Figuras de linguagem

Laryssa Valencise
Mind Map by Laryssa Valencise, updated more than 1 year ago
Laryssa Valencise
Created by Laryssa Valencise over 3 years ago
77
2

Description

Figuras de palavra, de pessoa, sonoras e de sintaxe

Resource summary

Figuras de linguagem
1 De Pensamento
1.1 Antítese
1.1.1 Emprego de palavras de sentido oposto

Annotations:

  • "Quando um muro separa uma ponte une (...) Você vem me agarra, alguém vem me solta você vai na marra, ela um dia volta"  (Paulo César Pinheiro)
1.2 Paradoxo
1.2.1 Emprego de palavras de sentido oposto e que se contradizem, soando absurdo

Annotations:

  • "Amor é fogo que arde sem se ver (...) É um contentamento descontente É dor que desatina sem doer" (Camões)
1.3 Eufemismo
1.3.1 Expressão que atenua, suaviza uma verdade tida como penosa ou desagradável

Annotations:

  • Partir dessa para uma melhor (morrer) Senhora idosa (velha)
1.4 Gradação
1.4.1 Enumeração de ideias em ordem gradativa, visando a um efeito de intensificação
1.5 Hipérbole
1.5.1 Exagero de uma ideia a fim de proporcionar uma imagem emocionante ou chocante

Annotations:

  • "O povo estourava de riso" (Monteiro Lobato) "Rios te correrão dos olhos se chorares..." (Olavo Bilac)
1.6 Ironia
1.6.1 Processo de dizer o oposto do que se pensa, com intenção depcreciativa e sarcástica

Annotations:

  • "Moça linda, bem tratada, três séculos de família, burra como uma porta: um amor." (Mário de Andrade)
1.7 Prosopopeia/Personificação
1.7.1 Atribuição de caracteres próprios de seres animados a seres imaginários ou inanimados

Annotations:

  • "O vento beija meus cabelos As ondas lambem minhas pernas O sol abraça o meu corpo" (Lulu Santos/Nelson Motta)
1.8 Apóstrofe
1.8.1 Interpelação, chamado direto a pessoas e a seres inanimados

Annotations:

  • "Ó mar, por que não apagas Co'a espuma de tuas vagas De teu manto este borrão?" (Castro Alves) "Tu não verás, Marília, cem cativos..." (Tomás Antônio Gonzaga)
1.9 Perífrase/Circunlóquio
1.9.1 Substituição de uma palavra por uma série de outras, de modo que estas se refiram àquela indiretamente

Annotations:

  • flor do Lácio = Língua Portuguesa rei da selva = leão astro-rei = sol abóbada celeste = céu Cidade-Luz = Paris Livro Sagrado = Bíblia
2 De Palavra
2.1 Comparação
2.1.1 Colocação comparativa entre duas ideias, por meio do uso de: como, tal qual, mais do que etc.

Annotations:

  • "...cabelos mais negros que a asa da graúna" (J. Alencar)
2.2 Metáfora
2.2.1 Colocação subjetiva de comparação entre dois termos, associados sem uso de conjunções comparativas

Annotations:

  • "Você é meu caminho, meu vício" (Caetano Veloso)
2.3 Sinestesia
2.3.1 Fusão de sensações (visuais, auditivas, olfativas, táteis, gustativas) que geram um rico efeito expressivo

Annotations:

  • "Som que tem cor, fulgor, sabor, perfume." (Hermes Fontes)
2.4 Metonímia
2.4.1 Emprego de uma palavra por outra("parte pelo todo"), por associação próxima em contextos de causa e efeito, autor e obra etc.

Annotations:

  • Por que você não compra um pré-pago? Itamaraty aprova viagem do presidente. O 11 de setembro aterrorizou o mundo. Os importados vão subir de preço;
2.5 Catracrese
2.5.1 Emprego de uma expressão que, por analogia, nomeia algo a que falta designação

Annotations:

  • Perna da mesa, boca do forno, batata da perna, braço do rio, embarcar no avião etc.
2.6 Antonomásia
2.6.1 Substituição de um nome próprio por uma qualidade, atributo ou circunstância que individualiza o ser

Annotations:

  • A rainha dos baixinhos (Xuxa) Aleijadinho (Antônio Francisco Lisboa)
3 De Sintaxe ou Construção
3.1 Anáfora
3.1.1 Repetição da mesma palavra no início de um período, frase ou verso

Annotations:

  • "Dentro do tempo o universo na imensidão. Dentro do sol o calor peculiar do verão. Dentro da vida uma vida me conta uma estória que fala de mim. Dentro de nós os mistérios do espaço sem fim!" (Toquinho/Mutinho)
3.2 Assíndeto
3.2.1 Separação por vírgulas de orações ou palavras que deveriam vir ligadas por conjunções coordenativas

