FATORES CLIMÁTICOS

Luiza Taccaci
Note by Luiza Taccaci, updated more than 1 year ago
Luiza Taccaci
Created by Luiza Taccaci almost 5 years ago
22
1

Description

Resumos sobre os Principais fatores climáticos, da geografia

Resource summary

Page 1

FATORES CLIMÁTICOS

Latitude Altitude Maritimidade Continentalidade Massas de Ar Correntes Maritimas El Niño El Niña Configuração do Relevo

Latitude: Quanto maior a sua LATITUDE, menor é a temperatura.

Altitude: Quanto menor a sua ALTITUDE, mais rarefeito, torna-se o ar atmosférico. Isso contribui para que haja menos propagação de calor (Irradiação) e dessa forma, menores temperaturas.

Maritimidade: Quando a região é mais próximo do mar, maior será sua interferência oceânica em, seu clima.Caracterizam-se como áreas úmidas, e com amplitudes térmicas baixas.

Continentalidade: Quanto mais afastada a região em relação ao mar, menor será a sua influência oceânica, em seu clima.Caracterizam-se como áreas mais secas, e com amplitudes térmicas altas.

Massas de Ar: São volumes de ar acumulados que possuem características em comum, como temperatura e umidade, e que se formam sobre grandes áreas uniformes de terra ou água. Suas características são determinadas a partir da influência da área onde elas se constituem.Tipos de massas de ar pelo MUNDO:Massas Equatoriais - (mE): originam-se nas regiões de baixas latitudes (ou seja, próximas à Linha da Equador). Em razão disso, apresentam temperaturas mais elevadas. Elas se dividem em equatoriais oceânicas, mais úmidas pela influência dos oceanos, e equatoriais continentais, mais quentes e um pouco menos úmidas.Massas Tropicais - (mT): originam-se em latitudes intermediárias (entre a Linha do Equador e os polos). Caracterizam-se pela baixa pressão e pelas elevadas temperaturas.Massas polares - (mP): originam-se nas regiões de altas latitudes (próximas aos polos). Possuem uma massa menor do que as demais. As massas polares continentais são mais frias e secas, e as massas polares oceânicas são mais úmidas e menos frias.

Tipos de massas de ar pelo BRASIL:Massa Equatorial Atlântica - (mEa): Características: quente e com elevada umidade. Origem: Oceano Atlântico, na região da linha do Equador. Onde atua: principalmente nos estados do nordeste brasileiro. Massa Equatorial Continental - (mEc): Características: quente e úmida Origem: Amazônia, região central do estado do Amazonas. Onde atua: no inverno atua, principalmente, nos estados do Amazonas, Acre e Roraima. Já no verão, atua numa área maior, atingindo também os estados da região centro-oeste do Brasil, podendo atingir também as áreas oeste dos estados de São Paulo e Minas Gerais. Massa Tropical Atlântica - (mTa): Características: quente e úmida. Origem: Atlântico Sul Onde atua: no verão atua mais nos estados das regiões sudeste e sul. Já no inverno, pode atingir também as regiões nordeste e centro-oeste. Massa Tropical Continental - (mTc): Características: quente e com baixos índices de umidade. Origem: região nordeste da Argentina Onde atua: de baixa intensidade, atingi somente os estados que fazem fronteira com Paraguai e Argentina. Massa Polar Atlântica - (mPa): Características: fria e úmida. Origem: Antártida (polo sul) Onde atua: no inverno sua ação é intensa. Atua, principalmente, nos estados do sul e Sudeste do Brasil. É responsável pelo frio e baixas temperaturas no inverno nestas regiões. Essa massa de ar pode também, no inverno, atingir o litoral nordestino, baixando as temperaturas e provocando chuvas. Pode atuar também, no inverno, na região da Amazônia.

Correntes Marítimas: Alteram a temperatura da atmosfera sobre elas, influenciando o clima. Em virtudes de características próprias de temperatura, e salinidade e direção. A origem esta relacionado ao movimento de rotação da Terra, que apresentam como correntes Quentes e Frias.

El Ninõ: É um fenômeno atmosférico-oceânico caracterizado por um aquecimento anormal das águas superficiais no Oceano Pacífico Tropical. Altera o clima regional e global, mudando os padrões de vento a nível mundial, afetando assim, os regimes de chuva em regiões tropicais e de latitudes médias.

La Ninã: É um fenômeno oceânico-atmosférico caracterizado pelo resfriamento anormal nas águas superficiais do Oceano Pacífico Equatorial. O fenômeno, caracteriza-se pela intensificação dos ventos alísios, que sopram na faixa equatorial de leste para oeste.

Configuração do Relevo: O significado de relevo se refere ao conjunto de formas que sobressaem na crosta terrestre, concebidas sob ação de forças internas e externas denominadas agentes de relevo.O relevo corresponde às diversas CONFIGURAÇÕES da crosta terrestre (montanhas, planaltos, planícies, depressões, etc.)Internos ou endógenos: Processos estruturais que atuam do interior para o exterior: tectonismo, vulcanismo e abalos sísmicos. São as chuvas, os mares os rios, as geleiras, os animais e as ações do homem que modificam a superfície terrestre.Externos ou exógenos: Processos esculturais que atuam externamente, modificando as paisagens, como o intemperismo, a ação das águas, do vento, do mar, do gelo e dos seres vivos entre outros.São as chuvas, os mares, os rios, as geleiras, os animais e as ações do homem que modificam a superfície terrestre.

Show full summary Hide full summary

Similar

Períodos geológicos
Alessandra S.
Projeto Med 2015: História e Geografia
elisacoltro
O Clima - Geografia
GoConqr suporte .
Geografia do Brasil
kelly.etehil
Simulado Geografia
Marina Faria
Blocos econômicos
Ighor Ferreira
Geografia - Mapa do Brasil
GoConqr suporte .
CLIMA GEOGRAFIA
Alice Sousa
Geografia- ENERGIA
jpedrohenriques
Revolução Industrial século XVIIl e XIX
izabelamendeslop
Geografia - Cartografia
Jessica Caroline de Macedo