Português 2 - Estrut. Subordinada Adverbial

wallace.da
Mind Map by wallace.da, updated more than 1 year ago
wallace.da
Created by wallace.da over 5 years ago
30
4

Description

Mind Map on Português 2 - Estrut. Subordinada Adverbial, created by wallace.da on 10/14/2014.

Resource summary

Português 2 - Estrut. Subordinada Adverbial
1 Conceitos importantes
1.1 Sintaxe - Trabalha a relação das palavras dentro de uma oração
1.1.1 Uma oração deve ter um verbo q se flexiona de acordo com o sujeito
1.1.1.1 e relaciona-se com o predicado, de acordo com a transitividade
1.1.1.1.1 ex. O candidato (sujeito) realizou a prova (predicado)
1.2 Concordância verbal - Quando o verbo se flexiona de acordo com o sujeito
1.3 Verbo transitivo - O sentido deve transitar do verbo para o complemento
1.3.1 ex. verbo viajou, não exige nenhum compl verbal. não há transitividade
1.4 Estrutura posterior, inserimos alguma circustância. Esta circustância chamamos de Adjunto Adverbial
1.4.1 ex. Viajou a algum lugar, determinado momento, modo como viajou, etc
1.5 O candidato passou no concurso, devido ao seu esforço no estudo. Devido ao seu eforço....é o Adjunto Adverbial
1.5.1 devido ao seu esforço no estudo....Subordinada à principal.
1.5.2 Quando o adjunto adverbial recebe um verso, temos duas orações. a Principal e a subordinada adverbial causal
1.5.2.1 ex. O candidato passou no concurso, porque se esforçou no estudo.
1.5.2.2 Oração principal - É a base para q a oração subordinada possa transmitir coerência.
1.5.2.2.1 Oração subordinada - É aquele q depende da principal para ter sentido
1.5.2.2.1.1 Oração Adverbial - Foi gerada de um adjunto adverbial. Inseriu o verbo "esforçou" e houve a oração adverbial
1.5.2.2.1.2 Se divide em dois tipos:
1.5.2.2.1.2.1 Desenvolvidas - Aquelas q possuem conjunções e verbos conjugados em modos e tempos verbais
1.5.2.2.1.2.1.1 ex. o candidato passou no concurso....porque se esforçou no estudo
1.5.2.2.1.2.2 Reduzidas - Aquelas q perdem a conjunção e por isso os verbos passam a uma das formas nominais: gerúndio, inf. partic
1.5.2.2.1.2.2.1 ex. o candidato passou no concurso...por se esforçar no estudo
2 Valores das Orações Adverbiais - Se subdivide em 9
2.1 1 Causais
2.1.1 Exprimem causa, motivo razão.
2.1.2 As principais conjunções são: porque, pois, que, como (quando a oração adverbial estiver antecipada)
2.1.2.1 já que, visto que, desde que, uma vez que, porquanto na medida em que, que, etc
2.1.2.2 ex. Estudo porque necessito. Como (já que)fazia frio, fechou as portas. Como está antecipada
2.1.2.3 ex. Já q estou cansado, vou descansar. Uma vez q estudou muito, foi aprovado
2.1.3 A conjunção se tbm pode transmitir o valor de causa. ex. Se o estudo é o pcp do bom concurseiro, é imprescindivel a org do mat estudo
2.1.4 As conjunções porque, porquanto e pois transmite a base de um resultado posterior.
2.1.4.1 ex. O carro parou porque ficou sem combustível. Ficou sem cobustível ocorreu antes
2.2 2 - Consecutivas
2.2.1 O processo verbal da consequencia ocorre após o da causa e suas conj exprimem um efeito um resultado
2.2.2 Aparecem de duas formas:
2.2.2.1 I - conjunção que precedida de tal, tão tanto, tamanho
2.2.2.1.1 ex. Trabalharam tanto que suas mãos ficaram inchadas
2.2.2.1.1.1 ex. Tal foi o problema na empresa q todos foram demitidos
2.2.2.2 II - Locuções conjuntivas de maneira que, de jeito que, de ordem que, de sorte que, de modo que, etc
2.2.2.2.1 ex. Motivamos a classe empresarial, de sorte que o Brasil aumentou o nível de empregos regulares
2.2.2.2.1.1 ex. As notícias de casa eram boas, de maneira que pude prolongar minha viagem
2.2.2.3 III - Locução conjuntiva sem que e a conjunção que seguida de negação
2.2.2.3.1 ex. Lúcia não pode ver uma roupa bonita na vitrine sem que a queira comprar
