Morfossintaxe

danielbackesbcc
Mind Map by danielbackesbcc, updated more than 1 year ago
danielbackesbcc
Created by danielbackesbcc over 6 years ago
127
5

Description

Português Mind Map on Morfossintaxe, created by danielbackesbcc on 10/01/2013.
Tags

Resource summary

Morfossintaxe

Annotations:

  • Definição: estudo morfológico e sintático, ou seja, define a classe gramatical das palavras não apenas analisando a própria palavra, mas sim, conforme o contexto no qual a mesma esta inserida.
1 Nomes

Annotations:

  • Possui valor lexial, ou seja, são palavras que tem sentido em si mesma, não dependem de outras palavras para expressar seu sentido
1.1 Substantivo

Annotations:

  • Definição: Termo nuclear, núcleo do sintagma nominal - O núcleo do sintagma nominal nunca é precedido por preposição
1.1.1 Substantivação

Annotations:

  • Ocorre quando uma palavra é precedida por um artigo, ou seja, o artigo transforma a palavra que precede em um substantivo Exemplo: O olhar de uma mulher seduz. Palavra substantivada: 'olhar'
1.1.2 Substantivo Compostos

Annotations:

  • Definição: São formados por mais de um radical As palavras no português são formadas basicamente por derivação (derivam de outras palavras) ou de composição (compostos por várias palavras) Exemplo: girassol, beija-flor, pé-de-moleque.
1.1.2.1 Plural
1.1.2.1.1 Ambos radicais
1.1.2.1.1.1 Substantivo + Substantivo

Annotations:

  • Exemplo: couves-flores, cirurgiões-dentistas
1.1.2.1.1.2 Substantivo + Adjetivo / Adjetivo + Substantivo

Annotations:

  • Exemplo: baixos-relevos
1.1.2.1.1.3 Numeral + Substantivo

Annotations:

  • Exemplo: quintas-feiras, duplas-jornadas
1.1.2.1.2 Primeiro radical
1.1.2.1.2.1 Substantivo + Substantivo adjetivado

Annotations:

  • O substantivo adjetivado indica o tipo do primeiro substantivo Exemplo: saias-balão, bananas-maçã, peixes-espada.
1.1.2.1.2.2 Substantivo + Preposição + Substantivo

Annotations:

  • Exemplo: pés de moleque, mulas sem cabeça, águas de colônia
1.1.2.1.3 Segundo radical
1.1.2.1.3.1 Verbo + Substantivo

Annotations:

  • Exemplo: caça-níqueis, quebra-molas
1.1.2.1.3.2 Advérbio + Adjetivo

Annotations:

  • Exemplo: abaixo-assinados, todo-poderosos
1.1.2.1.3.3 Palavras repetidas ou imitativas

Annotations:

  • Exemplo: reco-recos, tique-taques
1.2 Adjetivo

Annotations:

  • Definição: Termo periférico, modifica ou acompanha o substantivo
1.2.1 Adjetivação

Annotations:

  •  Substantivos que acompanha outro sofrem o efeito de adjetivação, ou seja, tratasse de um substantivo adjetivado São invariáveis em número (singular/plural)
1.2.2 Locução Adjetiva

Annotations:

  • Ocorre quando o adjetivo é formado por mais de uma palavra, geralmente formados por: preposição + substantivo.  São invariáveis em número.
1.2.3 Posição no Sintagma

Annotations:

  • O adjetivo pode trocar de posição com o substantivo desde que o mesmo permita gradação, ou seja, desde que o adjetivo possa ser quantificado. Adjetivo que permite gradação: velho. Adjetivo que não permite gradação: grávida. - A alteração de posição de um substantivo com um adjetivo pode alterar a morfossintaxe e a semântica (sentido do texto) da frase
1.3 Advérbio

Annotations:

  • Definição: termos periféricos que modificam/acompanham verbos, adjetivos ou outros advérbios São invariáveis em número e gênero.
1.3.1 Valor Semântico

Annotations:

