CRITÉRIOS ERGONÔMICOS P/ IHC

timEU
Mind Map by timEU, updated more than 1 year ago
timEU
Created by timEU over 5 years ago
24
1

Description

Grado Superior Engenharia da Usabilidade (Ergonomia) Mind Map on CRITÉRIOS ERGONÔMICOS P/ IHC, created by timEU on 28/04/2016.

Resource summary

CRITÉRIOS ERGONÔMICOS P/ IHC

Annotations:

  • A definição de critérios ergonômicos do Instituto Nacional de Pesquisa em Controle e Ciência da Computação é parte de um projeto para desenvolvimento de métodos e ferramentas que incorporem fatores humanos ao processo de criação e avaliação de interfaces. 
  • CRITÉRIOS ERGONÔMICOS PARA A INTERAÇÃO HUMANO-COMPUTADOR (IHC) podem ser divididos em 4 conjuntos principais: Condução, Carga de Trabalho, Controle explícito e Adaptabilidade
  1. CONDUÇÃO

    Annotations:

    • Condução (ou direcionamento): refere-se às diferentes formas de orientar, informar, instruir e guiar os usuários ao longo das interações com o computador. A preocupação com o direcionamento dos usuários está presente quando o projetista da interface define, por exemplo, mensagens, avisos sonoros e rótulos.
    1. Presteza

      Annotations:

      • preocupa-se em ajudar os usuários para que não tenham de memorizar uma série de comandos, por exemplo.
      1. Agrupamento/distinção

        Annotations:

        • considera a localização e o formato dos itens, de modo a indicar a relação entre os diferentes itens exibidos e definir, por exemplo, se eles pertencem a uma mesma classe.
        1. Por localização

          Annotations:

          • avalia a organização de elementos dentro de um determinado grupo. A condução é facilitada quando há a preocupação com a distinção por formato.
          1. Por formato

            Annotations:

            • está relacionado às características gráficas que indicam se um item pertence a um determinado grupo. 
          2. Feedback imediato

            Annotations:

            • avalia as respostas da aplicação às ações dos usuários, que variam de simples entradas digitadas a transações mais complexas. Seja qual for a ação, é preciso fornecer feedback rápido e consistente ao usuário.
            1. Legibilidade

              Annotations:

              • relaciona-se às características lexicais das mensagens exibidas nas interfaces e aos aspectos visuais dessas informações, como fonte, tamanho, cor, espaçamento entre palavras etc.
            2. CARGA DE TRABALHO

              Annotations:

              • refere-se a todos os elementos da interface responsáveis por corroborar a redução da carga de processamento perceptual e cognitiva do usuário e o aumento da eficiência dos diálogos com as interfaces. Isso significa que quanto menos etapas uma determinada ação tiver, mais rápidas serão as interações.
              1. Brevidade

                Annotations:

                • O objetivo desse critério é limitar o esforço envolvido na leitura e na digitação, bem como reduzir a quantidade de etapas envolvidas em uma determinada ação.
                1. Concisão

                  Annotations:

                  • avalia a carga de trabalho envolvida nas entradas e saídas individuais. A ideia é que quanto mais curtas forem as entradas, menor será a probabilidade de ocorrência de erros. Além disso, quanto mais curtos forem os itens e as mensagens exibidas nas interfaces, menor será o tempo demandado em sua leitura.
                  1. Ações Mínimas

                    Annotations:

                    • preocupa-se em limitar o máximo possível os passos que os usuários devem percorrer para chegarem a seu objetivo final.
                  2. Densidade informacional

                    Annotations:

                    • relaciona-se à carga de trabalho perceptual e cognitiva envolvida no processamento do grupo de informações exibidas nas interfaces como um todo, e não de cada elemento ou objeto. Quando a densidade informacional é muito alta, ou seja, quando há muitas informações na interface, o desempenho dos usuários diminui. Se a interface abusar da carga de memória do usuário, faz com que ele tenha de processar muitas informações até encontrar o que procura de fato.
                  3. CONTROLE EXPLÍCITO

                    Annotations:

                    • envolve tanto o processamento, pela aplicação, das ações do usuários quanto o controle que o usuário mantém sobre o processamento de suas solicitações. Quando a aplicação permite que o usuário defina suas entradas e as mantenha sob sua responsabilidade, a probabilidade de erros é minimizada. Entretanto, o mais importante é que o usuário deve sentir que mantém o controle sobre as interações, e não que está recebendo suas ordens e não pode contestá-las.
                    1. Ações explícitas

