ADJETIVOS

Viviana Veloso
Mind Map by , created over 5 years ago

Português (Mapas Mentais) Mind Map on ADJETIVOS, created by Viviana Veloso on 03/02/2014.

353
20
0
Tags
Viviana Veloso
Created by Viviana Veloso over 5 years ago
Substantivo (em construção)
Ray Macunayma
ORTOGRAFIA
Viviana Veloso
ARTIGOS
Viviana Veloso
Rates of Reaction
Evie Papanicola
Revision Timetable
katy.lay
ACENTUAÇÃO GRÁFICA
Viviana Veloso
Gramática - Visão Geral - Fonologia
tiago meira de almeida
SUBSTANTIVOS
Viviana Veloso
FONOLOGIA estudo dos sons
Viviana Veloso
GRAMÁTICA da LÍNGUA PORTUGUESA
Viviana Veloso
ADJETIVOS
1 CONCEITO
1.1 Carateriza o SUBSTANTIVO, podem atribuir QUALIDADES e MODOS DE SER, ou indicar ASPECTO ou ESTADO.
1.1.1 Ex.: (substantivo adjetivo), homem BONDOSO, mulher BRASILIENSE, caminhões NOVOS, roupa CURTA.
1.2 DIFERENÇA ENTRE SUBSTANTIVO E ADJETIVO
1.2.1 São muito parecidos. A diferença muitas vezes só se nota pelo contexto.
1.2.1.1 Ex.: O jovem (subs.) BRASILEIRO (adj.) enfrenta dificuldades. O brasileiro (subs.) JOVEM (adj.) enfrenta dificuldades.
1.3 LOCUÇÕES ADJETIVAS
1.3.1 Conjunto de palavras com VALOR DE ADJETIVO. Normalmente formadas por: "preposição + substantivo" ou "preposição + advérbio". Pode existir ADJETIVO EQUIVALENTE.
1.3.1.1 Ex.: conselho DE PAI / PATERNO 'adj.' atitude SEM QUALQUER CABIMENTO. gente DE LONGE. inflamação DA BOCA / BUCAL 'adj'.
2 CLASSIFICAÇÃO
2.1 Quanto ao SIGNIFICADO
2.1.1 EXPLICATIVO
2.1.1.1 Qualidade própria do ser.
2.1.1.1.1 Ex.: neve FRIA. fogo QUENTE.
2.1.2 RESTRITIVO
2.1.2.1 Qualidade que não é própria do ser.
2.1.2.1.1 Ex.: fruta MADURA, homem BONITO
2.2 Quanto á FORMAÇÃO. Igual dos sunbstantivos
2.2.1 SIMPLES
2.2.1.1 Ex.: brasileiro, cheiroso
2.2.2 COMPOSTO
2.2.2.1 Ex.: ítalo-brasileiro, socioeconônico ou socieconômico.
2.2.3 PRIMITIVO
2.2.3.1 Ex.: azul, triste
2.2.4 DERIVADO
2.2.4.1 Ex.: azulado, entristecido.
2.2.5 ADJETIVOS PÁTRIOS
2.2.5.1 Belo-horizonte: BELO-HORIZONTINO.
2.2.5.2 Natal: NATALENSE ou PAPA-JERIMUM.
2.2.5.3 COMPOSTO
2.2.5.3.1 1º elemento apresenta forma REDUZIDA.
2.2.5.3.1.1 Ex.: AFRO (África), SINO (China), ÍTALO ( Itália), NIPO (Japão), LUSO (Portugal).
3 LOCUÇÃO ADJETIVA
3.1 Não é sempre possível substituir um ADJETIVO por uma LOCUÇÃO ADJETIVA ou vice-versa, mesmo que exista uma correspondência.
3.1.1 Ex.: colar EBÚRNEO ou EBÓREO (não se usa), colar DE MARFIM (usa-se).
3.1.2 Ex.: contrato LEONINO (expressão jurídica usada), contrato DE LEÃO (não se usa).
3.2 Ex.: passional / DE PAIXÃO, leporino / DE LEBRE
4 FLEXÕES
4.1 ADJETIVO concorda com SUBSTANTIVO.
4.1.1 GÊNERO
4.1.1.1 Assim como nos SUBSTANTIVOS são BIFORMES e UNIFORMES.
4.1.1.1.1 BIFORMES
4.1.1.1.1.1 1 forma masculino, 1 forma feminino.
4.1.1.1.1.1.1 Ex.: ativo / ativa, grosso / grossa, catalão / catalã, ateu / ateia, judeu / judia, luso-brasileiro / luso-brasileira, cru / crua, são / sã.
4.1.1.1.2 UNIFORMES
4.1.1.1.2.1 1 forma 2 gêneros.
4.1.1.1.2.1.1 a empresa / o planejamento AGRÍCOLA.
4.1.1.1.2.1.2 a ave / o pássaro BICOLOR.
4.1.1.1.2.1.3 o casaco / a camisa AMARELO-LIMÃO.
