Simulado de Antropologia e Cultura Brasileira II

Bárbara Bezerra
Quiz by Bárbara Bezerra, updated more than 1 year ago
Bárbara Bezerra
Created by Bárbara Bezerra about 2 years ago
3324
4

Description

Simulado
Tags

Resource summary

Question 1

Question
Segundo a UNESCO (2002), a diversidade cultural “constitui o patrimônio comum da humanidade e deve ser reconhecida e consolidada em benefício das gerações presentes e futuras”. Em relação à diversidade cultural, é correto afirmar que
Answer
  • refere-se aos diferentes modos de ser dos grupos de pessoas, que pre¬cisam conviver e se relacionar nos mesmos espaços.
  • é uma das ciências que busca compreender os fenômenos culturais e pode con¬tribuir para a promoção da tolerância.
  • corresponde à busca por referências na área específica em que o profissional atua, isto é, à descoberta e ao contato com o novo.
  • é um elemento positivo, agregador, mas que não promove o respeito e a criatividade.
  • é um fenômeno necessariamente social, partilhado pelas pessoas de determinado gru-po.

Question 2

Question
Segundo Laplantine (2003, p. 13), “O projeto antropológico consiste no reconhecimento, conhecimento, juntamente com a compreensão de uma humanidade plural. Isso supõe ao mesmo tempo a ruptura com a figura da monotonia do duplo, do igual, do idêntico, e com a exclusão num irredutível ‘alhures’. As sociedades mais diferentes da nossa, que consideramos espontaneamente como indiferenciadas, são na realidade tão diferentes entre si quanto o são da nossa. E, mais ainda, elas são para cada uma delas muito raramente homogêneas (como seria de se esperar) mas, pelo contrário, extremamente diversificadas, participando ao mesmo tempo de uma comum humanidade.” Ainda para o autor, existem cinco áreas do fazer antropológico que mais se destacam, a Antropologia Biológica, a Pré-Histórica, a Linguística, a Psicológica, a Social e Cultural. Em relação a Antropologia Biológica é correto assinalar que:
Answer
  • Estuda as variações dos caracteres biológicos do homem no espaço e no tempo. A sua problemática está situada nas relações entre o patrimônio genético e o meio (geográfico, ecológico, social), e ela analisa as particularidades morfológicas e psicológicas ligadas a um meio e à sua evolução.
  • Estuda o homem através dos vestígios materiais enterrados no solo (ossadas, mas também quaisquer marcas da atividade humana). Trabalha em conjunto com a arqueologia, reconstruindo as sociedades que já desapareceram, e com a História, de modo a analisar os artefatos encontrados.
  • Analisa a linguagem como patrimônio cultural. Em outras palavras, seu objeto de estudo é a forma como os indivíduos de uma sociedade expressam seus valores, suas preocupações, seus pensamentos. Atua na interdisciplinaridade com diversas outras ciências, como dialetologia, a semiótica e a linguística.
  • Consiste no estudo dos processos e do funcionamento do psiquismo humano. Aqui, o interesse do antropólogo está direcionado para o indivíduo e seus processos conscientes e inconscientes, e não necessariamente para a coletividade. A dimensão psicológica é absolutamente indissociável do campo antropológico.
  • Afirma que o foco é tudo o que diz respeito a uma sociedade, ou seja, os seus modos de produção econômica, a moral, as suas técnicas, a sua organização política e jurídica, seus sistemas de parentesco, seus sistemas de conhecimento, a suas crenças religiosas, a sua língua, os seus valores, as suas criações estético-artísticas e a compreensão da realidade cultural produzida na era da sociedade informatizada.

