Histologia Vegetal - Aula 16

Guilherme  Mello
Flashcards by Guilherme Mello, updated 5 months ago
Guilherme  Mello
Created by Guilherme Mello 6 months ago
2
1

Description

Aula 16 do módulo 4 da Biologia IV, Colégio Farias Brito.

Resource summary

Question Answer
Tecidos Embrionários Meristemas primário e secundário. 1.Células indiferenciadas. 2.Intensa divisão mitótica. 3.Apenas parede primária Função: Crescimento e formação de tecidos adultos.
Meristema Primário Crescimento Vertical. Localização: 1.Gema apical do Caule. 2.Gema subapical da raíz. 3.Gemas Laterais ( Axilares ) Tipos: 1.Protoderma ou Dermatogênio 2.Procâmbio ou Pleroma 3.Meristema fundamental ou Periblema
Protoderma ou Dermatogênio Epiderme.
Procâmbio ou Pleroma Xilema e floema primários.
Meristema fundamental ou Periblema Parênquima, Clorênquima e Esclerênquima
Meristema Secundário Crescimento em espessura. Originados por desdiferenciação celular. 1.Felogênio (Câmbio da casca ou do súber) 2.Parte do câmbio vascular, no caso o câmbio interfascicular.
Tecidos Adultos Permanentes. Células Diferenciadas e especializadas. 1.Periderme 2.Parênquima 3.Colênquima 4.Esclerênquima 5.Floema 6.Xilema 7.Epiderme "PERI PARou, COLou, XIngou, ESCLareceu, FLOcou, e seu EPImidio explodiu."
Epiderme Tecido de revestimento. Sem cloropasto, salvo em estômatos. Funções: 1.Proteção mecânica. 2.Proteção contra dessecamento. 3.Transpiração. 4.Absorção de água 5.Trocas gasosas. Presença de cutícula: Cutina + Cera
Velame Epiderme pluriestratificada, suberificada, com células mortas. 1.Capta a umidade do meio, como uma esponja. 2.Proteção mecânica nas raízes aéreas epífitas, como as orquídeas.
Estruturas anexas à Epiderme 1.Estômatos 2.Tricomas (Pelos) 3.Acúleos 4.Papilas 5.Escamas
Estômatos Abrem-se e fecham-se em resposta a sinais ambientais e fisiológicos, ajudando a planta a manter o balanço entre a perda de água e suas necessidades de oxigênio e gás carbônico. Quando uma planta está sujeita a altas temperaturas e a condições de seca, por exemplo, ela fecha os seus estômatos para conservar a água. Incidência de luz solar intensa é um estímulo à abertura dos estômatos
Tricomas Funções 1.Pelos radiculares facilitam a absorção de Água e de íons inorgânicos no solo. 2.Diminuição da perda de água e proteção contra a herbivoria.
Elevação dos Tricomas nas folhas Aumenta a reflectância da radiação luminosa, diminuindo a temperatura e reduzindo assim a perda de água foliar.
Acúleos Defesa contra herbívoros. São confundidos com espinhos. Presentes nas roseiras Fácil destaque. Avascularizados.
Espinhos Difícil destaque Folha, caule e raíz. Vascularizados. Defesa/Reduz a desidratação Presente em cactos e limoeiros.
Periderme Substitui a epiderme nos caules e nas raízes de plantas que apresentam crescimento secundário. Formação: 1.Súber ou Felema 2.Felogênio 3.Feloderme
Súber Presença de suberina: Impermeabilidade Tecido morto. Proteção mecânica. Todo tecido situado externamente ao súber está morto.
Lenticelas Pequenos cortes no súber que se formam abaixo de um estômato. Responsáveis por trocas gasosas.
Felogênio Câmbio cortical ou Câmbio suberoso. Forma o súber para o meio externo e o Feloderma para o meio interno.
Feloderma Células teciduais vivas.
Ritidoma Tecidos mortos corticais dispostos em extratos sucessivos, formados pela atividade de mais de um felogênio presente nas partes internas da planta.
Parênquima Tecido de preenchimento. Mais abundante na planta. Células vivas.
Parênquimas clorofilados Contém bastante cloroplastos e são responsáveis pela fotossíntese e em alguns outros órgãos verdes que são também chamados de clorênquimas.
Parênquimas de reserva São tecidos que predominam em certos órgãos, tuberosos (caules, raízes, frutos) e nas sementes.
Parênquima aqüífero Função: Armazenar água para reserva. Ocorre principalmente em plantas que vivem em ambientes secos (Cactos).
Parênquima aerífero ou aerênquima É tecido de reserva de ar. Ocorrendo principalmente em plantas aquáticas, auxiliando na flutuação e algumas vezes na respiração.
Parênquima amilífero Função: Armazenar proteínas, óleos, sacarose, inulina e amido.
Colênquima Tecido de sustentação. Células vivas. Função: Sustentar órgãos jovens em crescimento.
Esclerênquima Tecido de sustentação. Células maduras mortas. Paredes secundárias lignificadas: Dureza
Xilema Tecido vascular. Condução de água e íons ( Seiva Bruta ) Xilema primário: Procâmbio Xilema secundário: Câmbio vascular Presença de traqueídes.
Floema Tecido vascular. Condução de água e substâncias orgânicas ( Seiva Elaborada ) Floema primário: Procâmbio Floema secundário: Câmbio vascular Células especializadas na condução: Elementos crivados ( Poros ).
Tecidos de excreção e secreção 1.Hidatódios. 2.Células secretoras. 3.Pelos glandulares. 4.Bolsas secretoras. 5.Tubos laticíferos e Nectários
Hidatódios Epiderme de certas folhas. Eliminação de soluções aquosas diluídas. Fenômeno denominado gutação ou sudação.
Show full summary Hide full summary

Similar

Quiz Sobre Genética
Marerodrigues
Provas anteriores de Vestibular - Fuvest 1
GoConqr suporte .
Glossário de Biologia
GoConqr suporte .
Plano de estudos ENEM - Parte 2 *Exatas/Biológicas
Alice Sousa
Sistema Respiratório - Biologia
GoConqr suporte .
Plano de estudos ENEM - Parte 2 *Exatas/Biológicas
GoConqr suporte .
Fotossíntese
GoConqr suporte .
Ecologia I
kyungsos
Evolução Biológica: os mecanismos. A formação de novas espécies I
Bruno Fernandes3682
Português para Vestibular
GoConqr suporte .
Guia de Redação do ENEM
Alessandra S.