Ásia

Larissa Kéllen
Mind Map by Larissa Kéllen, updated more than 1 year ago
Larissa Kéllen
Created by Larissa Kéllen over 5 years ago
1461
0

Description

Resumão da Ásia natureza, com climas, vegetação, penínsulas entre outros.

Resource summary

Ásia
1 Divida em seis regiões:
1.1 Setentrional (Norte): clima – Polar e subpolar, invernos rigorosos com até 50° abaixo de zero! A vegetação Taiga ou Floresta de Coníferas e a Tundra (resiste a baixas temperaturas) predominam na região.
1.2 Central – Apresenta clima seco e semiáridos, vegetação de estepes e áreas desérticas.
1.3 Oriente Médio – Nessa região o fator climático é crucial, pois ela é composta de desertos.
1.4 Oriente Médio – Nessa região o fator climático é crucial, pois ela é composta de desertos.
1.5 Extremo Oriente: Clima subtropical e temperado. Portanto as florestas também são subtropicais e temperadas com exceção do oeste da China que apresenta clima frio de montanha e vegetação xerófila e estepes.
1.6 Ásia Meridional (sul)– A vegetação predominante são as florestas tropicais nas áreas úmidas e nas áreas semiúmidas, temos as savanas.
2 De todos os continentes o maior e mais populoso é a Ásia. Ela apresenta espaços geográficos diferenciados.
2.1 Foi no continente asiático que teve início o processo de civilização do homem. Na Ásia originaram-se as primeiras cidades:
2.1.1 » Aproximadamente 3.500 anos, as margens dos rios Tigre e Eufrates (Mesopotâmia).
2.1.1.1 » 2.500 a C, no vale do rio Indo.
2.1.1.1.1 » 1.550 a C, no vale do rio Amarelo.
3 A superfície da Ásia é de 44.329.852 km, o que corresponde a quase 30% das terras emersas, situadas totalmente no hemisfério Oriental e em maior parte ao norte do Equador. A Ásia limita-se: » Ao norte, com o oceano Glacial Ártico; » Ao sul, com o oceano Índico; » A leste, com o oceano Pacifico; » A oeste, com a Europa e o mar Mediterrâneo; » A sudoeste, com a África e o mar Vermelho.
3.1 A Ásia e a África eram antes unidas pelo istmo de Suez, aberto em 1869, agora Canal de Suez.
3.2 No litoral sul do continente Asiático, encontramos outras áreas importantes para a navegação comercial, como o golfo Pérsico ou Arábico e o golfo de Omã.
3.3 O golfo Arábico ou o golfo Pérsico demonstra, através da própria duplicidade de sua denominação, a disputa, entre árabes e persas, pelo seu domínio.
3.4 Através do Canal de Suez e destes golfos, os países produtores de petróleo escoam sua produção para o resto do mundo.
4 O litoral do continente asiático é bastante recortado, com uma grande quantidade e penínsulas:
4.1 » Península da Anatólia, na Turquia;
4.2 » Península Arábica, onde se situam a Arábia Saudita, Emirados Árabes, Catar, Berlim, Omã e Lêmen;
4.3 » Península do Decã, na índia;
4.4 » Península da Malaia, onde se situam a Malásia e Cingapura;
4.5 » Península da Indochina, onde se localizam Vietnã, Laos, Tailândia e Camboja;
4.5.1 » Península da Coréia, com Coréia do Norte e Coréia do Sul;
4.5.2 » Península de Kamtchatka, na Rússia.
5 São cinco as grandes Planícies asiáticas:
5.1 » Planície Siberiana: situada na Rússia, entre os montes Urais e o planalto Central Siberiano; é a mais extensa do continente, com 7 milhões de km.
5.2 » Planície Indo-gangética: atravessada pelos rios indo e Ganges, é formada por sedimentos provenientes da erosão das montanhas, trazidos por estes rios.
5.3 » Planície Indo-gangética: atravessada pelos rios indo e Ganges, é formada por sedimentos provenientes da erosão das montanhas, trazidos por estes rios.
5.4 » Planície da china: localizada no leste da Ásia, é atravessada por dois importantes rios: Rio Azul e Rio Amarelo.
5.4.1 Nas planícies da Mesopotâmia, Indo-gangética, da China e do Mekong desenvolve-se a cultura do arroz, base alimentar dessas populações, o que ocasiona grandes concentrações populacionais nestas áreas.