Question 3

Question
Analise o texto a seguir que faz parte do artigo “O menino selvagem e as invariantes do humano”, publicado na revista virtual “P@rtes”, de autoria de José Carlos Rocha e Gilberto da Silva. “Em meados do século dezenove, em Paris, o jovem médico Jean-Jacques Gaspar Itard dá com um aglomerado de pessoas observando na rua um menino enjaulado a quem chamavam de menino-macaco. Com autorização judicial, o médico o conduz à residência, onde tratará de educá-lo, tornando-o objeto de investigações científicas. Aparentando seis a oito anos de idade, surdo e mudo, com posturas próximas do animalesco, o menino que fora capturado no mato, onde teria sido abandonado ainda recém-nascido, quase nada aprendera. Itard observou meticulosamente o menino durante três anos, período que o teve de sobrevida em ambiente social. Entre as letras do alfabeto fonético, o menino aprendeu apenas a pronunciar o “ô”, derivando daí o nome Victor e o sobrenome d’Aveyron, região onde fora capturado. Durante este período o máximo de imagens que Victor conseguiu reconhecer foi o desenho de uma garrafa de leite no quadro negro.” Fonte: Disponível em: http://www.partes.com.br/colunistas/gilbertosilva/meninoselvagem.asp. Acesso: 28/02/2016. Com base na análise do texto, e das leituras reflexivas sobre sociedade, cultura e linguagem é correto afirmar que
Answer
  • a tentativa de se educar o menino foi mal sucedida pela ausência de técnicas desenvolvidas de aculturação dos indivíduos.
  • o menino descrito no texto estava fora dos processos culturais e de socialização comuns a todos os indivíduos quando foi encontrado e capturado.
  • as tentativas de se educar o menino para uma vida social completa foram falhas por se tratarem de métodos científicos, sendo desconsiderados os métodos sociais.
  • a dificuldade do menino em aprender estava diretamente ligada ao processo primário de desenvolvimento das instituições responsáveis pela socialização.
  • o menino recusou ser educado pelo médico por acreditar ser desnecessário para sua vida a educação nos padrões vigentes na França naquele período.

Question 4

Question
“O termo Globalização é normalmente utilizado a propósito de um conjunto de transformações socioeconômicas que vêm atravessando as sociedades contemporâneas em todos os cantos do mundo. Tais transformações constituem um conjunto de novas realidades e problemas que parecem implicar acrescidas dificuldades e novos desafios para os trabalhadores. Considerando que o conhecimento constitui um instrumento fundamental para a intervenção social, este Manual visa suscitar a reflexão e o debate através de uma iniciação fundamentada às principais questões que a Globalização suscita.” (CAMPOS; CANAVEZES, 2007, p. 8). Um dos traços importantes desse fenômeno global são os impactos provocados no mercado de trabalho, fazendo com que esse seja mais afunilado e inacessível para as pessoas consideradas diferentes pela sociedade. A partir desse pressuposto, é possível afirmar que a globalização apresenta a seguinte contradição.
Answer
  • Por um lado, aumentou a compra de produtos manufaturados em espaços capitalistas, onde as questões sociais estão mais bem resolvidas. Por outro lado, intensificou o desejo de grupos oprimidos de buscarem inspirações nessa mesma cultura.
  • Por um lado, afastou os diferentes grupos sociais. Por outro lado, trouxe a consciência quase que universal de que é necessário garantir os direitos de diversas minorias, sempre a partir de plebiscitos e outras consultas à vontade popular.
  • Por um lado, aumentou o contato entre diferentes grupos sociais, com diferentes desejos e necessidades políticas. Por outro lado, intensificou o conflito entre esses grupos, interferindo diretamente na luta por espaços sociais e políticos e por direitos.
  • Por um lado, trouxe a necessidade dos diversos grupos sociais de aprenderem uma única língua com a qual pudessem se comunicar. Por outro lado, criou o desejo desses mesmos grupos de divulgarem suas próprias línguas locais.
  • Por um lado paralisou as lutas sociais, já que todas as conquistas dos diferentes grupos sociais passaram a ser divididas rapidamente. Por outro lado, incentivou a busca por novas lutas, algumas sem validade e representatividade.

Question 5

Question
O antropólogo Edward Burnett Tylor definiu Cultura, em 1871, como: “todo complexo que inclui os conhecimentos, a crença, a arte, as leis, a moral, os costumes e quaisquer outras capacidades e hábitos adquiridos pelo homem enquanto membro de uma sociedade”. Tendo por base a discussão sobre cultura, é correto afirmar ainda que:
Answer
  • O termo cultura diz respeito somente às festas e cerimônias tradicionais de um povo, ao seu modo de vestir, ao seu modo de se alimentar, a seu idioma.
  • A cultura passa a ser vista como conhecimento transmitido geneticamente.
  • A cultura de um povo se caracteriza por sua dimensão individual, jamais coletiva.
  • A cultura não é algo dado, posto, dilapidável, mas, algo constantemente reinventado, recomposto, investido de novos significados.
  • O termo cultura deve ser somente associado às manifestações artísticas como teatro, música, pintura, escultura.

Question 6

Question
Trata-se de um estatuto de pertencimento de um indivíduo a uma comunidade politicamente articulada, tendo esses direitos e obrigações, sob a forma de leis. Pode ser vista na modernidade sob duas categorias: formal (refere-se ao direito indicativo de nacionalidade) e substantiva (definida pela sociologia e pela ciência política como posso de direitos sociais). Esse conceito refere-se a que expressão também estudada na antropologia?
Answer
  • Inclusão.
  • Pertencimento social.
  • Mobilidade social.
  • Interdisciplinaridade.
  • Cidadania.