  • Os advérbios podem expressar:   - Lugar: 'aqui'  - Tempo: 'ontem'  - Dúvida: 'talvez'  - Intensidade: 'muito'  - Negação: 'não'  - Tempo/Frequência: 'sempre'  - Modo: 'alegremente'
1.3.2 Locução Adverbial
1.3.2.1 Preposição + Substantivo

Annotations:

  • Exemplo: 'Vamos andar a cavalo'  - 'a cavalo': locução adverbial de modo   'Os ladrões estão à solta, e os cidadãos morrem de medo'  - 'de medo': locução adverbial de causa
1.3.2.2 Preposição + Adjetivo

Annotations:

  • Exemplo:  'Os ladrões estão à solta, e os cidadãos morrem de medo'.  - 'à solta': locução adverbial de modo
2 Pronomes

Annotations:

  • Definição: são palavras com valor gramatical, isto é, sem significação autônoma, apontando para seus para seus referentes, dentro ou fora do texto.
2.1 Tipo
2.1.1 Relativo

Annotations:

  • Definição: elemento coesivo que conecta duas orações, ligando uma nova informação a um antecedente de base substantiva Características:  - Liga duas orações - Retoma um substantivo - Atrai preposição/Regência: a preposição exigida por alguma palavra posicionada após o pronome deve ser incluída logo atrás do pronome relativo. Macete para verificar se a palavra exige preposição. Verificar depois da palavra e antes dos trechos 'alguma coisa' ou 'alguém' existe a necessidade de acrescentar alguma palavra. Caso sim, essa palavra é a preposição necessária para ligar os termos. - Palavra que exigem preposição: Gostar: 'Quem gosta, gosta de alguma coisa' (preposição 'de') Confiar: 'Quem confia, confia em alguém' (preposição 'em') Alusão: 'Que faz alusão, faz alusão a alguma coisa' (preposição 'a') - Palavra que não exigem preposição: Ver: 'Quem vê, vê alguma coisa'
2.1.1.1 QUE

Annotations:

  • Para verificar se a palavra 'que' é um pronome relativo ou uma conjunção integrante, temos o seguinte macete: - Pronome relativo: a palavra que pode ser trocada por 'o qual' Exemplo: 'Sumiu o anel que tu me deste' -> 'Sumiu o anel o qual tu me deste' - Conjunção integrante: a oração que complementa o verbo pode ser substituída por 'isso' ou por suas transformações em decorrência de preposição. Se tiver a preposição 'de', então será substituído por 'disso'. Exemplo: 'A moça tem medo de que chova' -> 'A moça tem medo disso' - Exigência de preposição: preposição 'de' -> 'de que' ou 'do qual' preposição 'em' -> 'em que' ou 'no qual' preposição 'com' -> 'com que' ou 'com o qual' preposição 'a' -> 'a que' ou 'ao qual'
2.1.1.2 CUJO

Annotations:

  • - Indica relação de posse e sempre vai ligar dois substantivos. - O gênero do pronome cujo deve concordar com o substantivo que vem depois. - O pronome relativo 'cujo' também atrai preposição
2.1.1.3 ONDE

Annotations:

  • Indica apenas lugares físicos, excluindo-se lugares abstratos Onde: é utilizado quando o verbo exige a preposição 'em' Exemplo: 'Moro em uma cidade onde existem muitos turistas' Que existe, existe em algum lugar Aonde: é utilizado quando verbo exige a preposição 'a' Exemplo: 'Moro em uma cidade aonde chegam turistas diariamente' Que chega, chega a (não usar em) algum lugar
2.1.2 Tratamento

Annotations:

