Geomorfologia

Vania Leão
Mind Map by Vania Leão, updated more than 1 year ago
Vania Leão
Created by Vania Leão over 6 years ago
65
1

Description

Estudos das formas da Terra.

Resource summary

Geomorfologia
1 AGENTES
1.1 ENDÓGENOS
1.1.1 ROCHAS
1.1.1.1 MAGMÁTICA OU ÍGNEAS
1.1.1.2 METAMÓRFICAS
1.1.1.3 SEDIMENTARES
1.1.1.3.1 DETRÍTICA OU CLÁSTICAS

Annotations:

  • FORMADAS A PARTIR DA ASSOCIAÇÃO DE SEDIMENTOS; EXEMPLO ARENITO.
1.1.1.3.2 ORGÂNICAS

Annotations:

  • SEDIMENTOS RICOS EM RESTOS DE SERES VIVOS. EXEMPLO CALCÁRIO, TURFA, HULHA.
1.1.1.3.3 QUÍMICAS

Annotations:

  • ORIGEM DE REAÇÕES QUÍMICAS. EXEMPLO: SAL-GEMA, SALITRES.
1.1.2 ESTRUTURA GEOLÓGICA
1.1.2.1 ESCUDOS CRISTALINOS

Annotations:

  • FORMAÇÃO GEOLÓGICA ANTIGA, FORMADA POR ROCHAS MAGMÁTICAS OU CRISTALINAS. OCORRÊNCIA DE MINERAIS METÁLICOS.
1.1.2.2 BACIAS SEDIMENTARES

Annotations:

  • DEPRESSÕES PREENCHIDAS POR SEDIMENTOS PROVENIENTES DE ÁREAS PRÓXIMAS. DATAM DE ERAS PALEOZOICA, MESOZOICA E CENOZOICA (AS MAIS RECENTES. SÃO IMPORTANTES DEVIDO A PRESENÇA DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS.
1.1.2.3 DOBRAMENTOS MODERNOS

Annotations:

  • CADEIAS MONTANHOSAS DE FORMAÇÃO RECENTE- ERA CENOZOICA.
1.1.3 OROGÊNESE

Annotations:

  • DOBRAMENTOS OU ENRUGAMENTOS QUE DEFORMAM AS CAMADAS ROCHOSAS SEDIMENTARES. ESTÃO À MARGEM DE PLACAS TECTÔNICAS, DANDO ORIGEM AOS GRANDES CONJUNTOS MONTANHOSOS DA TERRA.
1.1.4 ABALO SÍSMICO
1.1.5 VULCANISMO

Annotations:

  • VIBRAÇÃO DA SUPERFÍCIE TERRESTRE QUE PERMITE A ASCENSÃO DE LAVA OU MAGMA DO INTERIOR DA TERRA.
1.2 EXÓGENOS
1.2.1 MorfoESCULTURAS
1.2.1.1 INTEMPERISMO

Annotations:

  • também conhecido como METEORIZAÇÃO
1.2.1.1.1 QUÍMICO

Annotations:

  • ntemperismo químico: Quebra da estrutura química dos minerais que compõe a rocha ou sedimento (material de origem). As rochas, então, sofrem um processo de decomposição. A intensidade deste intemperismo é relacionada com a temperatura, pluviosidade e vegetação, ocorrendo principalmente nas regiões intertropicais.
1.2.1.1.2 FÍSICO

Annotations:

  • Intemperismo físico: Desagregação ou desintegração do material de origem (rocha ou sedimento) sem que haja alteração química dos minerais constituintes. Ele, portanto, causa uma desagregação de fragmentos cada vez menores, conservando as características de seus minerais, aumentando a superfície de contato dos fragmentos, o que colabora com o intemperismo químico. Em regiões desérticas e de clima semiárido esse processo é mais intenso.
1.2.1.1.3 BIOLÓGICO

Annotations:

  • Intemperismo Biológico Definição: O Intemperismo Biológico ocorre através dos seres vivo (plantas ou/e animais) onde estes desempenham de forma direta ou indireta o trabalho muito importante na intemperizaçao das rochas. Curiosidades: • Tem aspecto importante do intemperismo biológico é o seu papel no desenvolvimento e formação dos solos. • . Existe uma discussão sobre o conceito do intemperismo biológico, uma vez que quando um animal pisoteia o pasto, poderia ser considerada erosão física ou uma ação de um animal. Atuantes no intemperismo Biológico: • As Plantas, na qual, as raízes das árvores penetram nas fissuras e alargam ou trituram as paredes rochosas em busca de sais minerais, além da ação de fraturamentos nas raízes elas também liberam ácidos húmicos que irão causar o intemperismo químico. s raízes das árvores penetram nas fissuras e alargam ou trituram as paredes rochosas em busca de sais minerais, além da ação de fraturamentos nas raízes elas também liberam ácidos húmicos que irão causar o intemperismo químico. • No caso da bactéria elas entram nas fissuras e mesmo nos poros das rochas. Como elas necessitam de oxigênio do ar para viver, são ditas aeróbicas, as bactérias são bastante ativas em ambientes redutores, produzindo sulfetos entre outros compostos característicos do meio. Vale ressaltar também a atuação dos animais, como os roedores e/ou escavadores, bem como dos que lançam excreções ácidas que irão atuar nas rochas
1.2.1.2 EROSÃO
1.2.1.2.1 EÓLICA
1.2.1.2.2 MARINHA
1.2.1.2.3 PLUVIAL
1.2.1.2.4 FLUVIAL
1.3 Morfoestruturas
Show full summary Hide full summary

Similar

Comunidades de Aprendizagem: Geomorfologia
Catarina Troiano
Geomorfologia
nathalia.almeida
Unidades Estruturais do Relevo
sofia bheatrice spada
Comunidades de Aprendizagem: Geomorfologia
cristinalva soares
Comunidades de Aprendizagem: Geomorfologia
lizaeth mendes
Geomorfologia - Aulas 9 e 10
Guilherme Mello
geo 1
ca oli
Geo 1
ca oli
geo 1
ca oli
GEO1
ca oli
SISTEMAS Y RELACIONES
cecy menchaca