2.2.2.3.1.1 ex. Lucia não...que não a queria comprar
2.3 3 - Condicionais
2.3.1 Na relação de condição hipótese. É muito cobrada a correlação de modo e tempo verbal.
2.3.1.1 ex. Se o candidato estudar bastante , passará no concurso. estudasse...passaria. estude...passará
2.3.2 Além das conjunções condicionais se e caso, há também contanto que, desde que, salvo se, a não ser que, a menos que, dado que
2.3.2.1 ex. Caminharei com vc desde q não chova. Não terminará a matéria sem que se dedique muito
2.3.2.2 ex. Poderão ganhar, salvo se acontecer algum imprevisto.
2.3.3 ex. O comunismo não existiria sem a publicidade (sem é o mesmo que sem que...)
2.3.4 ex. Caso aconteça isso pode ser aquilo (caso inicia a oração, indica condição)
2.4 4 - Concessivas
2.4.1 Exprimem um fato q se concede , q se admite, em oposição, contraste, ressalva ao da or principal
2.4.2 As conjunções são: embora, conquanto, que, ainda que, mesmo que, ainda quando, mesmo quando
2.4.3 posto que, por mais que, por muito que, por menos que, se bem que, em que, nem que, dado que, sem que
2.4.3.1 ex. Gostava de matemática, embora tivesse dificuldade com cálculos. Por incrivel q pareça, eles não conheciam pen-drive
2.4.3.1.1 ex. Dado que soubesse, nao dirigia a noite. Por mais que gritasse não me ouviram.
2.4.3.1.1.1 ex. Nem que a gente quisesse, conseguiria esquecer
2.5 5 - Comparativas
2.5.1 Representam o segundo termo de uma comparação e se expressam de três formas
2.5.2 Com a conjunções como, tal qual, tal e qual, assim como, tal como, tão ou tanto como, mais que ou do que
2.5.3 menos que ou do que, tanto quanto, que nem, feito como, do mesmo modo que, o mesmo que
2.5.4 I - com verbo expresso:
2.5.4.1 ex. A preguiça gasta a vida como a ferrugem consome o ferro. A praia é tal qual você descreveu
2.5.4.2 ex. Como a flor se abre ao sol, assim minha alma se abriu à luz daquele olhar
2.5.5 II - com predicado ou verbo subentendido
2.5.5.1 ex. A luz é mais velos do que o som (do que o som é)
2.5.5.2 ex. O leopardo é tão veloz quanto a onça (quanto a onça é)
2.5.5.3 ex. ele corre feito uma gazela
2.5.6 III - Como comparação hipotética
2.5.6.1 Uso da conjunção se. o homem parou perplexo como se esperasse um guia
2.6 6 Conformativas
2.6.1 Exprimem acordo ou conformidade de um fato com outro. Geralmente usada para reforça um argumento
2.6.2 Suas conjunções são: como, conforme, segundo, consoante.
2.6.3 A oração principal é a declaração feita pelo autor a subordinada conformativa é a base de sustentação do argumento
2.6.4 Muito marcado por leis, regulamentos, fala de especialista, etc
2.6.5 Ex. como disse o prefeito o IPTU vai subir 5%. Conforme prevê o art 37 da CF, o serviço público é impessoal
2.6.6 ex. Consoante opinam alguns, a história se repete
2.7 7 - Proporcionais
2.7.1 inicia ideia de proporção com as locuções conjuntivas: à proporção que, à medida que, ao passo que, quanto mais....
2.7.2 quanto mais...tanto menos, quanto menos...tanto menos, tanto...quanto (como)
2.7.3 Ex. Os alunos respondiam à medida q eram chamados. Tanto gostava de um quanto aborrecia um outro
2.7.4 ex. O valor do salário, ao passo que os preços sobem, vai diminuindo
2.7.5 Não são locução com valor de proporção; à medida em que, na medida que, cabendo apenas à medida que
2.7.6 Somente há crase nas locuções proporcionais: à medida que e à proporção que
Show full summary Hide full summary

Similar

Português 1 - Sintaxe: Frase, Oração e Período
wallace.da
Análise Sintática
Juliane Antoniel
As palavras e os seus sentidos
Sandra Virgínia Correia de And Santos
SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES
alessandra
Tipos de sujeito
Roberta Souza
PERÍODO SIMPLES
Lucas Cantanhede
SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES
Aulas Linguagens