Annotations:

  • "Não nos movemos, as mãos é que se estenderam pouco a pouco, todas quatro, pegando-se, apertando-se, fundindo-se" (Machado de Assis)
3.3 Polissíndeto
3.3.1 Repetição intencional de uma conjunção coordenativa mais vezes do que exige a norma gramatical

Annotations:

  • "Há dois dias meu telefone não fala, nem ouve, nem toca, nem tuge, nem muge." (Rubem Braga)
3.4 Pleonasmo
3.4.1 Literário
3.4.1.1 Enriquecimento da expressão, enfatizando a mensagem

Annotations:

  • "Morrerás morte vil na mão de um forte." (Gonçalves Dias)
3.4.2 Vicioso
3.4.2.1 Vício de linguagem

Annotations:

  • Ouvir com os ouvidos Rolas escadas abaixo Colaborar juntos Hemorragia de sangue Repetir de novo
3.4.3 Repetição de uma ideia já sugerida ou de um termo já expresso
3.5 Elipse
3.5.1 Supressão de uma ou mais palavras facilmente subentendidas na frase

Annotations:

  • Compareci ao Congresso. (eu) Espero venhas logo. (eu, que, tu) Ele dormiu duas horas. (durante)
3.6 Zeugma
3.6.1 Omissão de palavras já expressas anteriormente

Annotations:

  • "Foi saqueada a vila, e assassinados os partidários dos Filipes." (Camilo Castelo Branco)
3.7 Hipérbato
3.7.1 Alteração da ordem direta dos elementos na frase

Annotations:

  • "Passeiam, à tarde, as belas na avenida." (Carlos Drummond de Andrade)
3.8 Anacoluto
3.8.1 Interrupção do plano sintático com que se inicia a frase, alterando-lhe a sequência do processo lógico

Annotations:

  • "E o desgraçado, tremiam-lhe as pernas." (Manuel Bandeira) "Aquela mina de ouro, ela não ia deixar que outras espertas botassem as mãos" (José Lins do Rego)
3.9 Hipálage
3.9.1 Inversão da posição do adjetivo

Annotations:

  • "...em cada olho um grito castanho de ódio." (Dalton Trevisan) (...em cada olho castanho um grito de ódio)
3.10 Silepse
3.10.1 De Gênero
3.10.1.1 Discordância de gênero do adjetivo ou pronome com a pessoa a que se refere

Annotations:

  • "Pois aquela criancinha, longe de ser um estranho..." (Rachel de Queiroz)
3.10.2 De Pessoa
3.10.2.1 Discordância da pessoa verbal com o sujeito da oração

Annotations:

  • "Os dois ora estais reunidos..." (Carlos Drummond de Andrade) "Na noite do dia seguinte, estávamos reunidos algumas pessoas." (Machado de Assis)
3.10.3 De número
3.10.3.1 Discordância do número verbal com o sujeito da oração

Annotations:

  • "Corria gente de todos os lados, e gritavam" (Mário Barreto)
4 Sonoras
4.1 Aliteração
4.1.1 Repetição de mesma consoante

Annotations:

  • "Vozes veladas veludosas vozes volúpias dos violões, vozes veladas." (Cruz e Souza)
4.2 Assonância
4.2.1 Repetição de mesma vogal

Annotations:

  • "Sou Ana, da cama, da cana, fulana, bacana Sou Ana de Amsterdam." (Chico Buarque)
4.3 Paranomásia
4.3.1 Emprego de palavras semelhantes, porém de sentidos diferentes

Annotations:

  • "Berro pelo aterro pelo desterro berro por seu berro pelo seu erro quero que você ganhe que você me apanhe sou o seu bezerro gritando mamãe" (Caetano Veloso)
4.4 Onomatopeia
4.4.1 Imitação aproximada de um ruído ou som produzido por seres animados

Annotations:

  • "...para compor o zanzineio surdo circular opressivo zunzin de mil zonzons zoando em meio à pasta de calor" (Carlos Drummond de Andrade)
Show full summary Hide full summary

Similar

FIGURAS DE LINGUAGEM
Gabriela Vianna
Redação para Vestibular
GoConqr suporte .
Vestibular - Crase
GoConqr suporte .
Figuras de linguagem
Roberta Souza
Tipos textuais
brunolorenzatto
SUBSTANTIVOS
Viviana Veloso
ESTRUTURA DAS PALAVRAS - Morfologia
Viviana Veloso
Gramática - Visão Geral - Fonologia
tiago meira de almeida
Gramática - Fonologia - Quiz I
tiago meira de almeida
GRAMÁTICA da LÍNGUA PORTUGUESA
Viviana Veloso
Redação para Vestibular
Alice Sousa