                      Annotations:

                      • sugere que somente sejam processadas pela aplicação as ações explicitamente solicitadas pelo usuário. Sendo assim, o usuário compreende e aprende melhor a aplicação e seu funcionamento.
                      1. Controle do usuário

                        Annotations:

                        • a ideia é que o usuário deve-se manter no controle da aplicação durante todos os momentos, inclusive ao longo do processamento. Isso significa que a ele deve ser permitido interromper, cancelar, pausar e continuar quaisquer que sejam as ações em curso. 
                      2. ADAPTABILIDADE

                        Annotations:

                        • refere-se a sua facilidade de adaptação ao contexto e de adequação às exigências e preferências do usuário. Como nunca é possível agradar a gregos e a troianos, é preciso que as interfaces estejam preparadas para se adaptar e, assim, reduzir a possibilidade de efeitos negativos sobre seus usuários.
                        1. Flexibilidade

                          Annotations:

                          • leva em consideração os meios disponibilizados pela aplicação para a customização da interface, conforme as exigências dos usuários. 
                          1. Experiência do usuário

                            Annotations:

                            • considera a proficiência dos usuários no uso da aplicação. Usuários experientes têm necessidades e expectativas diferentes de usuários novatos. Há uma maior preocupação em termos de auxílio nas interações para os novos usuários, enquanto para usuários experientes podem gostar de utilizar atalhos para acesso às tarefas mais comumente utilizadas.
                          2. GESTÃO DE ERROS

                            Annotations:

                            • envolve a prevenção ou redução de erros e a recuperabilidade quando esses erros ocorrem. 
                            1. Proteção contra erros

                              Annotations:

                              • sugere que a aplicação deve ser capaz de antecipar os possíveis erros dos usuários e prevenir que aconteçam.
                              1. Qualidade das mensagens de erro

                                Annotations:

                                • corrobora o aprendizado da aplicação pelo usuário, pois é um momento em que sua atenção está voltada para o que o sistema tem a lhe dizer. Esteja atento a sua relevância e à especificidade no que diz respeito à natureza do erro e às medidas necessárias para corrigi-lo.
                                1. Correção de erros

                                  Annotations:

                                  • erros são menos problemáticos e traumáticos quando é possível recuperar-se deles com certa facilidade. Correção de erros envolve as medidas tomadas após a detecção de um erro pela aplicação.
                                2. CONSISTÊNCIA

                                  Annotations:

                                  • avalia as escolhas da interface em termos de aparência e procedimentos. Quando os contextos são semelhantes, é preciso que se adote um padrão que seja mantido ao longo das diferentes interfaces da aplicação. Por outro lado, quando novos contextos são acionados, é necessário que se modifique esse padrão. A falta de consistência aumenta a carga de trabalho e pode ser responsável pela rejeição da aplicação por parte do usuário.
                                  1. SIGNIFICADO DE CÓDIGOS

                                    Annotations:

                                    • avalia a relação existente entre um termo ou uma representação gráfica e seu significado.
                                    1. COMPATIBILIDADE

                                      Annotations:

                                      • engloba três aspectos principais: usuário, a tarefa e o ambiente. Envolve, também, a adoção de padrões em termos do tipo de aplicação que se desenvolve. Por exemplo: apesar de os disquetes já terem caído em desuso há muito tempo, os aplicativos do MS Office continuam utilizando o desenho de um disquete como ícone para o botão Salvar.
                                      Show full summary Hide full summary

                                      Similar

                                      ERGONOMIA
                                      timEU
                                      NOÇÕES DE INFORMÁTICA
                                      Viviana Veloso
                                      Informática conhecimentos básicos
                                      thiago.tc3
                                      História da informática
                                      Renato Costa
                                      Informática Para Concursos - Conceitos Iniciais (Part. 1)
                                      ae.antunes
                                      Engenharia
                                      robson kuskowski
                                      Apresentação-O que é Lógica e como ela está interligada com a programação?
                                      Ketlen Dos Anjos
                                      Noções de Informática
                                      Carlos Jr Uchôa
                                      Introdução a Engenharia
                                      ismael-airoso
                                      Informática Básica
                                      Neylor Farias Ma