Comandos

Wendy-Anna Lopes
Mind Map by Wendy-Anna Lopes, updated more than 1 year ago
Wendy-Anna Lopes
Created by Wendy-Anna Lopes about 6 years ago
8
0

Description

Segunda parte, comandos.

Resource summary

Comandos

Annotations:

  • Comandos são instruções do programa que tem o objetivo de atualizar as variáveis ou controlar o fluxo de controle do programa. Comandos são característicos de linguagens imperativas. De fato, o nome imperativo advém da visão que programas nessas linguagens usam comandos para determinar as computações a serem realizadas pelo computador. Em outras palavras, a linguagem é imperativa porque os programas comandam o computador.
  1. Tipos de Comandos

    Annotations:

    • Comandos de LPs imperativas podem ser classificados de acordo com a natureza da operação que realizam. Eles podem ser divididos nas seguintes categorias fundamentais [WATT, 1990]: atribuições, comandos seqüenciais, comandos colaterais, comandos condicionais, comandos iterativos, chamadas de procedimento e comandos de desvio incondicional.
    1. Atribuições

      Annotations:

      • Em sua forma geral, o comando de atribuição envolve o uso de um símbolo que designa o comando, uma expressão que produz uma referência à variável cujo valor será atualizado e uma expressão que produz como resultado um valor a ser armazenado nessa variável
      1. Sequenciais

        Annotations:

        • O modo mais comum de fluxo de controle existente em toda LP imperativa é a composição seqüencial de comandos. O comando antecedente na seqüencia é executado antes do subsequente. Normalmente, o conceito de bloco é usado na implementação dos comandos seqüenciais. Nesses casos, um bloco permite que uma série de comandos seqüenciais sejam abstraídos em um único comando. O
        1. Colaterais

          Annotations:

          • Esse tipo de comando é pouco comum em LPs imperativas. Nesses comandos não existe uma ordem prévia para a execução dos comandos. No exemplo seguinte as variáveis a e b são atualizadas independentemente e a ordem de execução é irrelevante, isto é, o(s) processador(es) pode(m) executar os dois comandos na ordem que for mais conveniente.
          1. Condicionais

            Annotations:

            • Um comando condicional (também conhecido como comando de seleção) permite a especificação de caminhos alternativos para o fluxo de controle do programa. Ele possui um número de subcomandos dos quais exatamente um é escolhido para ser executado.
            1. Seleção de Caminho Condicionado

              Annotations:

              • Esse comando permite que um trecho de programa seja executado se determinada condição é satisfeita.
              1. Seleção de Caminho Duplo

                Annotations:

                • Esse comando permite que exista uma condição para a escolha entre dois trechos alternativos de programa.
                1. Seleção de Caminhos Múltiplos

                  Annotations:

                  • Esse comando permite que exista uma escolha entre várias alternativas de execução do programa conforme o resultado de uma expressão.
                2. Iterativos

                  Annotations:

                  • Um comando iterativo (também conhecido como comando de repeti- ção ) permite a especificação de ciclos no fluxo de controle do programa. Iterações são típicas de LPs imperativas. Um comando iterativo possui um subcomando (o seu corpo) o qual é executado repetidamente até que a satisfação de algum tipo de condição determine o seu fim.
                  1. Número Indefinido de Repetiçõe

                    Annotations:

                    • Esse comando é usado quando o número de iterações não é determinado previamente. Em geral, existem 2 tipos desses comandos em LPs: um com pré-teste e outro com pós-teste.
                    1. Número Definido de Repetições

                      Annotations:

                      • Esse comando é usado quando o número de iterações é determinado previamente. Esse tipo de iteração é caracterizado pelo uso de uma variável de controle. O corpo da repetição é executado com a variável de controle assumindo cada valor de uma seqüência pré-determinada de valores.
                    2. Chamadas de Procedimentos

                      Annotations:

                      • Assim como chamadas de funções são expressões, chamadas de procedimentos são comandos. Chamadas de procedimento têm por objetivo atualizar variáveis. Isso é feito atualizando variáveis passadas pela lista de parâmetros ou alterando o valor de variáveis não locais.
                      1. Desvios Incondicionais

                        Annotations:

                        • Todos os comandos listados até aqui exibem um fluxo de controle do tipo entrada e saída única. Esse padrão é adequado para a maioria dos propósitos e incentiva a construção de programas estruturados, mais fáceis de se ler e de se manter. Contudo, em certas situações ele pode ser muito restritivo. Existe consenso que comandos que permitem entrada única e saída múltipla podem ser bastante úteis. Por outro lado, comando com entradas múltiplas são verdadeiramente nocivos a programação estruturada e devem ser evitados, senão proibidos.
                        1. Desvios Irrestritos

                          Annotations:

                          • Esse comando transfere a execução do programa para qualquer ponto especificado através de um rótulo. O comando de desvio irrestrito (mais conhecido como goto) confere um grande poder e flexibilidade ao programador. De fato, todos os demais comandos de fluxo de controle podem ser construídos a partir do goto e de uma operação de seleção.
                          1. Escapes

                            Annotations:

                            • Escapes são usados para permitir uma finalização diferente da usual em um comando, subprograma ou programa. Comandos de escapes são desvios incondicionais considerados estruturados, uma vez que só permitem a realização de desvios disciplinados no fluxo de controle do programa. Em contraste com os comandos de desvio irrestrito, eles não podem ser usados para criar ou entrar em repetições, nem para desviar o fluxo de controle para um local qualquer do programa.
                        Show full summary Hide full summary

                        Similar

                        SQL Comands
                        Marcelo Braga2690
                        Educação Inclusiva
                        Ricardo Oliveira
                        AO02_Quiz_JHONATAN SILVA CAMARGO
                        Jhonatan Camargo
                        Console de Comandos
                        Daniel Belchior
                        Digite seu texto aqui
                        valeria diniz
                        Comandos elétricos
                        Gustavo Velho
                        Paradigmas CI
                        Bianca Regis
                        AO02_MapaMental_GustavoGomesSilva
                        Gustavo Gomes
                        AO02_MapaMental_JHONATAN SILVACAMARGO
                        Jhonatan Camargo
                        AO02_Quiz_LuizHenrique
                        Luiz Henrique de Moura Santana
                        AO02_MapaMental_GuilhermeMartins
                        Guilherme Martins Buntrok