  • - Estabelecem relações de hierarquia. - Tata-se sempre de pronomes de 3ª pessoa. Exemplos: Sua/Vossa Majestade = Rei;  Sua/Vossa Alteza = Príncipe;  Sua/Vossa Santidade = Papa;  Sua/Vossa Eminência = Bispo;  Sua/Vossa Excelência = Autoridades  Sua/Vossa Senhoria, Senhor, Senhora, Senhorita, Dona, Madame;  Você = pessoa igual ou inferior;  Dado um texto, em todo o seu decorrer o interlocutor deve ser tratado como sendo a mesma pessoa do discurso, ou se usa no texto inteiro a 2ª pessoa ou se usar a 3ª pessoa Exemplo de incoerrência: 'Vossa Majestade esquecestes vosso casaco'. - 'Vossa Majestade' por se pronome de tratamento esta na 3ª pessoa do discurso. - 'esquecestes' e 'vosso' combinam com o pronome 'vós', ou seja, 2ª pessoa do discursoSua Majestade: Está se falando sobre o rei.Vossa Majestade: Está se falando com o rei.
2.1.3 Pessoal

Annotations:

  • Definição: Substitui nomes e representa uma das três pessoas do discurso
2.1.3.1 Caso Reto

Annotations:

  • - Papel de sujeito ou predicativo do sujeito - Exemplo: eu, tu, ele, nós, vós, eles Uso dos pronomes 'eu' e 'mim' Antes colocar a oração na sequencia: Sujeito (pode ser sujeito oracionado) + verbo + complemento Cada verbo exige um sujeito, verifica se na frase está faltando um sujeito para algum verbo, se faltar o correto é utilizar o pronome 'eu'
2.1.3.2 Caso Oblíquo

Annotations:

  • - Papel de objeto direto, objeto indireto, adjunto adnominal, complemento nominal, etc - Exemplos: me, mim, comigo, te, ti, contigo, se, si, consigo, o, a, lhe, nos, conosco, vos, convosco  Substituir o complemento do verbo por um pronome.  1. Abreviatura de Objeto Direto é: o, a, os, as 'Vi o file' -> 'Vi-o'1.1 Se o verbo terminar em 'r','s' ou 'z' é: lo'Vou ver o filme' -> 'Vou vê-lo'1.2 Se o verbo terminar em 'm' ou 'õe' é: no'Os rapazes veem o filme' -> 'Os rapazes veem-no'2. Abreviatura de Objeto Indireto é: Lhe 'Estudar foi bom para joão' -> 'Estudar foi-lhe bom'
2.1.4 Possesivo
2.1.5 Demonstrativo

Annotations:

  • Os pronomes demonstrativos são utilizados para explicitar a posição de uma certa palavra em relação a outras ou ao contexto Exemplos: Este, esse, aquele
2.1.6 Interrogativos

Annotations:

  • São usados na formulação de perguntas, sejam elas diretas ou indiretas. Assim como os pronomes indefinidos, referem-se à 3ª pessoa do discurso de modo impreciso. São pronomes interrogativos: que, quem, qual (e variações), quanto (e variações).
2.1.7 Indefinidos

Annotations:

  • São palavras que se referem à terceira pessoa do discurso, dando-lhe sentido vago (impreciso) ou expressando quantidade indeterminada. Exemplo: Algo, alguém, fulano, sicrano, beltrano, nada, ninguém, outrem, quem, tudo
2.2 Função
2.2.1 Substantivo/Nuclear

Annotations:

  • Função: substituir o nome, constitui o núcleo de um grupo nominal. Exemplo:  - 'Quando cheguei, ela se calou' Ela é o núcleo do sujeito da segunda oração e se trata de um pronome substantivo porque está substituindo um nome.
2.2.2 Adjetivo/Periférico

Annotations:

  • Função: fazer referência ao nome, constitui uma palavra dependente do grupo nominal Exemplo  - 'Nenhum aluno se calou' O sujeito 'nenhum aluno' tem como núcleo o substantivo 'aluno' e como palavra dependente o pronome adjetivo 'nenhum'
2.3 Tipo de Apontamento
2.3.1 Exofórico/Dêiticos

Annotations:

  • Definição: apontam para referentes que estão fora do texto. Para identificá-los faça uma das perguntas a seguir, aquela que melhor combinar com o pronome:   - quem? quando? onde? Se não for possível responde-la então o pronome é exofórico.
2.3.2 Endofórico

