Movimentos Literários

biel_caseres
Mind Map by , created about 5 years ago

Mind Map on Movimentos Literários, created by biel_caseres on 09/16/2014.

26
3
0
Tags No tags specified
biel_caseres
Created by biel_caseres about 5 years ago
Advanced Vocabulary Test for Creative Writing
ElliseG
Chemistry 1
Peter Hoskins
Compensation and Benefits PHR Study Guide
Cari Hawthorne
Section 1 - Nature of Economics
Nikolas Reece
1PR101 2.test - Část 2.
Nikola Truong
I'm the king of the castle
archita.kmr
GCSE Maths Quiz
Andrea Leyden
To Kill a Mockingbird Key Themes and Quotes
Matthew T
IB SL Biology: Cells
mcgowan-w-10
Revision Timetable
katy.lay
Movimentos Literários
1 Barroco
1.1 Principais Autores e Obras
1.1.1 Autores:Padre Antonio Vieira,Gregório de Matos e Bento Teixeira.
1.1.2 Obras:Sermões, Poesia Épica e Apelido.
1.2 Abordagem de temas épicos; linguagem simples; pastoralismo e fingimento poético.
1.3 Valorização da vida no campo; crítica a vida nos centros urbanos; uso de apelidos; objetividade; idealização da mulher amada.
1.4 Após o processo de Reformas Religiosas, ocorrido no século XVI, a Igreja Católica havia perdido muito espaço e poder. Mesmo assim, os católicos continuavam influenciando muito o cenário político, econômico e religioso na Europa.
1.4.1 A arte barroca surge neste contexto e expressa todo o contraste deste período: a espiritualidade e teocentrismo da Idade Média com o racionalismo e antropocentrismo do Renascimento.
2 Arcadismo
2.1 Arcadismo é uma escola literária surgida na Europa no século XVIII, também denominada de setecentismo ou neoclassicismo.
2.1.1 O nome "arcadismo" é uma referência à Arcádia, região campestre do Peloponeso, na Grécia antiga, tida como ideal de inspiração poética.
2.1.1.1 Autores:Cláudio Manuel da Costa, Tomás Antônio Gonzaga, Basílio da Gama, Santa Rita Durão, Silva Alvarenga.
2.1.2 Valorização da vida no campo; critica a vida nos centros urbanos; objetividade; idealização da mulher amada; cortar o inútil; lugar ameno convencionalismo amoroso;mediocridade áurea ou ouro medíocre; linguagem simples; uso de pseudônimos com frequência; pastoralismo.
2.1.2.1 Obras: Marília de Dirceu, Cartas chilenas,Caramuru e Vila Rica.
3 Romantismo
3.1 Primeira – geração nacionalista: Exaltação da natureza, criação do herói na figura do índio, sentimentalismo e a religiosidade são algumas das características marcantes da chamada geração indianista. Principais autores: Gonçalves Dias, Gonçalves de Magalhães e Araújo Porto Alegre.
3.1.1 Segunda – geração do mal-do-século: Negativismo, desilusão, tédio e dúvida são características da segunda geração do romantismo. A fuga da realidade é um dos temas preferidos que se manifesta na exaltação da morte e nas virgens sonhadoras. Principais autores: Álvares de Azevedo, Casimiro de Abreu, Junqueira Freire e Fagundes Varela.
3.1.1.1 Terceira – geração condoeira: Caracterizada pela poesia social e libertária, reflete as lutas internas da segunda metade do reinado de D. Pedro II. Castro Alves foi seu principal representante.
4 Naturalismo
4.1 Século XIX. Nessa época surgiram novas concepções a respeito do homem e da vida em sociedade e os estudos da Biologia, Psicologia e Sociologia estavam em alta. Os naturalistas começaram a analisar o comportamento humano e social, apontando saídas e soluções.
4.1.1 O naturalismo é uma ramificação do Realismo e uma das suas principais características é a retratação da sociedade de uma forma bem objetiva.
4.1.1.1 Principais Caracteristicas
4.1.1.1.1 É o cientificismo exagerado que transformou o homem e a sociedade em objetos de experiências; Descrições minuciosas e linguagem simples; Preferência por temas como miséria, adultério, crimes, problemas sociais, taras sexuais e etc.
4.1.1.1.2 A exploração de temas patológicos traduz a vontade de analisar todas as podridões sociais e humanas sem se preocupar com a reação do público; Ao analisar os problemas sociais, o naturalista mostra uma vontade de reformar a sociedade, ou seja, denunciar estes problemas, era uma forma de tentar reformar a sociedade.
4.2 O Naturalismo surgiu na França, em 1870, com a publicação da obra “Germinal” de Émile Zola. O livro fala das péssimas condições de vida dos trabalhadores das minas de carvão na França do século XIX.
4.2.1 Principais Autores e Obras
4.2.1.1 Autores: Aluísio Azevedo e Adolfo Caminha.
4.2.1.2 Obras: O Mulato, O Missionário, A Normalista e O bom crioulo.
5 Realismo
5.1 Surgiu a partir da segunda metade do século XIX. As idéias do Liberalismo e Democracia ganham mais espaço. As ciências evoluem e os métodos de experimentação e observação da realidade passam a ser vistos como os únicos capazes de explicar o mundo físico.
5.1.1 Principais Autores e Obras
5.1.1.1 Autores: Raul Pompéia, Visconde de Taunay e Machado de Assis
5.1.1.2 Obras: O Ateneu
5.2 Em 1870, iniciam-se os primeiros sintomas da agitação cultural, sobretudo nas academias de Recife, SP, Bahia e RJ, devido aos seus contatos frequentes com as grandes cidades europeias. Houve também uma transformação no aspecto social com o surgimento da população urbana, a desigualdade econômica e o aparecimento do proletariado.
5.2.1 Principais Caracteristicas
5.2.1.1 Análise dos valores burgueses com visão crítica denunciando a hipocrisia e corrupção da classe; Influência dos métodos experimentais; Narrativa minuciosa (com muitos detalhes); Personagens analisadas psicologicamente.
5.2.1.2 Oposição ao idealismo romântico. Não há envolvimento sentimental; Representação mais fiel da realidade; Romance como meio de combate e crítica às instituições sociais decadentes, como o casamento.

Media attachments