Question 7

Question
A identidade social não diz respeito apenas aos indivíduos. Todo grupo apresenta um a identidade que está em conformidade a sua definição social que o situa no conjunto social. Assim, a identidade social é ao mesmo tempo inclusão – pois só fazem parte do grupo aqueles que são idênticos sob certo ponto de vista – e exclusão – visto que sob o mesmo ponto de vista são diferentes de outros. (BERLATTO, 2009, p. 142). Sobre Identidade Social é correto o que se afirma em:
Answer
  • Desconsidera a lógica de funcionamento de outra cultura ou mesmo compreende os mecanismos do processo cultural, limitando-se à sua visão e referência cultural.
  • É definida como dinâmica e pode mudar ao longo da vida. Elas se constroem e reconstroem, conforme o processo de significação de cada um e as mudanças do próprio grupo. A fluidez dessas transformações vai depender muito do contexto sociocultural em que o indivíduo está inserido e de suas relações com o meio.
  • Corresponde a uma visão do mundo onde o nosso próprio grupo é tomado como centro de tudo e todos os outros são pensados e sentidos através dos nossos valores, nossos modelos, nossas definições do que é existência.
  • Está relacionada à identificação de um indivíduo com as manifestações culturais da coletividade em que está inserido.
  • Significa conceber uma cultura dentro de seu próprio contexto cultural.

Question 8

Question
As desigualdades étnico-raciais foram construídas, em especial na América Latina e no Brasil, pe¬los processos culturais e políticos de colonização europeia, desde o século XVI. No contato com os povos oriundos dos continentes invadidos, os europeus se depararam com culturas e traços humanos diferentes dos seus – seja dos asiáticos, africanos, aborígenes, indígenas, entre outros. Percebia-se o “outro” pela perspectiva da inferioridade e do etnocentrismo, o qual
Answer
  • refere-se à incapacidade de mensurar a cultura de um grupo.
  • é uma atitude necessária para aceitar a diversidade cultural em qualquer contexto, pois permite compreender que toda cultura é única.
  • desconsidera a lógica de funcionamento de outra cultura ou mesmo compreende os mecanismos do processo cultural, limitando-se à sua visão e referência cultural.
  • trata-se de um conjunto de características comuns a um grupo de pessoas que as diferenciam de outro grupo.
  • refere-se à percepção do papel social do indivíduo no seu próprio grupo e fora dele.

Question 9

Question
Berger e Luckmann (apud BERLATTO, 2009, p. 142) explicam que a formação e conservação das identidades são condicionadas por processos sociais determinados pelas estruturas sociais. Desse modo, a identidade social não diz respeito apenas aos indivíduos. Todo grupo apresenta um a identidade que está em conformidade a sua definição social que o situa no conjunto social. Assim, a identidade social é ao mesmo tempo
Answer
  • ordem e desordem.
  • positividade e negatividade.
  • estrutura e desestrutura.
  • inclusão e exclusão.
  • benefício e malefício.

Question 10

Question
O termo culturas híbridas refere-se ao limite entre o tradicional e o moderno, entre o elitista, o popular e o massivo. Trata-se de uma espécie de miscigenação entre diferentes culturas, ou seja, uma heterogeneidade cultural presente no cotidiano do mundo moderno. São originárias das trocas culturais neste contexto. É possível unir traços distintos de diferentes visões de mundo, formando uma nova cultura, novos signos, novos significados e identidades. Pode-se dizer que a Pós-Modernidade é constituída de culturas híbridas, e isso pode ser visto em diferentes momentos da globalização. Mas o que desencadeou o processo de hibridação moderna?
Answer
  • O avanço da informática.
  • As diferentes linguagens culturais.
  • Os conhecimentos científicos tradicionais.
  • A globalização.
  • Os meios de comunicação em massa.
Show full summary Hide full summary

Similar

Provas anteriores de Vestibular - Fuvest 1
GoConqr suporte .
Simulado Inglês
Marina Faria
Simulado Filosofia
Marina Faria
Simulado Matemática
Marina Faria
Simulado Geografia
Marina Faria
Simulado Espanhol
Marina Faria
Provas anteriores de Vestibular - Unicamp 2014 - 1
GoConqr suporte .
Provas anteriores de vestibular - Fuvest 2
GoConqr suporte .
Atomística/ Tabela Periódica - Química
Mateus Peres
SIMULADO IBGE 2016 - Matemática - Probabilidade
Alex Farias
SIMULADO - 3º ANO - E. M. - 2º DIA
eesfmang_nte