Annotations:

  • Definição: apontam para referentes internos ao texto
2.3.2.1 Catafórico

Annotations:

  • Definição: apontam para referentes que estão depois do pronome dentro do texto
2.3.2.2 Anafórico

Annotations:

  • Definição: apontam para referentes que estão antes do pronome dentro do texto. Antigamente (usar nas redações) era usado para apontar para referentes anteriores os pronomes com 'SS' (isso, essa, esse) e para apontar para referentes posteriores os pronomes com 'ST' (isto, esta, este)
3 Conectivos
3.1 Preposição
3.2 Conjunção

Annotations:

  • O que a difere da preposição: 1º - Dentro de uma oração: liga termos de mesma função sintática. Núcleo com núcleo ou periférico com periférico. 2º - Entre duas orações: apenas conjunção liga duas orações
3.2.1 Subordinativa

Annotations:

  • Diferença para coordenativa: 1º - As orações que são ligadas por conjunção subordinativa são móveis, ou seja, é possível alterar a ordem das orações sem alterar o sentido da frase. 2º - Jamais uma conjunção subordinativa pode ligar dois paragráfos, liga apenas duas orações ou termos de mesma função sintática de uma oração.
3.2.1.1 Tipo
3.2.1.1.1 Integrante

Annotations:

  • - Introduz orações subordinadas substântivas - A oração onde estão geralmente podem ser substituídas pela palavra 'isso'   - Tem fraco valor semântico, está na frase apenas para conectar (integrar) as duas orações sem dar relação de sentido entre elas. Como podemos verificar abaixo a conjunção integrante 'que' não indica tempo, modo, lugar, negação, afirmação, não indica nada. Exemplo: 'Quero que chova amanhã'
3.2.1.1.2 Adverbial

Annotations:

  • Introduz orações subordinadas adverbiais
3.2.1.1.2.1 Temporal

Annotations:

  • Introduzem uma oração que acrescenta uma circunstância de tempo ao fato expresso na oração principal. Exemplo: 'A briga começou assim que saímos da festa' Conjunção temporal: 'assim que'
3.2.1.1.2.2 Concessão

Annotations:

  • Introduz quebra de expectativa, ideias contrárias à da oração principal Exemplo: 'Ainda que faço dieta, não emagreço' Conjunção concessiva: 'Ainda que'
3.2.1.1.2.3 Causa

Annotations:

  • Introduz uma oração que é a causa da ocorrência da oração principal. Exemplo: 'Está tossindo porque não se cuidou' Não se cuidar é a causa ou a consequência de estar tossindo? É a causa, logo a conjunção 'porque' é de causa.
3.2.1.1.2.4 Consequência

Annotations:

  • Introduzem uma oração que expressa a consequência da principal. Exemplo: 'Bebi tanto que passei mal' Par conjuntivo 'tanto que' cada um situado em uma oração. Para determinar o tipo de conjunção temos que classificar a oração que contém a conjunção do par correlativo, neste caso a palavra 'que'. Passar mal é a causa ou a consequência de beber? É a consequência, logo a conjunção é de consequência.
3.2.1.1.2.5 Condicional

Annotations:

  • Introduzem uma oração que indica a hipótese ou a condição para ocorrência da oração principal. Exemplo: 'Se precisar, telefone-me'
3.2.1.1.2.6 Finalidade

Annotations:

  • Introduzem uma oração que expressa a finalidade ou o objetivo com que se realiza a principal Exemplo: 'Estudamos a fim de que fôssemos aprovados' Conjunção: 'a fim de que'
3.2.1.1.2.7 Comparação

Annotations:

  • Introduzem uma oração que expressa ideia de comparação com referência à oração principal. Bem provável que exista um verbo elíptico (oculto) Exemplo: 'Sou forte como um touro' Frase completa: 'Sou forte como um touro é'
3.2.1.1.2.8 Conformidade

Annotations:

  •  Introduzem uma oração em que se exprime a conformidade de um fato com outro. Exemplo: 'Fiz tudo como você mandou' Conjunção: 'como'
3.2.1.1.2.9 Proporção

