Artropodes

debora.biologia
Flashcards by debora.biologia, updated more than 1 year ago
debora.biologia
Created by debora.biologia almost 7 years ago
226
8

Description

Flashcards on Artropodes, created by debora.biologia on 08/26/2014.

Resource summary

Question Answer
São chamados de artrópodes todos os animais invertebrados que possuem o corpo com partes articuladas, como as patas ou pernas. Esse filo de animais é o mais diversificado do planeta, com mais de um milhão de espécies conhecidas.
Características Gerais É o filo com o maior número de espécies e com representantes terrestres, de água doce e marinhos.
Geralmente o corpo é dividido em três partes: cabeça, tórax e abdômen. Em muitas espécies, alguns ou todos segmentos unem-se a cabeça e formam uma estrutura denominada cefalotórax
Os artrópodes apresentam um esqueleto externo chamado de exoesqueleto, que é constituído por um carboidrato chamado de quitina. O exoesqueleto é muito duro e resistente e protege o corpo do animal como uma armadura. Ao crescer, os artrópodes precisam abandonar o esqueleto velho, pequeno, e fabricar outro, maior. Esse fenômeno é chamado muda ou ecdise e ocorre diversas vezes até cessar o crescimento na fase adulta.
Esse filo é dividido em cinco classes: 1- Insecta:
O corpo é dividido em três regiões: cabeça, tórax e abdome. Na cabeça existe um par de antenas. No tórax encontram-se três pares de apêndices locomotores e as asas, quando presentes.
O desenvolvimento pode ser: - DIRETO = ovo eclode um indivíduo já semelhante ao adulto, ou seja, não há metamorfose (insetos ametábolos). - INDIRETO = com metamorfose incompleta (insetos hemimetábolos) ou completa (insetos holometábolos)
2- Crustácea: tatu-bola (tatuzinho de jardim), o camarão, a craca e o caranguejo O corpo é dividido em duas regiões: cefalotórax e abdome. Possuem dois pares de antenas e cinco ou mais pares de apêndices locomotores.
3 - Aracnídeos: aranhas, escorpiões, carrapatos e ácaros. O corpo da maioria dos aracnídeos encontra-se dividido em cefalotórax e abdome. No cefalotórax existem quatro pares de apêndices locomotores, um par de quelíceras e um par de palpos ou pedipalpos. As quelíceras podem ser utilizadas para injetar veneno nas presas, como ocorre nas aranhas, ou para esmagá-las, como é o caso dos escorpiões. Os palpos são utilizados para apreensão e manipulação das presas. Os aracnídeos não possuem antenas.
As aranhas possuem glândulas de veneno no interior de suas quelíceras. O veneno inoculado contém enzimas que imobilizam e iniciam a digestão das presas. O abdome dos escorpiões é dividido em duas regiões: uma mais anterior, chamada de pré-abdome (ou mesossoma), e outra mais posterior, o pós-abdome (ou metassoma). Na extremidade do pós-abdome há uma estrutura chama télson, que abriga as glândulas de veneno.
4 - Quilópodes: Lacrais ou centopeias. O nome da classe vem do grego chilioi, mil; e podos, pés, e faz referência ao grande número de apêndices locomotores destes animais. Possuem o corpo dividido em diversos segmentos. No primeiro segmento (cabeça) existe um par de antenas e um par de estruturas inoculadoras de veneno. Em cada um dos segmentos restantes há um par de apêndices locomotores.
5 - Diplópodes: piolho-de-cobra. O nome da classe vem do grego diploos, duplo; e podos, pés, e faz referência a presença de um par de apêndices locomotores por segmento do abdome. Possuem o corpo segmentado, dividido em cabeça, tórax e abdome. Na cabeça há um par de antenas, no tórax há um par de apêndices locomotores por segmento; e no abdome, dois pares.
Sistema respiratório: depende do grupo e do habitat de cada espécie. Existem grupos que apresentam respiração branquial (crustáceos), traqueias (insetos, aracnídeos, quilópodes e diplópodes) e cavidade pulmonar (aracnídeos). O sistema circulatório é do tipo aberto e o sangue é lançado do coração para o interior de cavidades. A excreção pode ser realizada através das glândulas verdes (crustáceos), glândulas da coxa (aracnídeos) ou túbulos de Malpighi (insetos, aracnídeos, quilópodes e diplópodes).
O sistema nervoso é ganglionar, sendo composto por um cordão central ventral, gânglios cerebroides e um anel nervoso. A reprodução é sexuada, existindo tanto espécies dioicas quanto hermafroditas. O desenvolvimento pode apresentar estágios larvais (indireto) ou ser direto.
Show full summary Hide full summary

Similar

Artrópodes
Thiago Vale
Artrópodes
Beatriz Paiva
Arthropoda
Fernando Rs
Artrópodes
Carolina Iwaoka
REINO ANIMALIA (INVERTEBRADOS)
Reginaldo Fonseca
REINO ANIMALIA (INVERTEBRADOS)
Matheus de Paula Castro
Invertebrados
Laura Barbosa
Artrópodes
Enzo Sampaio
Filo Arthropoda
Maressa Araújo
FILOS
anna massad