.1.1.1.1.1 COMO: Maurício de Nassau
1.4.1.3.2.1.1.1.1.1.1 Faz a época de ouro...
1.4.1.3.2.1.1.1.1.1.1.1 Investe na Nova Holanda (Pernambuco)
1.4.1.3.2.1.1.1.1.1.2 Regressa à Holanda pressionado pela WIC.
1.4.1.3.2.1.1.1.1.1.2.1 Causa a INSURREIÇÃO PERNAMBUCANA
1.4.1.3.2.1.1.1.1.1.2.1.1 Senhores de engenho VS Holandeses
1.4.1.3.2.1.1.1.1.1.2.1.1.1 Insatisfeitos com a cobrança de altos impostos e empréstimos proporcionados por Nassau, os senhores de engenho vencem os holandeses.
1.4.1.3.2.1.1.1.1.1.2.1.2 CONSEQUÊNCIA: Expulsão dos holandeses do Brasil
1.4.1.3.2.1.1.1.1.1.2.2 PORQUÊ: Investe muito na administração e pouco no lucro do açúcar.
1.4.1.3.2.2 PORQUÊ: a União Ibérica desestabelece seu comércio pela Europa.
2 LEMBRAR QUE: Tanto Pau Brasil, como açúcar e o ouro integram a MONOCULTURA. Caracterizando o PLANTATION.
2.1 Macete das características do plantation: LEME (Latifúndio, Escravismo, Monocultura, Exportações)
Show full summary Hide full summary

Similar

Brasil Colônia
Andreia Pinheiro
Revoltas Coloniais - 9º Ano Ensino Fundamental - ESI - Colégio São José
Marcos Roberto Martinez
O Governo-Geral Brasil colônia
jacson luft
HISTÓRIA DO BRASIL COLONIAL (1ª PARTE)
Lucas Villar
Ingleses, franceses e holandeses na América
jacson luft
O Tráfico Negreiro
jacson luft
Portugal e sua colônia na América
jacson luft
Escravizados e senhores na América porguesa
jacson luft
Brasil colônia
Halison César
Processo de Independência Brasileiro
Gabrielle Lattanzi
Ciclo da Mineração
isadorageovanak