Annotations:

  • Introduzem uma oração que expressa um fato relacionado proporcionalmente à ocorrência da principal Exemplo: 'À medida que cresço, engordo. O crescimento é proporcional ao tanto que engorda.
3.2.1.2 Forma
3.2.1.2.1 Desenvolvida

Annotations:

  • Com conjunção e verbo conjugado. Exemplo: Forma reduzida: 'Terminado o trabalho, poderão sair' Essa frase reduzida permite duas formas de desenvolvimento: Temporal: 'Quando terminarem o trabalho, poderão sair' Condicional: 'Caso terminem o trabalho, poderão sair'
3.2.1.2.2 Reduzida

Annotations:

  • Sem conjugação e com verbo na forma nominal (infinitivo, gerúndio ou particípio)
3.2.2 Coordenativa
3.2.2.1 Aditivas

Annotations:

  • Indica uma relação de adição à frase.  Unem palavras de mesma função sintática. Exemplo:  - 'Almocei e saí' - 'Nem almocei nem saí' Obs: é errado usar duas conjunções aditivas juntas, tal como: 'Nem almocei e nem saí'
3.2.2.2 Adversativas

Annotations:

  • Conecta idéias contrárias, idéias que se contrastam. Exemplo:  'Choveu, mas eu fui à praia' Se chove normalmente eu não vou a praia. Logo existe um oposição/contraste de idéias.
3.2.2.3 Conclusivas

Annotations:

  • Indica relação de conclusão.  Exemplo:   'Choveu, logo fiquei em casa'  Para classificar a conjunção 'logo' temos que classificar a oração em que se encontra.  'Ficar em casa' é a causa ou a consequência de 'Chover'? Aconteceu antes ou depois de chover? Aconteceu depois, logo  a segunda oração é de consequência e consequentemente a conjunção 'logo' é conclusiva. 
3.2.2.4 Explicativa

Annotations:

  • Expressam a relação de explicação, razão ou motivo. Exemplo:  'Fique em casa, pois já começou a chuva' Na oração anterior de uma conjunção explicativa, o verbo está no imperativo, como podemos verifica no verbo 'Fique'. Alguém da uma ordem com o verbo no imperativo, para logo após dar uma explicação
3.2.2.5 Alternativa

Annotations:

  • Interliga duas opções que são expressas. Exemplo:  'Trabalhe, senão ficará de castigo' Duas opções: ou trabalha ou faca de castigo.
3.2.3 Correlativa

Annotations:

  • Estabelece uma dependência de tal forma entre as orações que é impossível uma existir se a outra. É baseada em uma conjunção de duas pernas, ou seja, o conectivo tem duas partes, sendo que uma parte está na primeira oração e a segunda parte está na segunda oração. 
4 Morfologia

Annotations:

  • Definição: Estudo da estrutura, da formação e da classificação das palavras. Estuda as palavras isoladamente e não sua participação na frase ou período. A morfologia está classificada em dez classes gramaticais, são elas: Substantivo, Artigo, Adjetivo, Numeral, Pronome, Verbo, Advérbio, Preposição, Conjunção e Interjeição.
5 Sintaxe

Annotations:

  • Definição: estuda as relações dos componentes que integram uma oração e também as combinações que as orações constituem entre si na formação dos períodos
Show full summary Hide full summary

Similar

ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS
trackerian
SUBSTANTIVOS
Viviana Veloso
FONOLOGIA estudo dos sons
Viviana Veloso
GRAMÁTICA da LÍNGUA PORTUGUESA
Viviana Veloso
Figuras de linguagem
Roberta Souza
Vestibular - Crase
GoConqr suporte .
Interpretação de Texto
GoConqr suporte .
ACENTUAÇÃO GRÁFICA
Viviana Veloso
ESTRUTURA DAS PALAVRAS - Morfologia
Viviana Veloso
Português para Vestibular
GoConqr suporte .
Português concurso
Roberta Souza