Maquiavel

Gabriel Oliveira4560
Mind Map by , created over 5 years ago

Ciência Política

170
12
0
Tags No tags specified
Gabriel Oliveira4560
Created by Gabriel Oliveira4560 over 5 years ago
Temas mais cobrados em Filosofia
Marina Faria
Maquiavel
CarolinaDelf
Filosofia
César D. Linck
Key Shakespeare Facts
Andrea Leyden
Camera Angles
saradevine97
Direitos humanos em face à história da humanidade
Roberto Bublitz
Maquiavel
Ana Luíza Kunzler
Filosofia Política - intermediário
Daniel Vieira Inácio
Fichas de Grandes Filósofos
GoConqr suporte .
Empirismo
Taynara Vitorino
Maquiavel
1 "Porque força é justa,quando necessária."
2 "Não existem boas leis sem boas armas."
3 sociedades possuem um ciclo:
3.1 Ordem --> Desordem --> Nova Ordem
3.1.1 ordem não é divina.
3.2 há duas forças no campo, uma de querer dominar e a outra de não querer ser dominada e oprimida
3.2.1 O problema político então encontra mecanismos que imponham a estabilidade das relações, que sustentem uma determinada correlação de forças.
3.2.1.1 há duas respostas à anarquia decorrente da natureza humana e do confronto entre os grupos sociais: o Principado e a República
3.2.1.1.1 A escolha de uma forma institucional não depende de um mero ato de vontade ou considerações abstratas e idealistas, mas da situação concreta.
3.2.1.1.2 Quando a nação encontra-se a ponto de uma deterioração é necessário um governo forte: o príncipe é o fundador do estado, um agente de tramsição numa fase que a nação se acha ameaçada de decomposição. Quando essa sociedade encontra-se em um equilíbrio, o príncipe, então, já cumpriu sua função e a sociedade está pronta para a república.
3.2.1.1.3 a república é o regime de liberdade, o povo é virtuoso, as instituições são estáveis e contemplam a dinâmica das relações sociais. Provoca uma cidadania ativa.
4 "A política não nos leva ao céu,mas quando não há,é o pior dos infernos."
4.1 A política é imperfeita,é um retratodos erros humanos(n é de Dios).Não há politica perfeita,pois homens não são perfeitos
4.2 A questão política é o resultado de feixes de forças, resultado das ações concretas dos homens em sociedade, ainda que nem todas as suas ações surjam da racionalidade e sejam imediatamente reconhecidas.
4.3 “Aquele que estuda cuidadosamente o passado pode prever os acontecimentos que se produzirão em cada Estado e utilizar os mesmos meios que os empregados pelos antigos. Ou então ... imaginar outros novos, segundo a semelhança dos acontecimentos.”
4.3.1 É impossível extinguir as paixões e instintos humanos, o que torna a história um ciclo, onde as diferenças estão na duração das formas de convívio do homem.
5 A moral é flexível ou até irrelevante
5.1 o poder move a política,não a moral.
5.1.1 "É melhor ser temido do que ser amado." Crueldade X Clemência
5.1.1.1 "Há crueldades bem praticadas e crueldades mal praticadas."
5.1.1.1.1 há vícios que são virtudes, contudo certos ditames da moralidade convencional podem significar sua ruína; um príncipe sábio deve guiar-se pela necessidade.
5.1.1.1.1.1 A qualidade do Príncipe terá que ser a sabedoria ao agir em certas circunstâncias. O agir virtuoso é um agir como homem e como animal (combinação da virilidade e da natureza animal)
5.1.1.1.1.1.1 quer como o leão que amedronta os lobos ou como a raposa que conhece os lobos, o que conta é o triunfo das dificuldades e a manutenção do estado, não importam os meios eles serão honrosos e aplaudidos’.
5.1.1.2 é necessário virtù para se manter no poder; nem mesmo o principado hereditário é seguro.
5.1.1.2.1 Um governante virtuoso procurará criar instituições que facilitem o domínio.
5.1.1.2.1.1 Na força fundará seu domínio, o sucesso será a manutenção dessa conquista; a virtù gerará a fama, honra, glória e a segurança para seus governados.
5.2 "O fim justifica os meios".
6 filosofia maquiavelica partiu da condições na quais se vive e n das condições segundo as quais se deve viver.
7 A verdade efetiva das coisas
8 A ordem é produto produzido pelos homens para se evitar o estado da Barbárie do caos; uma ordem que necessita de constante manutenção, afinal não é eterna.
8.1 A natureza humana é conflitiva.
8.1.1 os homens são ingratos, volúveis, simuladores, covardes ante perigos, ávidos de lucros.

Media attachments