Calcinose na esclerose sistêmica

Rafaella  Caruso
Mind Map by Rafaella Caruso, updated more than 1 year ago
7
0
0

Description

dermatologia

Resource summary

Calcinose na esclerose sistêmica
1 CLÍNICA
1.1 Nódulos endurecidos palpáveis e pequenos, embora existam relatos de múltiplos nódulos
1.1.1 Localização: em mais de 80% dos casos afeta as mãos e os dedos.
2 CONCEITO
2.1 É o depósito de fosfato de cácio nos tecidos moles
3 PATOGÊNSESE
3.1 Ainda não foi completamente elucidada. É sugerido que a inflamação crônica dos tecidos, associado a atividade macrofágica (que causa destruição tecidual) leve a calcinose.
4 MÉTODOS DIAGNÓSTICOS
4.1 O Raio-X é o principal exame para avaliar calcificação de partes moles
5 TRATAMENTOS
5.1 Na esclerose sistêmica o diltiazem se mostrou benéfico a longo prazo
5.1.1 A dose proposta é de 240-480mg/dia, durante 1-2 anos. Doses menores que 180mg não se mostraram efetivas.
5.2 O uso de minociclina na dose de 50-100mg/dia em esquemas cíclicos reduziu a ocorrência de ulceração recorrente
5.2.1 Para dificuldade de cicatrização nas lesões de calcinose tem sido usado colchicina (1mg/dia por 3 meses)
5.3 A LECO reduz o número de calcificações e o tamanho das ulcerações
Show full summary Hide full summary

Suggestions

Sistema Cardiovascular: Artérias, Veias e Capilares
Natália Abitbol
Anatomia: sistema esquelético I
Natália Abitbol
Anatomia Artérias
Filipe Brito
Regras NBRs
Maria Clara Oliveira
Processo de Cicatrização
Letícia Silva
SIMULADO - Casos Clínicos
Rodrigo Gouvea
Anatomia membro inferior - Ossos, acidentes e movimentos
vitorstoco
AVALIAÇÃO TEÓRICA 13 DE MARÇO
Residencia CM HBDF
DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO
Vanessa Palauro
DOENÇA MENTAL E TRATAMENTO -Texto 16
eleuterapara
Escala de Coma de Glasgow
Vanessa Palauro