Farmacodermias

clarissa de souza
Mind Map by clarissa de souza, updated more than 1 year ago
clarissa de souza
Created by clarissa de souza about 4 years ago
16
0

Description

Residencia Dermatologia Mind Map on Farmacodermias, created by clarissa de souza on 04/01/2016.

Resource summary

Farmacodermias
1 def:
2 Causas
2.1 Imunológicas
2.1.1 Hiperssensibilidade tipo I (IgE mediada), tipo II (forma complexo MED-CEL-AC), tipo III (IC e lesao cel mediada por complemento), tipo IV tardia (dermatite de contato)
2.2 Não imunologicas
2.2.1 efeitos colaterais
2.2.1.1 tetraciclina em dentina
2.2.2 Superdosagem
2.2.3 alterações metabolicas - interação MED
2.2.4 patogenia
3 Fisiopatologia
3.1 Anomalia da capacidade enzimática de detoxicificação
3.2 Metabolizadores lentos
3.3 Fatores de risco: sexo F, idosos, toxidermia familiar, associação medicamentosa, mononucleosa + PEN/AMP
4 Diagnóstico
4.1 Anamnese

Annotations:

  • qualquer droga em qq via
4.2 Exames:
4.2.1 lesoes sugestivas

Annotations:

  • teste de contato teste de provocação Lab: IgE, RAST, prova de transferencia passiva
5 apresentações clínicas
5.1 erupção fixa medicamentosa
5.1.1 eritema pigmentar fixo

Annotations:

  •  em face pescoço, genitalia, tronco e assimetrico.  inicio eritema e depois mancha eritemato acastanhada reicidivante - nao pruriginosa BUSCOPAN, ANALGÉSICO
5.1.1.1 FORMA BOLHOSA
5.1.1.2 POR SULFONAMIDA
5.2 eritrodermia

Annotations:

  • ™eritema edescamação difusas. –Súbito ou gradual. envolve mais de 50% da sup corporal ™Causas: barbitúricos, iodetos, cloroquina, PAS, mercuriais e arsenicais
5.3 eritema nodoso

Annotations:

  • ™Nódulos eritematosos, dolorosos, sinais flogísticos MMII ™Causas: anticoncepcionais, iodetos, antiinflamatórios, canela (dentistas)
5.4 urticaria por famacos

Annotations:

  • ™Aguda oucrônica (imediata ou tardia)™Pápulas e placas eritêmato-edematosas desaparecemem horas e reaparecem. pode apresentar angioedema™Mecanismos: IgE, complexosimunes ou farmacológicos Ex: peni, tetra, fenotiazina, brometos,barbitúricos, QT
5.5 vascularites e vasculite

Annotations:

  • mecnaismo é a hipersensibilidade tipo III, ou dç de IC. erupção eritematosa maculo papular  que se trasnforma em rash purpurico lesoes urticariformes, bolhas e necrose podem ocorrer.
5.5.1 púrpura

Annotations:

  • lesoes nao desaparecem a vitro pressao - circunstritas e generalizadas em pele, mucosas ou sistemico,  - por AC antiplaquetarios ou deposito de IC na parede dos vasos
5.5.2 telangiectasias
5.6 erupções liquenoides

Annotations:

  • ™Pápulas eplacas eritêmato violáceasdisseminadas, pruriginosas distribuidas por tronco e membro simetricamentemucosa oral tb é envolvida ™Drogas:cloroquina, barbitúricos, clordiazepóxidos,betabloqueadores, penicilamina, penicilina,ouro, reveladores fotográficos
5.7 Quadros/erupções acneiformes

Annotations:

  • ™Acnemonomórfica: pápulas eritematosas. distribuição face, torax e ombro. quando refrataria a isotretinooina pesquisar suplementos e esteroides. ™Causas:corticoides, anticoncepcionais, vitamina B12, iodetos, brometos, fluoretos,lítio
5.8 uso de corticoide
5.8.1 estrias- por ce topico (tb pode por suplementos)
5.8.2 rosacea
5.8.3 atrofias cutaneas
5.8.4 hipertricose
5.9 dermatite venenata- intoxicação por chumbinho
5.10 disturbio lipidico metabolico
5.10.1 HAART- distribuição irregular de gordura
5.10.2 Acantose nigricante
5.10.3 Xantoma eruptivo

Annotations:

  • esteroides e retinoides
5.11 Fotossensibilidade

Annotations:

  • Reações eritematosas- vésico- bolhosas em áreas foto-expostas™Fototoxicidade: resposta à exposição solar exagerada: psoralênicos ™Fotoalergia: caráter eczematoso: surgem após exposição prévia: piroxican (merthiolate), diclofenaco, cetoprofeno
5.12 FORMAS GRAVES
5.12.1 ERITEMA MULTIFORME

Annotations:

  • ™Placas eritematosas, com centro mais escurecido e/ou com vasculites ™Lesões em alvo (clássicas) ™Palmas e plantas ™Causas: antiinflamatórios, penicilina, sulfa,  dipirona, herpes,  etc
5.12.2 PEGA