6 O continente asiático ainda conta com outra forma de relevo: é a depressão. A maior depressão absoluta da Ásia é o mar Morto, que se encontra a 392 m abaixo do nível do mar. O mar Cáspio também é considerado uma depressão absoluta, com 28 metros abaixo do nível do mar.
7 Os rios asiáticos desempenharam importante papel na fixação do homem. Estes rios correm das altas montanhas da região central em direção aos oceanos Pacífico, índico e Ártico.
7.1 Em sua maior parte possuem regime pluvial e nival, isto é, são alimentados pelas águas provenientes das chuvas e do derretimento das neves.
7.1.1 Uma característica da hidrografia asiática é a existência de grandes bacias internas que recolhem, em suas depressões, água que não correm para os oceanos.
7.1.2 Estas bacias estão situadas em áreas de clima seco, desempenhando um importante papel, como é o caso do rio Jordão, que possibilita o desenvolvimento de culturas irrigadas nas áreas secas que atravessa.
7.1.3 O rio Indo e o rio Ganges nasce nas cordilheiras do Himalaia. São de grande importância econômica, pois, durante as suas cheias, fertilizam as terras por onde passam.
7.1.4 Na planície Siberiana encontram-se rios que tem suas águas congeladas no inverno e no verão provocam enchentes. O rio Mekong também é de importância econômica para os países que atravessa. Em suas margens, é cultivado o arroz, alimento básico dos orientais.
8 O clima de um local qualquer da terra recebe a influência de fatores como: latitude ou posição geográfica, altitude, relevo, massas de ar e maritimidade. O continente asiático possui uma grande variedade climática como conseqüência da atuação desses fatores. O clima do continente asiático é tão diversificado quanto o seu relevo. O relevo da Ásia apresenta altitudes bastante elevadas, como a da cordilheira do Himalaia, onde existe a ocorrência de clima frio de alta montanha, porque, aproximadamente, para cada, 200 m que subimos, a temperatura diminui 1°C.
9 O Mar de Aral corresponde a um imenso lago constituído de água salgada que se encontra no centro do continente asiático, esse é considerado um mar interior que se estabelece entre o Cazaquistão (norte) e o Uzbequistão (sul). Até 1960 ocupava uma área de 68 mil quilômetros quadrados, extensão essa que o colocava como o quarto maior lago do mundo.
9.1 O Mar de Aral é testemunho de uma grande catástrofe ambiental, em menos de trinta anos perdeu tamanho de forma considerável causado pela ação antrópica, mais especificamente pelo desvio de parte de suas águas que foram destinadas à irrigação.
9.2 Atualmente, o Mar de Aral conta com aproximadamente metade de seu volume original, ao passo que o percentual de salinidade obteve uma grande elevação em seus níveis, reduzindo de forma significativa a quantidade de vida silvestre (fauna e flora).
9.3 As 178 espécies de animais diminuíram drasticamente para 38, além disso, a atividade pesqueira que produzia cerca de 25.000 toneladas anuais atualmente não existe mais, por causa da grande intensidade de sal que não favorece o povoamento de peixes.
9.3.1 O uso desenfreado de insumos agrícolas (fertilizantes, herbicidas, inseticidas entre outros) promoveu um elevado volume de mortalidade infantil proveniente de doenças que foram passadas de forma hereditária, sem contar a perda de vidas selvagens, como peixes e outros animais.
9.4 O ponto de partida para a destruição do Mar de Aral ocorreu a partir da implantação do governo da ex-União Soviética, do cultivo de extensas áreas de algodão, com aplicação de agrotóxico e substâncias para desfolhar as plantas.
Show full summary Hide full summary

Similar

Geografia - resumo
Ricardo l.
Idade Média
shh ss
Idade Média
Duda moschen
Hereditariedade
Nicanor H. Iba
Leis de Newton
GuiHayashida
Memórias Póstumas de Brás Cubas
Alessandra S.
Leis de Newton
Nelia Souza
Geografia
Catharine Santos
Idade Média
Artur Vieira Brum
Leis de Newton
bernardo sardenberg