4.1.1.1.2.1.4 o carro / a bicicleta AZUL-MARINHO.
4.1.1.1.2.1.5 o lápis / a caneta AZUL-CELESTE.
4.1.1.1.3 COMPOSTOS
4.1.1.1.3.1 Se é BIFORME varia o último elemento. Se é UNIFORME não varia.
4.1.1.1.3.1.1 EXCEÇÃO: SURDO-MUDO que varia os 2 elementos.
4.1.2 NÚMERO
4.1.2.1 A formação do PLURAL segue a MESMA REGRA que os SUBSTANTIVOS.
4.1.2.1.1 Nos ADJETIVOS COMPOSTOS
4.1.2.1.1.1 ADJETIVO + ADJETIVO. Plural no 2 elemento.
4.1.2.1.1.1.1 Ex.: tratados LUSO-BRASILEIROS, intervenções MÉDICO-CIRURGICAS
4.1.2.1.1.1.1.1 ATENÇÃO: surdoS-mudoS.
4.1.2.1.1.2 ADJETIVO + SUBSTANTIVO. Não varia.
4.1.2.1.1.2.1 Ex.: uniformes AMARELO-CANÁRIO, recipientes VERDE-MAR.
4.1.2.1.1.2.1.1 ATENÇÃO: camisas AZUL-MARINHO, camisetas AZUL-CELESTE.
4.1.2.1.1.3 Quando tem COR DE, mesmo quando oculta, é INVARIÁVEL.
4.1.2.1.1.3.1 Ex.: papéis COR-DE-ROSA, camisas [COR DE] LARANJA.
4.1.3 GRAU
4.1.3.1 COMPARATIVO DE
4.1.3.1.1 IGUALDADE
4.1.3.1.1.1 ANALÍTICO
4.1.3.1.1.1.1 TÃO ... QUANTO
4.1.3.1.1.1.1.1 Vem antes de SUBSTANTIVO ou equivalente.
4.1.3.1.1.1.1.1.1 Ele é TÃO BELO QUANTO o irmão.
4.1.3.1.1.1.2 TÃO ... COMO
4.1.3.1.1.1.2.1 Vem antes de SUBSTANTIVO ou equivalente.
4.1.3.1.1.1.2.1.1 Sou TÃO ALTO COMO você.
4.1.3.1.1.1.3 TÃO ... QUÃO
4.1.3.1.1.1.3.1 Vem antes de ADJETIVO
4.1.3.1.1.1.3.1.1 Ele é TÃO RICO QUÃO belo.
4.1.3.1.2 SUPERIORIDADE
4.1.3.1.2.1 ANALÍTICO
4.1.3.1.2.1.1 MAIS ... (DO) QUE
4.1.3.1.2.1.1.1 Sou MAIS GRANDE (DO) QUE pequeno.
4.1.3.1.2.2 SINTÉTICO
4.1.3.1.2.2.1 mais pequeno = MENOR mais bom = MELHOR mais mau = PIOR mais grande = MAIOR
4.1.3.1.2.2.1.1 Essa solução é MELHOR (DO) QUE a outra.
4.1.3.1.2.2.1.2 Minha voz é PIOR (DO) QUE a sua.
4.1.3.1.2.2.1.3 O descaso pela miséria é MAIOR (DO) QUE o senso humanitário.
4.1.3.1.2.2.1.4 A preocupação social é MENOR (DO) QUE a ambição individual.
4.1.3.1.2.2.1.5 Quando comparar 2 qualidades do MESMO ELEMENTO deve-se usa a forma ANALÍTICA.
4.1.3.1.3 INFERIORIDADE
4.1.3.1.3.1 ANALÍTICO
4.1.3.1.3.1.1 MENOS ... (DO) QUE
4.1.3.1.3.1.1.1 Sou MENOS ALTO (DO) QUE VOCÊ.
4.1.3.2 SUPERLATIVO
4.1.3.2.1 RELATIVO
4.1.3.2.1.1 ANALÍTICO
4.1.3.2.1.1.1 DE SUPERIORIDADE
4.1.3.2.1.1.1.1 A MAIS ... DE O MAIS ... DE
4.1.3.2.1.1.1.1.1 Ele é O MAIS ATENTO DE todos.
4.1.3.2.1.1.1.1.2 Ela é A MAIS BELA DA sala.
4.1.3.2.1.1.2 DE INFERIORIDADE
4.1.3.2.1.1.2.1 O MENOS ... DE A MENOS ... DE
4.1.3.2.1.1.2.1.1 Clara é A MENOS ALTA DA sala.
4.1.3.2.1.1.2.1.2 Você é O MENOS CRÍTICO DE todos.
4.1.3.2.1.2 Qualidade ou defeito intensificada em RELAÇÃO A UM CONJUNTO DE SERES.
4.1.3.2.2 ABSOLUTO
4.1.3.2.2.1 ANALÍTICO
4.1.3.2.2.1.1 ADJETIVO + ADVÉRBIO
4.1.3.2.2.1.1.1 Você é MUITO CRÍTICO.
4.1.3.2.2.1.1.2 Ele é DEMASIADAMENTE EXIGENTE.
4.1.3.2.2.1.1.3 Somos EXCESSIVAMENTE TOLERANTES.
4.1.3.2.2.2 SINTÉTICO
4.1.3.2.2.2.1 A intensificação acontece por meio de sufixos: -íssimo (mais comum), -imo e -érrimo.
4.1.3.2.2.2.1.1 O secretário é INTELIGENTÍSSIMO
4.1.3.2.2.2.1.2 O assunto é FACÍLIMO.
4.1.3.2.2.2.1.3 Ela estava se sentindo LIBÉRRIMA
4.1.3.2.2.3 Qualidade ou defeito intensificada, SEM RELAÇÃO COM OUTROS SERES.

Media attachments