Annotations:

  • ™Processo reativo, imunologicamente mediado, potencialmente grave de erupção macular, papular ou eritrodérmica.  ™Instalação  abrupta de numerosas pústulas, não foliculares, sobre exantema, acompanhada de febre alta
5.12.2.1 CUTANEA

Annotations:

  • ™Eritema e  edema abruptos em áreas intertriginosas (flexuras maiores) ou face ™Aparecimento  de centenas de pústulas estéreis puntiformes e não foliculares ™Disseminação  craniocaudal
5.12.2.2 SISTEMICO

Annotations:

  • –Febre  –leucocitose  com neutrofilia –ocasionalmente, eosinofilia –pode ter hipercalcemia –Insuficiência renal transitória (auto-limitada) em 30% dos pacientes
5.12.3 STEVEN JOHNSON

Annotations:

  • ™Quadro grave-fatal ™Abrupto: febre alta, dor, taquipneia, prostração, artralgia ™Estomatite pseudomembranosa, conjuntivite, úlcera córnea, rinite, epistaxis, crostas, vulvovaginite ™Infecção, sepsis, coma, óbito ™Causas: herpes, antiinflamatórios, sulfas, anticonvulsivantes
5.12.3.1 DIAGN DIFERENC PARA A NET É O COMPROMETIMENTO OCULAR
5.12.3.2 FASE RESIDUAL
5.12.4 NECROLISE EPIDERMICA TÓXICA - NET

Annotations:

  • Enzima epidermolítica rompe epiderme Início súbito Placas urticária, eritema, bolhas claras e extensas (pele escaldada), lesões mucosas Fadiga, diarreia, vômitos, angina, coma Reepitelização em 11 dias, ataque máximo: 5 dias, óbito frequente Drogas: sulfas, anticonvulsivantes, HIV Diferencial: SSSS
5.12.4.1 Vacinas, CMV Reativado, contrastes, Mycoplasma, Dengue Drogas muito frequentes: Anticonvulsivantes, sulfas cotrimoxazol Risco aumentado: (uso da droga 7dias-8 semanas) aminopenicilina, cefalosporinas, quinolonas
5.12.4.2 SD DE LYEL: ASSOCIADO A FOTOSSENSIBILIDADE
5.12.5 DRESS

Annotations:

  • (Drug Rash with Eosinophilia Systemic Syndrome) ™Decorre de alterações no metabolismo de certas drogas/ interação/ reação cruzada ™Exs: fenitoina, carbamazepina, fenobarbital, minociclina, alopurinol, DDS, ouro, lamotrigina
5.12.5.1 Patogenia? Multifatorial: exposição à droga, hipogamaglobulina transitória, predisposição genética, detoxificação alterada, ativação de infecção viral latente (HHV 6, HHV 7, CMV, Epstein Barr), etc
5.12.5.2 Clínica: 2-4 semanas pós droga Febre, exantema morbiliforme, edematoso, vesículas, bolhas, pústulas, púrpuras  eritrodermia
5.12.5.3 CÍNICA--> Face sugestiva: edema importante Tronco superior, extremidades afetadas Linfadenomegalia, hepatite (até fulminante) Pode: pneumonia, miocardite, nefrite, tireoidite, sangramento TGI Sangue periférico: linfocitose (atípicos) e eosinofilia AP: pode simular linfoma
6 TRATAMENTO
6.1 MEDIDAS GERAIS

Annotations:

  • Suspender drogas (obs ½ vida) Esclarecer causas Fotoproteção Corticoides tópicos Anti histamínicos Epinefrina Tratar infecção secundária (prevenir sepsis)
6.2 OBJETIVOS

Annotations:

  • ™Objetivos: –Bloquear resposta imune dependente da droga ™Corticóide ™Imunossupressor –Bloquear mecanismos efetores da apoptose ™Anti TNF (talidomida) ™Anti Fas (IgEV)
6.3 QUADROS GRAVES

Annotations:

  • Hospital especializado (queimados- NET) ™Acyclovir (Steven  Johnson e herpes) Correção hidroeletrolítica ™Dieta hipercalórica ™Corrigir febre: compressas frias ™Avaliação oftalmológica Notificar laboratório Compensação financeira ao paciente!!!!

Media attachments

Show full summary Hide full summary

Similar

Lesões elementares da pele
Gabriela Hattori
Métodos de diagnóstico em dermatologia
Gabriela Hattori
Escabiose
Giovanna Azevedo
PL Dermatologia
João Vitor Samuel Castro
Eczema (classificação clínico e etiopatogênico)
Gabriela Hattori
Lesões pré-malignas da pele
Gabriela Hattori
Dermatite/Eczema (1-De Contato por Irritante Primário- DCIP)
Luis Pedro Barbosa
Dermatologia
Rodolfo Mourato
ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO TECIDUAL
Raul Brener
Lesões Pré-Malignas
João Vitor Samuel Castro