FISIOLOGIA REPRODUTIVA DO MACHO

Brenda Amaral
Mind Map by Brenda Amaral, updated more than 1 year ago
Brenda Amaral
Created by Brenda Amaral over 1 year ago
0
0

Description

Veterinária Mind Map on FISIOLOGIA REPRODUTIVA DO MACHO, created by Brenda Amaral on 03/24/2019.

Resource summary

FISIOLOGIA REPRODUTIVA DO MACHO
1 Eixo hipotalâmico-hipofisário-testicular
1.1 Hipotálamo sintetiza e secreta: GnRH
1.1.1 Hipófise anterior
1.1.1.1 LH
1.1.1.1.1 liga-se a receptores de membrana das células de Leydig
1.1.1.1.1.1 Convertendo o colesterol em testosterona
1.1.1.1.1.1.1 A testosterona, a di-hidrotestosterona e estrógeno regulam a síntese e secreção de LH
1.1.1.1.1.1.1.1 Através do mecanismo de feedback negativo no hipotálamo e hipófise anterior
1.1.1.2 FSH
1.1.1.2.1 Tem como alvo: Células de Sertoli
1.1.1.2.1.1 Estimulando diversas funções: Secreção de ABP, inibina e diversas substâncias envolvidas na transferência de nutrientes
1.1.1.2.1.1.1 A inibina juntamente com a testosterona está envolvida na regulação da hipófise
1.1.1.2.1.1.1.1 Promovendo a inibição por feedback negativo da secreção de FSH
2 A espermatogênese e a manutenção da temperatura
2.1 Testículos: 2º - 6ºc menor que a temperatura corporal. A temperatura do testículo elevada reduz o número de espermatozoides vivos normais.
2.1.1 Músculo cremáster: chamado de puxa saco, músculo que deixa os testículos mais próximo ou distante do corpo para regular a temperatura escrotal.
2.2 Criptorquidismo: quando o testículo não desce do abdome para o saco escrotal, se ambos os testículos não desceram causa infertilidade, quando apenas um desce, ainda é fértil, mas com capacidade reduzida.
2.2.1 Aparentemente genético, se evita a reprodução para que seus decendendes não herdem.
2.3 Testículos possuem 3 compartimentos.
2.3.1 Tecido intersticial
2.3.1.1 Contém células de Leydig: circunda os túbulos seminíferos e banha-os em fluido rico em testosterona
2.3.2 Basal
2.3.2.1 Contém espermatogônias: que se dividem por mitose
2.3.3 Adluminal
2.3.3.1 Contém um ambiente especial onde espermatócitos sofrem meiose Continuando suas divisões meióticas para se diferenciar em espermátides e finalmente em espermatozoides
2.4 Túbulos seminíferos
2.4.1 Contém células de Sertoli: proporcionam suporte e nutrição para as células germinativas em desenvolvimento.
2.4.2 Nos túbulos seminíferos existem junções de inclusão entre as células que separam os compartimentos basal e adluminal.
2.4.2.1 barreira hematotesticular: Funciona como um filtro, evitando vários componentes presentes no sangue e no fluido intersticial entrem no adluminal.
2.4.3 Rete testis: que transporta os espermatozoides e o fluido dos túbulos seminíferos até o epidídimo.
2.4.3.1 Epidídimo
2.4.3.1.1 Onde os espermatozoides são concentrados, onde ocorre a maturação deles, e também adquirem capacidade de fertilização
2.4.3.1.2 Cauda do epidídimo e o ducto deferente: onde são armazenados os espermatozoides maduros, Juntos, são conhecidos como reservatórios extragonadais de esperma.
2.4.3.1.2.1 ductos deferentes: são as estruturas responsáveis por conectar a cauda do epidídimo com a uretra
2.4.3.2 Espermatozoides aqui ainda não possuem locomoção e nem fertilização.
Show full summary Hide full summary

Similar

Anatomia e Fisiologia do Aparelho Urinário Humano
Ana Inês Kruecck Quintas
Anatomia e Fisiologia do Sistema Reprodutor Feminino
Ana Inês Kruecck Quintas
Mecanismos de auto regulação do sistema renal
Paula Ceccon
Sistema nervoso
João Victor
Sistema Nervoso
Elaine Pinho
Sistema nervoso
Milena Preissler
Sistema nervoso
Milena Preissler
Tecido Epitelial
bedamorim
Tecido Epitelial
jana terumi
Tecido Epitelial
jana terumi
Tecido Epitelial
Yannka Olimpia