Excitação do músculo esquelético: Transmissão Neuromuscular e Acoplamento Excitação-Contração

Bruno Cruzeiro
Mind Map by Bruno Cruzeiro, updated more than 1 year ago
Bruno Cruzeiro
Created by Bruno Cruzeiro over 5 years ago
340
0

Description

Medicina Fisiologia Mind Map on Excitação do músculo esquelético: Transmissão Neuromuscular e Acoplamento Excitação-Contração, created by Bruno Cruzeiro on 09/09/2014.

Resource summary

Excitação do músculo esquelético: Transmissão Neuromuscular e Acoplamento Excitação-Contração
1 Junção neuromuscular
1.1 É a junção que a terminação nervos faz com a fibra muscular
1.2 Anatomia
1.2.1 Placa motora
1.2.1.1 Fibra nervosa forma
1.2.1.1.1 complexo de terminais nervosos ramificados
1.2.1.1.1.1 eles invaginam na superfície extracelular da fibra muscular
1.2.1.2 É recoberta por uma ou mais
1.2.1.2.1 Células de Schwann
1.2.1.2.1.1 Função
1.2.1.2.1.1.1 Isolar os líquidos circunjacentes
1.2.1.3 No terminal axonal
1.2.1.3.1 Existem muitas mitocôndrias
1.2.1.3.1.1 Fornecem energia para síntese de
1.2.1.3.1.1.1 ACETILCOLINA
1.2.1.3.1.1.1.1 Transmissor excitatório
1.2.1.3.1.1.1.1.1 Excita a membrana da fibra muscular
1.2.1.3.1.1.1.2 É sintetizada no citoplasma do terminal
1.2.1.3.1.1.1.2.1 Absorvida nas vesículas sinápticas
1.2.1.3.1.1.1.2.1.1 Ficam no terminal da placa motora
1.2.1.3.1.1.1.2.1.2 Cerca de 300.000
1.2.1.3.1.1.1.3 No espaço sináptico
1.2.1.3.1.1.1.3.1 grande quantidade
1.2.1.3.1.1.1.3.1.1 de acetilcolinesterase
1.2.1.3.1.1.1.3.1.1.1 destrói a acetilcolina
1.2.1.3.1.1.1.3.1.1.1.1 Depois que ela foi liberada das vesículas sinápticas
1.2.1.3.1.1.1.3.1.1.2 Enzima
2 Potencial da placa motora
2.1 Os canais controlados pela acetilcolina
2.1.1 Permitem que muitos íons sódio entrem na fibra
2.1.1.1 Muitas cargas positivas
2.1.1.2 Permite que inicie um POTENCIAL DE AÇÃO
2.1.1.2.1 Leva a contração muscular
2.1.1.2.2 Propagação do potencial de ação no interior da fibra muscular
2.1.1.2.2.1 A fibra muscular é muito grande
2.1.1.2.2.1.1 por isso o potencial de ação QUASE NÃO CRIA CORRENTE
2.1.1.2.2.1.1.1 no interior da fibra
2.1.1.2.2.2 Contudo para gerar contração
2.1.1.2.2.2.1 a corrente precisa
2.1.1.2.2.2.1.1 penetrar na fibra muscular
2.1.1.2.2.2.1.1.1 até as miofribrilas
2.1.1.2.2.3 propagação através
2.1.1.2.2.3.1 dos túbulos T
2.1.1.2.2.3.1.1 libera Cálcio
2.1.1.2.2.3.1.1.1 provoca a contração
Show full summary Hide full summary

Similar

Anatomia e Fisiologia do Aparelho Urinário Humano
Ana Inês Kruecck Quintas
Anatomia e Fisiologia do Sistema Reprodutor Feminino
Ana Inês Kruecck Quintas
Sistema nervoso
João Victor
Sistema nervoso
Milena Preissler
Sistema Nervoso
Elaine Pinho
Sistema nervoso
Milena Preissler
Sistema Urinário
mariana monteiro
Fisiologia do Sistema Renal
Paula Ceccon
Fisiologia Vegetal
victorgalol13
Fisiologia Vegetal
Prof. Me. Diego Marques
Aparelho Locomotor - Sistema Muscular
mariana monteiro